Maior levantador de peso dos EUA é vegano

São Paulo – Quem vê Kendrick Farris não imagina que o maior levantador de peso dos Estados Unidos – e o único homem a representar o país nesta Olimpíada na modalidade – tem uma dieta 100% vegana.

Por Daniela Barbosa, do Exame 

Olympics+Day+7+Weightlifting+NDRD34I2Hk8l

Desde 2014, Farris adotou o veganismo como estilo de vida e a ideia veio por um único propósito: respeito aos animais.

Em recente entrevista ao The Huffington Post, ele afirmou não concordar com a forma que os animais são abatidos em massa e por isso tomou a decisão, que a princípio soou estranho para as pessoas próximas a ele, principalmente à sua nutricionista.

Eliminar a carne e outros derivados de origem animal, no entanto, não foi impeditivo para que o levantador de peso continuasse a brilhar no esporte. Ele é medalhista de ouro nos últimos dois Pan-americanos na categoria masculina até 94 quilos e a proteína animal realmente não faz falta de seu cardápio.

Para conseguir levantar mais de 200 quilos nas competições, o atleta mantém uma dieta que varia de 5.000 a 8.000 calorias diárias e alimentos como abacate, diversas verduras, shakes de proteína e feijão preto não podem faltar no seu menu.

No próximo sábado, Ferris vai brigar mais uma vez por uma medalha e antes da competição talvez coma sozinho uma pizza de legumes – seu prato favorito.

+ sobre o tema

Assombrando o mainstream

Liderada pelo rapper Emicida, gravadora Laboratório Fantasma quer se...

Internado na terça-feira, Pelé recebe alta após cirurgia no quadril

A operação impediu que ele viajasse para Nova Jersey...

Ídolo do Flamengo, Andrade está hospitalizado com infecção

Ídolo do Flamengo, Andrade está hospitalizado com infecção Por: Raphael...

para lembrar

Narrativas Afro-brasileiras na Biblioteca Paulo Duarte, em São Paulo

Toguna – Narrativas Afro-brasileiras na Biblioteca Paulo Duarte,...

Antes de deixar a prisão, Lauryn Hill lança música raivosa sobre consumismo

Após ficar presa por quase três meses, Lauryn Hill ganhará...

Mia Couto ganha o Prêmio Internacional Neustadt de Literatura

  NOVA YORK — O escritor Mia Couto,...
spot_imgspot_img

Brasil e EUA voltam a articular plano contra discriminação racial; veja como funciona o acordo entre os países

O Brasil e os Estados Unidos promoveram a primeira agenda entre congressistas e a sociedade civil desde a retomada do acordo de cooperação bilateral...

‘Ficção Americana’, com Jeffrey Wright, é a grande surpresa do Oscar

"Ficção Americana" não é um título ao acaso. Ele trata, em forma de comédia, da crença que os Estados Unidos criou e dissemina de que se...

Mercado imobiliário dos EUA revela piora na desigualdade racial em uma década; entenda

Sharan White-Jenkins é uma mulher negra, proprietária de um imóvel no Queens, na cidade de Nova York. Seus avós também eram donos da própria casa,...
-+=