Guest Post »

Livro reúne os artigos mais importantes escritos por Sueli Carneiro

Divulgação

ESCRITOS DE UMA VIDA

Sueli Carneiro

Páginas: 290

Preço: R$42,00 (frete grátis) – http://bit.ly/escritosdeumavida

Editora: Letramento / Grupo Editorial Letramento

ISBN: 978-85-9530-107-8

 

Do Grupo Editorial Letramento

Escritos de uma vida é o primeiro livro a reunir os textos mais importantes escritos por Sueli Carneiro ao longo de sua vida. Sueli é uma das mais expressivas filósofas, ativistas e autoras do feminismo negro no Brasil e seus artigos abordam temáticas imprescindíveis para refletir sobre a sociedade e moldar o pensamento. Sueli fala sobre gênero, raça e ascensão social, o poder feminino no culto aos orixás, tempo feminino, expectativas de ação das empresas para superar a discriminação racial, novos e velhos desafios do movimento negro no Brasil, além de outros temas fundamentais para a compreensão histórica e política da luta das mulheres negras brasileiras.

A escrita de Sueli Carneiro é concebida a partir da vivência, fala de um Brasil que persiste e se reinventa na luta contra o racismo. Escritos de uma vida é uma leitura fundamental que nos ajuda a pensar e a orientar as nossas ações no sentido de afirmação do de um feminismo tão particular por ser negro.

Escritos de uma vida é um livro referência discutir as questões de raça e gênero com pensamentos e reflexões de uma das maiores intelectuais do Brasil.  

 

“Sueli nos brinda com uma coletânea de artigos publicados ao longo da vida e que refletem sobre a necessidade de se pensar novos marcos civilizatórios. O pensamento feminista negro potente de Sueli Carneiro é fundamental e atual para o debate racial e de gênero e construção de um modelo alternativo de sociedade.” Djamila Ribeiro

 

TRECHO DO LIVRO:

A mulher negra é a síntese de suas opressões, de duas contradições essenciais: a opressão de gênero e a da raça. Isso resulta no tipo mais perverso de confinamento. Se a questão da mulher avança, o racismo vem e barra as negras. Se o racismo é burlado, geralmente quem se beneficia é o homem negro. Ser mulher negra é experimentar essa condição de asfixia social.”

 

SOBRE A AUTORA:

Sueli Carneiro é filósofa, ativista e uma das principais autoras do feminismo negro no Brasil. Nasceu em 24 de junho de 1950 em São Paulo. É fundadora e atual diretora do Geledés – Instituto da Mulher Negra, criou o único programa de orientação específico para mulheres negras na área da saúde, atua na criação de cursos de cidadania para mulheres de periferia e participa ativamente de políticas públicas para a igualdade de gênero. Sueli já recebeu os prêmios Bertha Lutz (2003), Benedito Galvão (2014), Direitos Humanos da República Francesa e Itaú Cultural (2017).

 

Artigos relacionados