Guest Post »

Idris Elba sobre feminismo no cinema: ‘Só é difícil para homens que escondem algo’

O ator inglês Idris Elba definitivamente vive um bom momento em sua carreira: sua série Luther, na BBC, alcançou sucesso e lançará uma nova temporada, e ele acaba de ser eleito pela revista People o “homem mais sexy do mundo” – em suma, Elba está em voga. Por isso seu posicionamento recente a respeito do feminismo no cinema e do movimento #MeToo, que denunciou uma série de abusos e abusadores na indústria, ganhou ainda vulto e importância maiores: em entrevista para o jornal The Sunday Times, o ator se posicionou contundentemente em favor do movimento.

Por Vitor Paiva , do Hypeness  

Idris Elba (Foto: Getty / J. Countess)

Ao ser perguntado sobre se era difícil hoje em dia ser um homem em Hollywood por conta do #MeToo e outros tantos levantes femininos similares, Elba respondeu: “Só é difícil se você é um homem com algo a esconder”. Rapidamente o ator ganhou aplausos de suas colegas online, diante da viralização de seu comentário.

Essa não é a primeira vez que Idris Elba se alinhou à luta feminina: no ano passado, durante a promoção do filme A Grande Jogada, ele celebrou a importância de um filme conduzido, protagonizado e realizado majoritariamente por mulheres naquele momento. “Estamos vendo as mulheres se levantarem por um movimento de liberação, e falando contra algumas das atrocidades que aconteceram”, concluiu.

 

 

 

Related posts