Lula cria Conselho de Participação Social nesta terça-feira

Em evento no Planalto, Lula vai assinar também o decreto que cria o Sistema de Participação Social Interministerial

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assina, nesta terça-feira (31/1), dois decretos que criam o Conselho de Participação Social e o Sistema de Participação Social Interministerial. Esses instrumentos visam, segundo o governo, ampliar a consulta à sociedade e reestabelecer as pontes com os movimentos sociais.

A assinatura dos decretos vai ocorrer em cerimônia no Palácio do Planalto, marcada para as 11h. Em postagem pelo Twitter, Lula afirmou que a ideia dos dois instrumentos é ouvir o povo e garantir sua participação no governo.

A consulta a movimentos sociais e a organizações da sociedade civil é uma tradição de governos petistas, adeptas a conselhos para a construção de políticas públicas.

O primeiro decreto a ser editado trata da criação do Conselho de Participação Social, previsto no relatório final do Gabinete de Transição a pedido do próprio presidente Lula.

Nos dois meses em que a transição funcionou, o Conselho reuniu 57 movimentos populares, entidades da sociedade civil, fóruns e espaços de articulação política e social. Esse conselho funcionou como um dos grupos técnicos temáticos na transição.

O segundo decreto cria o Sistema de Participação Social Interministerial, instituindo em cada ministério uma Assessoria de Participação Social e Diversidade. O sistema será coordenado pela Secretaria-Geral da Presidência, comandada pelo ministro Márcio Macêdo.

+ sobre o tema

Quilombolas participam de oficina sobre direitos humanos

Começa nesta sexta-feira (19), as “Oficinas de Formação de Agentes...

Obama precisa se justificar perante o Congresso sobre ação militar na Líbia

A Casa Branca enviou, nesta quarta-feira, um dossiê de...

Black power: os negros na eleição de Salvador

Hamilton Silva, do PSOL, quer ser prefeito de...

O duplo desafio de Obama

- Fonte: O Estado de São Paulo - Conforme...

para lembrar

Protagonismo feminino e negro no novo governo empaca

Foi Sueli Carneiro, filósofa, líder do movimento de mulheres...

A política do livro e leitura como um direito humano

Trago comigo um retratoque me carrega com ele bem...

Integrantes do Conselhão pedem para governo trabalhar contra PEC da Anistia

Integrantes do CDES (Conselho de Desenvolvimento Econômico Social e...

Segunda mulher negra na história do TSE toma posse como ministra da Corte

Primeiro foi a mineira Edilene Lôbo, advogada de Taoibeiras (MG) que em 8 de agosto de 2023 foi pioneira ao tomar posse como primeira...

Pé-de-meia: quando começa, como se inscrever e como receber a bolsa do ensino médio

Alunos de famílias inscritas no Bolsa Família poderão receber, a partir de março deste ano, um incentivo financeiro do governo federal de até R$ 9,2 mil...

Lula sanciona lei que cria política de trabalho digno para população de rua

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Sila, sancionou a Lei 14.821/24, que cria a Política Nacional de Trabalho Digno e Cidadania para...
-+=