Festival em BH substitui MC Biel por Karol Conka

Após ser acusado de assediar uma repórter e persistir compartilhando opiniões machistas, MC Biel perdeu mais uma oportunidade em sua carreira. Um festival de música em Belo Horizonte, que vai acontecer no dia 14 de agosto, resolveu cancelar a participação do cantor e o substituir pela rapper Karol Conka.

Do Catraca Livre 

O anúncio foi feito nesta quarta-feira, dia 3, pelo perfil da JovemPan BH no Twitter. No post, o flyer do Baile da Pan informou ao público: “Sai Biel e entra Karol Conká”. Além disso, a imagem compartilhada brinca com a música da cantora “Tombei” e o contexto em que ela fará o show.

E a substituição não poderia ser melhor: sai um cantor misógino e entra uma mulher negra e feminista.

Nesta semana, Biel afirmou que a repórter assediada por ele estava prejudicando sua carreira. A declaração revoltou as internautas, que resgataram alguns de seus tweets antigos com frases preconceituosas.

A partir disso, foi criada a hashtag #ErrarÉHumanoPersistirNoErroéBiel, que chegou nos assuntos mais falados do Twitter.

 

Leia Também:

O passado misógino, racista e homofóbico de Biel no Twitter é ASSUSTADOR

 

 

+ sobre o tema

Mitos e estereótipos sobre a mulher estuprada

O Projeto de Lei nº 5.069 de 2013 provoca...

A história das mulheres negras fundamentais para a viagem à Lua

Há quem diga que o homem nunca pisou na Lua....

para lembrar

Em vídeo, Jackie Chan “sai do armário” em campanha pela liberdade sexual

O ator Jackie Chan participa de uma campanha do...

Mulheres compram mais carros, mas Salão ainda é pensado para homens

Um grupo de homens se aglomerava em frente a...

Amnistia pede prioridade para investigação ao assassínio de Marielle

A Amnistia Internacional (AI) defendeu esta sexta-feira, num comunicado,...
spot_imgspot_img

Brasil registra um crime de estupro a cada seis minutos em 2023

O Brasil registrou um crime de estupro a cada seis minutos em 2023. Com um total de 83.988 casos de estupros e estupros de...

Mortalidade materna de mulheres pretas é o dobro de brancas e pardas, diz estudo

Mulheres pretas têm quase duas vezes mais risco de morrer durante o parto ou no puerpério que mulheres pardas e brancas, segundo um estudo da Unicamp (Universidade Estadual...

Plataforma Mães Negras debate impactos do peso na vida profissional

A Plataforma Mães Negras do Brasil, startup (empresa emergente) de impacto social, cujo objetivo é a promoção do desenvolvimento socioeconômico de mães negras, promove nesta quarta-feira...
-+=