quarta-feira, julho 8, 2020

    Tag: Mangueira

    blank

    “Bandido bom é bandido morto”: a ala da Mangueira que fez história

    Campeã do carnaval desfllou com crítica direta ao discurso de extrema-direita do bolsonarismo Do Brasil247 Mangueira desfila na Sapucaí (Foto: Luciola Vilella/UOL) Num dos pontos mais impactantes de seu desfile, a Mangueira exibiu a ala "Bandido bom é bandido morto", que faz uma crítica direta ao discurso da extrema-direita bolsonarista e também exibiu como vítimas os grupos mais vulnerabilizados da sociedade brasileira. Confira: Ala “Bandido Bom é Bandido Morto” no desfile da #Mangueira, retratando as principais vítimas da violência no Brasil: jovens pobres e negros. Carro “O Calvário” destaca jovem crucificado de cabelo platinado, além da representação de outros grupos vulnerabilizados #Carnaval2020 pic.twitter.com/LLsI76VafC — Jeff Nascimento (@jnascim) February 24, 2020

    Leia mais
    blank

    Pastor Henrique Vieira diz que Jesus foi honrado em desfile da Mangueira

    O pastor e ator Henrique Vieira, que representou Jesus como um mendigo no desfile da Mangueira, aprovou a decisão da tradicional agremiação carioca de levar à Sapucaí um Cristo "da gente", com rosto negro, sangue índio e corpo de mulher. Por Igor Mello, Do UOL Pastor Henrique Vieira durante o desfile da Mangueira (Foto: Reprodução/Twitter) Ao UOL, Vieira disse que a Mangueira quis trazer um Jesus similar ao da Bíblia, "do amor, dos pobres, da paz e da diversidade". "Como pastor, como ator e como discípulo de Jesus, eu vi que hoje Jesus foi honrado. Jesus é ofendido quando o povo negro é alvo de preconceito, quando uma mulher sofre violência, quando indígena corre de bala, quando o pobre é massacrado. Hoje Jesus foi celebrado com festa, com alegria, com o respeito". O pastor admitiu ter ficado emocionado por poder representar uma das versões de Cristo ...

    Leia mais
    imagem divulgação

    “A Mangueira está ajudando a redimir Jesus”, diz pastora Lusmarina Garcia

    A escola de samba carioca Estação Primeira Mangueira nem desfilou e seu enredo “A Verdade Vos Fará Livre” já está causando uma grande discussão nas mídias sociais. Motivo: o carnavalesco Leandro Vieira resolveu refazer uma releitura histórica da vida de Jesus Cristo, projetando a sua volta para os morros cariocas, em um mundo apartado pela intolerância. Antes dos carros alegóricos da verde e rosa adentrarem a avenida Sapucaí, no Rio, Leandro convidou um grupo de diversos líderes religiosos para que pudessem conhecer e opinar sobre a sua versão do homem mais consagrado no Cristianismo, o Nazareno. Coube ao babalaô Ivanir dos Santos reunir o maior número possível de representantes de distintas religiões, em sua maioria cristãos, para visitar os barracões da Estação Primeira. Estiveram lá a pastora Lusmarina Garcia (teóloga luterana), o reverendo Daniel Rangel (Paróquia Anglicana de Todos os Santos), frei Tata, a reverenda Inamar Corrêa de Souza (da ...

    Leia mais
    Harmonia: Leandro Vieira (sentado no centro) recebe religiosos no barracão Foto: Guito Moreto / Agência O Globo

    Mangueira, que contará a vida de Jesus na Sapucaí, abre seu barracão para representantes de diferentes religiões

    As muitas bênçãos para um enredo em verde e rosa Renan Rodrigues, do O Globo Harmonia: Leandro Vieira (sentado no centro) recebe religiosos no barracão (Foto: Guito Moreto / Agência O Globo) Diante da onda de boatos envolvendo o enredo da Mangueira, que contará a vida de Jesus na Sapucaí este ano, a verde e rosa decidiu abrir as portas de seu barracão nesta quinta-feira em busca das bênçãos de 17 líderes religiosos. O grupo, integrado por rabino, frei, pastor e babalaô, percorreu as alegorias na Cidade do Samba para entender o que o carnavalesco Leandro Vieira vai mostrar na Avenida. Depois do passeio, não houve condenação. — Não vejo qualquer tipo de profanação. Vejo uma manifestação com conceitos do povo, que, de forma alguma, profana a imagem de Jesus. Pelo contrário, acho que teria a aprovação até mesmo do próprio — disse o rabino Nilton ...

    Leia mais
    blank

    Mangueira ganha Estandarte de Ouro com enredo sobre os heróis da resistência no Brasil

    Verde e rosa homenageou em seu desfile a vereadora Marielle Franco, assassinada em março do ano passado. Do G1 Mangueira levou para a Marquês de Sapucaí enredo que reverenciou ícones da resistência popular no Brasil — Foto: Marcos Serra/G1 A Estação Primeira de Mangueira ganhou o prêmio Estandarte de Ouro, oferecido pelo jornal O Globo, de melhor escola do Grupo Especial em 2019. A verde e rosa levou para a avenida enredo que recontou a história do Brasil por meio de heróis da resistência negros e índios. Com o estandarte de ouro, a Mangueira teve reconhecido o desfile por completo - samba enredo, alegorias, fantasias, evolução. Em busca de seu 20º título, escola desconstruiu na avenida a imagem de figuras históricas como a Princesa Isabel, Dom Pedro I e Pedro Álvares Cabral. Com 3500 componentes, a escola verde e rosa apresentou heróis como o guerreiro Sepé Tiaraju, que tentou ...

    Leia mais
    Marielle está mais viva do que nunca! (Foto: © SPUTNIK / PAULA MAGALHÃES)

    Campeã absoluta, Mangueira exalta Brasil que não te ensinaram na escola

    Marielle está mais viva do que nunca! (Foto: © SPUTNIK / PAULA MAGALHÃES) Marielle, vive! Aceita. Dói menos. Pouco mais de uma semana antes de completar um ano desde o assassinato da quinta vereadora mais votada do Rio de Janeiro, a Estação Primeira de Mangueira, fez novamente, ecoar a pergunta. Quem matou e quem mandou matar Marielle? Por Kauê Vieira , do Hypeness A simbologia representada pela cria da favela da Maré foi o ponto de partida para um desfile sobre o Brasil de verdade. Negro, índio e cafuzo. O Brasil alvo insistente dos coturnos do apagamento. Vencedora do Estandarte de Ouro – oferecido pelo jornal O Globo para a melhor escola do Grupo Especial em 2019, a verde e rosa recontou a história do país chocolate mel trazendo consigo heróis da resistência negra e indígena. Esqueça Pedro Álvares Cabral, a família real portuguesa, os Bandeirantes de São Paulo, Princesa Isabel (viu, Vila?), na Sapucaí reinaram reis ...

    Leia mais
    Homenagem à Marielle Franco, citada no samba-enredo, na comissão de frente da Mangueira — Foto- Rodrigo Gorosito:G1

    Com homenagem a Marielle e Leci Brandão, Mangueira é a campeã do carnaval carioca de 2019

    A Estação Primeira de Mangueira é a grande campeã do carnaval carioca. O resultado do grupo especial do Rio de Janeiro foi divulgado no início da noite de hoje (6). Desfile da Mangueira no Carnaval 2019 no Rio de Janeiro / Tomaz Silva/Agência Brasil Por Mariana Tokarnia - no Agência Brasil A Mangueira desfilou na segunda-feira (4) na Sapucaí, com o enredo “História pra ninar gente grande”, do carnavalesco Leandro Vieira, a escola conta a história do Brasil pela ótica dos heróis populares. Foto- Marcos Serra:G1 Da história recente, além de Jamelão, estão a cantora e compositora mangueirense Leci Brandão, e a vereadora Marielle Franco, assassinada em 14 de março de 2018, ao lado do motorista Anderson Pedro Gomes. A viúva da vereadora, Mônica Benício, participou do desfile. Homenagem à Marielle Franco, citada no samba-enredo, na comissão de frente da Mangueira — Foto- Rodrigo Gorosito:G1 As duas escolas que ...

    Leia mais
    blank

    Mangueira faz samba que serve em cheio pra crise: “Só com a ajuda do santo”

    O samba enredo da Mangueira, atual campeã do carnaval carioca, para o próximo ano parece ter tudo a ver com estes tempos de crise e governo Temer. O título já diz tudo: “Só com a ajuda do santo”. O samba fala da religiosidade do brasileiro e as suas superstições para enfrentar o dia a dia. Com melodia forte e várias referências à mitologia do candomblé, “Só Com a Ajuda do Santo” é lindo e muito bem interpretado pelo Tinga, puxador da escola. Assista aqui o belo vídeo com a gravação do samba. Fonte: Revista Fórum Samba Enredo 2017 – “Só Com a Ajuda do Santo” G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira (RJ) Compositores: Lequinho, Júnior Fionda, Flavinho Horta, Gabriel Martins e Igor Leal Intérprete: Tinga   O meu tambor tem axé, Mangueira Sou filho de fé do Povo de Aruanda Nascido e criado pra vencer demanda Batizado no altar do samba O ...

    Leia mais
    blank

    O que o desfile da Mangueira nos ensinou sobre tolerância?

    Ao evocar Maria Bethânia como enredo de carnaval, a Mangueira se viu convidada a lidar com o sincretismo religioso da baiana, que frequenta desde missas no Bonfim a terreiros de candomblé. Na avenida, entidades afros ocuparam o mesmo espaço que símbolos católicos. Iansã e Menino Jesus. Ogum e Nossa Senhora. Lado a lado, de mãos dadas. Por Carmela Veloso de Beauvoir, do Correio Braziliense  O espectador testemunhou a comunhão de religiões distintas, mas igualmente voltadas para o respeito ao próximo, acima de tudo. E foi o que prevaleceu. Como raras vezes testemunhamos neste país, cada vez mais segregado por razões de credo, gênero, orientação e cor, uma única corrente de alegria predominou. Pelas arquibancadas, cristãos, ateus, budistas, umbandistas (gays, negros, velhos, crianças, pais e mães) celebraram a figura da menina dos olhos de Oyá. A música, o samba, o carnaval promovendo um instante de paz. Que fique a lição. Há, entre todos ...

    Leia mais
    blank

    Publicação mapeia práticas africanas na Mangueira

    Levantamento feito pela ONG Arte de Educar será lançado no próximo dia 16, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). Mapeamento foi realizado por estudantes de 7 a 16 anos, que entrevistaram moradores que ajudaram a contar a história das influências africanas na favela da zona norte carioca Será lançado no próximo dia 16, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), a publicação "Cartografia das Práticas Culturais Africanas na Mangueira", que reúne relatos, entrevistas e fotos contando o surgimento da comunidade da zona norte do Rio, além de resgatar a cultura afro-brasileira da região. Iniciativa da ONG Arte de Educar, o levantamento foi feito por estudantes de 7 a 16 anos, que mapearam e entrevistaram personagens que ajudam a contar a história das influências africanas na Mangueira. Os pesquisadores-mirins também participaram de rodas de conversas com representantes de religiões africanas. “É uma forma de promover diversidade religiosa ...

    Leia mais
    blank

    Violência contra a mulher vira tema de samba-enredo da Mangueira

    Escola destaca mulheres no enredo e faz adesão às campanhas “O Valente não é Violento” e “Pequim+20 – Empoderar as Mulheres. Empoderar a Humanidade. Imagine!”, com ações em projetos sociais e culturais no período 2014-2015 Artigo da ONU Mulheres Samba-enredo da Mangueira Em 2015, a Estação Primeira de Mangueira levará para a Marquês de Sapucaí os direitos das mulheres e a luta delas pela igualdade de gênero. No próximo sábado (11/10), no Rio de Janeiro, a escola de samba carioca anunciará a nova parceira para o carnaval 2015: a ONU Mulheres Brasil. 2015 é o Ano das Mulheres na Mangueira Em feijoada em homenagem à agência das Nações Unidas, a escola de samba assumirá o reforço à campanha “O Valente Não é Violento”, da ONU, voltada a homens e meninos. Com ações para educadores e formadores de sua comunidade, a Mangueira pretende incentivar o apoio masculino à igualdade ...

    Leia mais
    blank

    Plano de aula: A Arte literária e processos de identidade étnico-racial dos afro-brasileiros

    Este é um plano de aula vencedor do I Concurso de Planos de Aula do Portal Geledés, aplicando a Lei 10.639/03 Plano de aula: A Arte literária e processos de identidade étnico-racial dos afro-brasileiros Professora: Patrícia Sodré dos Santos Matéria: Literatura Infantil e relações étnico-raciais Turma/Série: Educação Infantil Cidade: Rio de Janeiro Estado: RJ COMPONENTE CURRICULAR: APLICANDO A LEI 10.639/2003   Projeto “Mangueira teu cenário é uma beleza...” Creche Municipal Vovó Lucíola “Todo mundo te conhece ao longe Pelo som dos seus tamborins E o rufar do seu tambor Chegou ô, ô, ô, ô A Mangueira chegou, ô, ô Mangueira teu passado de glória Está gravado na história É verde e rosa a cor da tua bandeira Prá mostrar a essa gente Que o samba é lá em Mangueira” (Exaltação à Mangueira- Jamelão) Introdução Sobre a Creche Municipal Vovó Lucíola, Mangueira e seu cenário. Nossa creche está localizada na comunidade da Mangueira, mais ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist