“Irmãos Williams” Dirigente russo pede desculpas e Serena chama ofensas de inaceitáveis

Presidente da federação de tênis do país, Shamil Tarpischev alega que não quis ofender as irmãs Williams. Serena diz que comentários foram sexistas e inaceitáveis

O presidente da Federação Russa de Tênis, Shamil Tarpischev, pediu desculpas por ter chamado Venus e Serena de “irmãos Williams” em um programa de televisão. O comentário rendeu ao dirigente uma suspensão de um ano do circuito profissional e uma multa de US$25 mil (cerca de R$60 mil). Através do site da entidade, Tarpishchev pediu desculpas e disse que sua fala foi traduzida fora do contexto para o inglês.

– Serena e Venus são, sem dúvida, atletas extraordinárias, ambas protagonizam um tênis de alto nível, com força e persistência. A situação que ocorreu espontaneamente durante o programa de televisão provocou mal-estar no tênis em geral, dividindo a nossa equipe amigável e coesa. Não queria ofender ou fazer graça com qualquer esportista. Me desculpo pela piada que fiz, quando a tradução para o inglês foi feita fora do contexto. Acho que esta história não merece a atenção que está recebendo – disse o dirigente em comunicado.

THE WILLIAMS SISTERS OF THE U.S. HOLD THEIR TROPHIES AFTER WOMEN'S SINGLES FINAL AT WIMBLEDON

Serena, primeira colocada do ranking, que está em Cingapura para a disputa do WTA Finals, não quis saber de desculpas e criticou o dirigente:

– Acho que a WTA fez um grande trabalho ao tomar a iniciativa pelos comentários. Acho que ele foi muito insensível e extramamente sexista, assim como racista ao mesmo tempo. Acho que ele estava no caminho do assédio moral.

Em 20º lugar no ranking, Venus ficou fora da disputa da competição, que reúne as 10 melhores tenistas do mundo.

 

Fonte: Globo Esporte

+ sobre o tema

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

Taxa de alfabetização chega a 93% da população brasileira, revela IBGE

No Brasil, das 163 milhões de pessoas com idade...

para lembrar

Plataforma Freire: MEC prorroga inscrições para cursos de qualificação de professores até 28/02

As pré-inscrições para cursos de formação continuada para professores,...

USP oferece mais de 4 mil vagas em cursos para a terceira idade

  Período de Inscrições: de 25 de fevereiro a 8...

USP assina acordo experimental para participar do Enade

Além da prova, a universidade estadual paulista participará das...
spot_imgspot_img

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas cívico-militares na rede estadual e municipal de ensino foi aprovada na noite desta terça-feira (21) na...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem sido objeto de debate em diversos contextos nacionais e internacionais, mobilizando famílias, a sociedade e...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos os candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no pagamento da inscrição do Exame Nacional...
-+=