‘Lima Barreto, ao terceiro dia’ conta vida e obra do escritor

Com texto de Luiz Alberto e direção de Luiz Antonio Pilar, “Lima Barreto, ao terceiro dia”, conta a vida e obra do escritor abordando a questão do negro do Brasil. Com Nando Cunha e Flávio Bauraqui.

Divida em três planos, peça narra três dias da vida do escritor em 1919, passados no manicômio, onde ele é internado por causa de uma forte crise de alucinação. Quando os três momentos se encontram, acontece um embate ideológico entre o escritor já velho e o seu eu jovem.

Espetáculo fica em cartaz de 24 de maio a 30 de junho, de sexta a domingo, às 19h, no Teatro Duclina. Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro do Rio. Ingressos R$ 20.

Leia Também:

Lima Barreto

 

Fonte: SRZD

+ sobre o tema

Prefeito quilombola eleito pretende tirar Paço do Lumiar do atraso

Com uma longa trajetória política no estado e amparado...

Casal Obama completa 23 anos de matrimônio

Casal Obama completa 23 anos de matrimônio. O casal Barack...

Patrice Lumumba foi assassinado há 55 anos

Ali está ele. De mão erguida, saudando os transeuntes,...

MV Bill em Malhação

Nascido na Cidade de Deus, comunidade carente do Rio...

para lembrar

Apuan Design e Cultne.TV lançam filtro de Instagram para cobertura do Baile Black Bom

Criado especialmente para a cobertura do Baile Black Bom,...

O retrato de Lima na capa: entre o silêncio e o ruído

Lima Barreto é um escritor de poucas imagens. São...

Semana celebra autores afro-descendentes

Verena Paranhos Em pouco mais de um ano,...
spot_imgspot_img

14 de maio e a Revolta dos Malês

Quem passa pelo Campo da Pólvora, em Salvador, nem imagina que aquela praça, onde ironicamente hoje se encontra o Fórum Ruy Barbosa, foi palco...

Mães e Pais de Santo criam rede de solidariedade para apoiar comunidades de matriz africana afetadas no Sul

Quando a situação das enchentes se agravou no Rio Grande do Sul, Ialorixás e Babalorixás da cidade de Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre,...

Dia 21, Maurício Pazz se apresenta pela primeira vez no Instrumental Sesc Brasil

Maurício Pazz, paulistano, nos convida a mergulhar nos diferentes sotaques oriundos das diásporas africanas no Brasil. No repertório, composições musicais do próprio artista, bem...
-+=