II Marcha do Empoderamento Crespo de Salvador – “Eu Tô na Rua é pra Lutar Pelo Direito do Cabelo Encrespar”

Dia 13 de Novembro acontecerá a II Marcha do Empoderamento Crespo de Salvador, com concentração no Campo Grande ao meio dia, saída às 14 em direção à praça Castro Alves. Este movimento levou mais de 4 mil pessoas às ruas no centro da cidade no dia 7 de novembro de 2015 e pretende, em mais um ato político antirracista, reunir outros milhares de negros, negras, crianças jovens, adultos e idosos para afirmar que cabelo é nossa luta, resistência e história.

Enviado para o Portal Geledés por Naira Gomes

A Marcha do Empoderamento Crespo de Salvador é movimento que se concentra na desconstrução negat iva do fenótipo negro através da afirmação da estética negra. Acredita que a afirmação da estética negra é um passo importante para a construção da identidade de cada indivíduo negro e na superação do racismo.

cabelo2

Segundo a comissão organizadora "Estimular cada pessoa negra ao reconhecimento positivo de si, de sua estética e sua ancestralidade é fazer ruir uma forte coluna do racista de nossa sociedade, pois a estrutura que estipulou o padrão branco de beleza é a mesma estrutura que legou à população negra a feiura, o estigma da vadiagem e bandidagem, a marginalização e a subalternização; tornou o corpo branco sagrado e o corpo negro alvo de toda forma de violência. Essa estrutura legitima, das mais diversas formas, a morte física e a morte simbólica do povo preto.”

Neste sentido, a Marcha atua o no inteiro em diversas escolas, bairros, universidade e grupos de mulheres discutindo e instrumentalizando os modos de subjetivação e formação da identidade dos sujeitos marcados pela diferença pra fins de tomar o olhar do diferente que antes os inferiorizava e fazer disso uma mola que possa resistir e subverter.

A comisso convoca:

“Entendemos que não estamos sozinhas, nossa luta se soma às demais lutas pela promoção do protagonismo, do empoderamento e do respeito à vida do povo negro. Por isso, convidamos todas e todos parta seguirmos em marcha por nossa ancestralidade e pela vida de mulheres negras e homens negros!

Comissão da Marcha do Empoderamento Crespo de Salvador

 

Imagens enviadas para o Portal Geledés


** Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do PORTAL GELEDÉS e não representa ideias ou opiniões do veículo. Portal Geledés oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

+ sobre o tema

Escritora Elisa Pereira lança amanhã “Sem Fantasia”, seu segundo livro!

Na próxima terça-feira (29), às 19h, será lançado “Sem...

O conferencismo e o marchismo como formas de lutas políticas

Aconteceu em Brasília, em 18 de novembro, a Marcha...

“O Quarto de Despejo está vivo”, afirma filha de Carolina Maria de Jesus

Em 60 anos do livro “Quarto de Despejo: Diário...

Mulheres Maravilhosas: Cristiane Sobral

Não me lembro exatamente como entrei em contato com...

para lembrar

Camila Pitanga protagoniza viagem incrível à África do Sul

Camila Pitanga embarcou recentemente para uma experiência incrível. Junto...

Filha mais velha de Obama, Malia atrai legião de fãs com seu estilo

Filha do dono da caneta mais poderosa do mundo,...

Marielle, semente! Mulheres negras eleitas provam que luta da vereadora não foi em vão

Apesar da eleição de deputados defensores do porte de...

Ela atuou em uma série da Globo: “Meus 15 minutos de fama quase me destruíram”

A fama é uma amante cruel. Num momento, Jaqueline...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=