Livro infantil homenageia Mãe Beata de Iemanjá

Escrito por Elaine Marcelina e ilustrado por Anni Ganzala, o livro Beata, a menina das águas será lançado no dia 17 de abril pela Editora Malê. A obra infantil homenageia a Mãe Beata de Iemanjá, destaca sua vocação espiritual e narra a infância da Ialorixá na cidade de Cachoeira (BA). A autora acredita que o livro é um instrumento contra a intolerância religiosa que vem se agravando no país. Beata, a menina das águas tem texto de apresentação do filho biológico de Mãe Beata, o sociólogo Adailton Moreira Costa, babalorixá, herdeiro do Terreiro Ilé Omiojúàró. Uma das figuras de maior destaque da cultura afro-brasileira, Beatriz Moreira Costa, conhecida como Mãe Beata de Iemanjá, nasceu em 20 de janeiro de 1931. Foi ativista pelos direitos humanos, contra a intolerância religiosa, a homofobia e o racismo. Escreveu os livros: “Caroço de Dendê, Sabedoria dos Terreiros” (1997) e “As histórias que minha avó contava” (2005). Faleceu em 27 de maio de 2017.

Sobre a autora:

Elaine Marcelina nasceu no Rio de Janeiro. É escritora, graduada e mestre em História pela Universidade Salgado de Oliveira. Tem nove livros publicados, dentre eles, “Mulheres Incríveis” e “As coisas simples da vida”.

Sobre a ilustradora:

Ani Ganzala nasceu em Salvador (BA), é formada em História pela Universidade Federal da Bahia. Atua como artista visual, grafiteira e ilustradora.

Serviço:

Lançamento de Beata: a menina das águas
Convidados: Elaine Marcelina, Anni Ganzala e Adailton Moreira Costa
17/04, às 19 horas,
Canal da Editora Malê https://www.youtube.com/channel/UCs-ksz0OATC-q8TJzK758iQ


Título: Beata: a menina das águas
Autora: Elaine Marcelina
Ilustradora: Ani Ganzana
Assunto: Literatura infantil
Páginas: 24
ISBN: 978-65-87746-35-7
Preço: R$ 38,00

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE. 

+ sobre o tema

para lembrar

“Só nos dão o osso” – releia entrevista com Ariano Suassuna

Confira conversa realizada com o autor, que morreu nesta...

A emergência de um novo olhar para a literatura afro brasileira

É sabido que a Literatura, em especial a brasileira,...

Territorialidades de Cidinha da Silva

Programa Tradução em Libras disponível. Faça sua solicitação no ato...

Literatura africana de língua portuguesa: 10 obras fundamentais

  por Sandro Brincher – Já li em alguma antologia...
spot_imgspot_img

23ª FIL presta homenagens a Luís de Camões, Ferreira Gullar, Sueli Carneiro e Carlos de Assumpção

Os cinco séculos de nascimento do poeta português Luís de Camões serão celebrados na 23ª edição da FIL – Feira Internacional do Livro de Ribeirão...

Joyce Ribeiro sobre Chica da Silva: ‘Séculos separam lutas contínuas’

A jornalista, apresentadora e escritora Joyce Ribeiro, 44, diz que está em um período especial de sua carreira: fez o lançamento de seu livro...

Fernanda Melchionna lança seu primeiro livro em Cachoeirinha neste domingo; “Tudo isso é feminismo?”

“Tudo isso é feminismo?” – uma visão sobre histórias, lutas e mulheres” marca a estreia de Fernanda Melchionna, no universo do livro. A bibliotecária...
-+=