#GeledésEsportes: O futebol brasileiro perdeu sua característica, ele está acadêmico

Geledés continua uma séria de vídeos sobre esporte no YouTube, o objetivo é abordar os temas de raça e gênero dentro da esfera esportiva evidenciado boas práticas, políticas e programas para o esporte em geral.

Por Rodnei Jericó

O esporte como modalidade de meio de vida, suscita algumas reflexões que de plano destaco questões de raça e de gênero. Trata-se de atividade física universal, portanto qualquer cidadão no mundo deveria ter acesso pleno. Mas quero aqui objetivar ainda mais o esporte, não como um todo, mas como atividade que gera reconhecimento como profissão, com pessoas tecnicamente capacitadas para o exercício, seja como atleta, seja como comando destes atletas.

Este último tópico, trago a experiência de um grande amigo o professor João Francisco Marçal, técnico de futebol e com uma vivência de futebol e do esporte ímpar.

Falaremos sobre as dificuldades em ser negro e estar em posição de comando dentro do esporte, as barreiras e entraves que evidenciam um ambiente racista e sexista, mas que tem solução partindo de princípios universalistas.

+ sobre o tema

Eu me levanto!

É  assim que muit@s de nós, do povo preto,...

Ronaldinho Gaúcho diz que viveu seus melhores anos no Barcelona

Em carta à torcida, Craque se mostrou emocionado ao...

Healing America: O Compromisso de um Financiador com a Equidade Racial

A Fundação W. K. Kellogg lançou uma iniciativa agressiva...

para lembrar

Serena é tenista com maior número de ‘Grand Slams’ após vencer a irmã Venus

Serena, aos 35 anos, a número dois mundial, conquistou...

Eu preciso destas palavras – por Alex Ratts

Corpo: lugar negro de fala no Blog do Alex Ratts É...

“Eu não sou seu negro”: um filme sobre os frutos da branquitude

Com estreia marcada para esta quinta-feira (16), documentário amplia...
spot_imgspot_img

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações. Filósofa e ativista do movimento negro — tendo cofundado o Geledés – Instituto da Mulher Negra,...

Militares viram no movimento negro afronta à ideologia racial da ditadura

Documento confidencial, 20 de setembro de 1978. O assunto no cabeçalho: "Núcleo Negro Socialista - Atividades de Carlos Alberto de Medeiros." A tal organização,...

Aos ‘parças’, tudo

Daniel Alves da Silva, 40 anos, 126 partidas pela Seleção Brasileira, 42 títulos, duas vezes campeão da Copa América e da Copa das Confederações,...
-+=