Juventude negra: prefeito Rui Palmeira destaca ações do Município

Cerca de 40 mil negros são assassinados por ano no Brasil, segundo os dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Em Alagoas, segundo o Ipea, os homicídios reduziram em quatro anos a expectativa de vida de homens negros no estado.

Próximo da celebração do Dia da Consciência Negra, que é comemorada em todo o país no dia 20 de novembro, o prefeito Rui Palmeira destaca as ações no Município na busca para reverter os índices negativos da violência contra a juventude negra. “Quando nós ampliamos as oportunidades e acesso aos direitos essenciais, nós oferecemos aos jovens melhores condições de vida e a possibilidade de escolher um caminho diferente da realidade de vulnerabilidade e violência que atinge tantos jovens”, disse ele.

Segundo o prefeito, para enfrentar a problemática é preciso uma série de ações, por meio da integração dos poderes municipais, estaduais e federal. Em Maceió, a gestão do Executivo Municipal, tem articulado uma série de ações com o objetivo de assegurar os direitos à população e prevenir a violência que atinge a juventude negra.

No Município as ações são desenvolvidas pelo Plano Nacional do Juventude Viva, mecanismo criado pelo Governo Federal, que reúne ações de prevenção que buscam reduzir a vulnerabilidade dos jovens e situações de violência física e simbólica, a partir da criação de oportunidades de inclusão social e autonomia.

Ainda como parte da celebração da Consciência Negra, no período que antecede a data, a Prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), realiza oficinas de pinturas, chamadas de “Inspirações Mestre Zumba”. A ação integra o calendário de atividades do ‘Fórum Mestre Zumba 2014: pensamentos afro ameríndios, que segue até novembro. Estão previstas na programação, apresentações culturais, exposição e venda de produtos, debates, oficinas e mini cursos em diversos pontos da cidade. O trabalho tem como objetivo ampliar direitos e prevenir a violência que atinge, principalmente, a juventude negra.

Rui Palmeira falou também da atuação dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) do Clima Bom e do Vergel do Lago, desenvolvida ao longo do ano. “São espaços importantes que dão acesso aos programas assistenciais. Além de trabalhar com as gestantes, idosos e dar acesso aos programas assistenciais, os Cras são utilizados como instrumentos de convivência de muitos jovens, oferecendo a eles um lugar saudável”, reforçou o prefeito.

Ainda segundo Rui Palmeira, estão sendo ofertados equipamentos, serviços públicos e espaços de convivência em territórios de vulnerabilidade social. “Na última semana nós entregamos mais uma quadra de esporte no Jacintinho. Agora, temos a quadra Xisto Gomes, a do Mirante e a da Grota do Rafael. São áreas que estão sendo recuperadas para beneficiar a comunidade com espaços de cultura, esporte e lazer”, disse.

Fonte: Alagoas 24 Horas 

+ sobre o tema

Protocolo negro

Quem é negro costuma cumprir um protocolo ao colocar...

Cidinha da Silva e as urgências de Cronos em “Tecnologias Ancestrais de Produção de Infinitos”

Em outra oportunidade, dissemos que Cidinha da Silva é, assim...

Fiocruz alerta para aumento da taxa de suicídio entre criança e jovem

A taxa de suicídio entre jovens cresceu 6% por...

para lembrar

A Invenção de Zumbi – por Sueli Carneiro

Bendito vidro moído nos bofes do Senhor bendita a...

Centro Cultural Negro promove palestra comemorativa

O centro Cultural Negro Municipal de São Carlos promove...

A Consciência Negra é necessária

Mês de novembro chegou e com ele vem o...

Os presentes da Consciência Negra

No Dia da Consciência Negra assisti ao espetáculo "O...
spot_imgspot_img

Protocolo negro

Quem é negro costuma cumprir um protocolo ao colocar o pé na rua. Inclui jamais sair sem um documento; não ir ao supermercado com...

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente entre as mães de vítimas da violência policial do Rio de Janeiro. Deise Silva de...

Após vítima de agressão ser detida, motoboys fazem ato contra o racismo no RS

Após um homem negro ser ferido com uma faca e preso por policiais, o Sindicato dos Motoboys de Porto Alegre, no Rio Grande do...
-+=