Homem ameaça pelo Facebook fazer “o mesmo que o cara de Campinas” e é preso

Rodrigo Nomura Guerreiro fez uma série de ameaças contra uma juíza, promotores, além de dizer que repetiria a chacina ocorrida no réveillon em Campinas. Acabou preso antes de efetuar ação.

no Revista Fórum

Um morador de Jaboticabal (SP) foi preso nesta quarta-feira (4) por suspeita de ter feito uma série de ameaças de morte contra uma juíza e duas promotoras. O homem de 43 anos está em disputa judicial contra a ex-mulher pela guarda do filho e escreveu em seu perfil em uma rede social que repetiria a chacina ocorrida em Campinas durante o réveillon.

Rodrigo Nomura Guerreiro, de 43 anos, fez as ameaças por meio do Facebook. Nas postagens, ele cita nomes de quem pretendia assassinar e disse que iria invadir o Fórum da cidade para matar o maior número possível de pessoas, antes de cometer suicídio.

 De acordo com as postagens no Facebook, a ideia do suspeito era de repetir o que ocorreu em Campinas durante o réveillon, quando Sidnei Ramis de Araujo, de 46 anos, pulou o muro da residência da família da ex-mulher e efetuou vários disparos.

Ao todo, 12 pessoas foram mortas durante a ocorrência. Em uma carta deixada antes do crime, o atirador afirma que estava se vingando da ex-esposa porque ela dificultava seu relacionamento com o filho.

A polícia de Jaboticabal foi acionada e encontrou Rodrigo em casa, no bairro Jardim São Marcos, no momento em que fazia a última ameaça no Facebook. Além das profissionais que atuam no Fórum, ele também ameaçou a ex-mulher porque ela teria saído do País levando o filho do casal, de 10 anos.

O suspeito foi preso em flagrante. Ele responderá pelos crimes de injúria, ameaça e coação no curso do processo, quando se intervém em processo judicial utilizando violência ou ameaça. O delegado seccional, Cláudio José Otoboni, afirma que Rodrigo já estava sendo monitorado pela Polícia Civil há algum tempo.

“Ele foi preso no início da madrugada em flagrante quando foi surpreendido logo após acabar de fazer uma última postagem nas redes sociais com relação a crimes de ameaça e difamação. Ele já vinha fazendo as ameaças há alguns dias, foi identificado pela Polícia Civil e encaminhado para o CDP de Itaiuva”, conclui

+ sobre o tema

“Queria ser a Luedji dos meus pais, do projeto político, mas a Luedji mesmo é cantora e compositora”

A cantora baiana prepara-se para sua primeira turnê internacional....

Venezuelana Yulimar Rojas quebra o recorde mundial do salto triplo e leva o ouro em Tóquio

“Sou uma criança, então desfruto, como uma criança”, diz...

Pela busca do Imponderável, por Sueli Caneiro

Para Michel Foucault, depois do século 19 assiste-se a...

para lembrar

Como as empresas brasileiras podem apoiar a agenda LGBTI?

“Parem de nos matar e comecem a nos contratar”...

Mulheres refugiadas relatam estupro em troca de abrigo na Europa

Um relatório divulgado pela ONU esta semana revela que...

Mulher, Nordestina, neta de índia e apesar do País, não desiste nunca!

Ela começa mais um dia pensando o que fazer...

Gênero e sexualidade nas pedagogias culturais: Implicações para a educação infantil

O presente trabalho tem por objetivo problematizar as relações...
spot_imgspot_img

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...

Em reunião com a ministra das Mulheres, movimentos denunciam casos de estupros e violência em abrigos para atingidos pelas enchentes no RS

Movimentos feministas participaram de uma reunião emergencial com a ministra da Mulher, Cida Gonçalves, no final da tarde desta terça-feira (7), de forma online....

Documentário sobre Ruth de Souza reverencia todas as mulheres pretas

Num dia 8 feito hoje, Ruth de Souza estreava no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O ano era 1945. Num dia 12, feito...
-+=