Governo vai criar o disque racismo

O governo Federal vai criar um serviço de disque racismo para receber denúncias sobre o crime de racismo, o Disque Igualdade Racial. O anúncio foi feito na última sexta-feira, pela ministra chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros, durante entrevista coletiva no Centro Aberto de Mídia, em Copacabana, no Rio.

As ligações poderão ser feitas para o número 138 e todas as denúncias de racismo serão encaminhadas para a notificação das autoridades responsáveis pela solução dos casos. Luiza Bairros disse que o serviço estará disponível nos próximos meses, mas não informou a data exata.

A ministra disse ainda que o governo está analisando com autoridades e setores da sociedade a criação de uma rede institucional para atendimento às vítimas de racismo e para incentivo às denúncias. A rede inclui, entre outros, o Ministério Público, a Defensoria Pública e organizações da sociedade civil.

Vítimas

O ex-árbitro de futebol Márcio Chagas da Silva, que foi vítima de racismo em março deste ano, durante um jogo do campeonato gaúcho, também participou da entrevista. Ele disse que “quem xinga não consegue dimensionar o quanto fere o ser humano”. Sem dados disponíveis, Luiza Bairros disse que nesta Copa, o racismo tem aparecido mais pela internet. Para ela, a mudança é reflexo da campanha “Copa Sem Racismo”, lançada em maio.

Fonte: Diário do Nordeste

+ sobre o tema

A cidade paulista que está protegendo um padre e dando uma lição contra o racismo

por : Marcos Sacramento Moradores da pequena Adamantina, no interior...

Portugal: Afrodescendentes lutam contra discriminação racial

O combate ao racismo não é tema dominante na...

Discurso da meritocracia ignora ‘bolha branca’ e discriminação no mercado de trabalho

Trabalhar relações raciais e de gênero em instituições esbarra...

A luta antirracista e as ‘hashtags’

O capitalismo sempre foi racial. O capitalismo não seria...

para lembrar

Opinião: As vidas de George Floyd e João Pedro importam

A cena chocante do segurança George Floyd, 46, sendo...

O remédio é respeitar

Não é raro buscar em “Provérbios/Òwe”, livreto de Mãe...
spot_imgspot_img

Mãe não é tudo igual

- Coloca um casaco, meu filho! - Na volta a gente compra, filha. É bem provável que muitos de nós já tenhamos ouvido alguns desses bordões...

Carta aos negacionistas: comprem um seguro de vida

Senhores negacionistas, Coube à nossa geração viver uma encruzilhada existencial: ou mudamos a forma de nos relacionar e habitar o planeta, ou simplesmente esse planeta...

À espera da extinção da escravidão

Dia 13 de maio de 2024 completam-se 136 anos da assinatura da Lei 3.353/1888 pela então princesa imperial regente. Para além do abandono dos negros...
-+=