Guest Post »

Mangueira, que contará a vida de Jesus na Sapucaí, abre seu barracão para representantes de diferentes religiões

As muitas bênçãos para um enredo em verde e rosa

Renan Rodrigues, do O Globo

Harmonia: Leandro Vieira (sentado no centro) recebe religiosos no barracão (Foto: Guito Moreto / Agência O Globo)

Diante da onda de boatos envolvendo o enredo da Mangueira, que contará a vida de Jesus na Sapucaí este ano, a verde e rosa decidiu abrir as portas de seu barracão nesta quinta-feira em busca das bênçãos de 17 líderes religiosos. O grupo, integrado por rabino, frei, pastor e babalaô, percorreu as alegorias na Cidade do Samba para entender o que o carnavalesco Leandro Vieira vai mostrar na Avenida. Depois do passeio, não houve condenação.

— Não vejo qualquer tipo de profanação. Vejo uma manifestação com conceitos do povo, que, de forma alguma, profana a imagem de Jesus. Pelo contrário, acho que teria a aprovação até mesmo do próprio — disse o rabino Nilton Bonder, da Congregação Judaica do Brasil.

O enredo “A verdade vos fará livre” despertou uma série de ataques virtuais nas últimas semanas. Para a pastora Lusmarina Campos Garcia, da Igreja Luterana, “há uma grande manipulação da figura de Cristo e do discurso religioso por parte de alguns grupos que querem colocar Jesus a serviço do mercado, do capitalismo”.

Apesar de convidada, a Arquidiocese do Rio não enviou representante à visita.

— Não fui porque não achamos que seria o caso. Eu já conversei algumas vezes com o Leandro. Ele vem nos mostrando que pretende ter todo o cuidado para não ferir sentimentos religiosos — disse a diretora jurídica da Arquidiocese, Claudine Dutra.

Morador do Morro da Mangueira, o babalaô Ivanir dos Santos, que organizou o encontro com o carnavalesco, disse que os religiosos vão desfilar à frente da escola:

— Vamos ter uma faixa, que ainda é surpresa. Esse enredo é uma ode à liberdade. O Jesus que a Mangueira vai levar para a Avenida é o Jesus da gente.

Leandro , que recebeu o grupo, afirmou que está aberto ao diálogo:

— Quem quer Jesus no meio do povo, no meio da gente, está abraçando a Mangueira. Já quem quer que Jesus fique num trono, preso eternamente na cruz, quer que a Mangueira nem desfile.

Related posts