Manifestações livres sobre qualquer assunto Ano IV – número 186 – Por Leno F. Silva

Na semana passada vi uma pequena aranha tranquila, tecendo suas teias na parede lateral do banheiro do meu habitat. Meu primeiro impulso foi matá-la, mas pensei, por que fazê-lo se ela não é venenosa e veio me visitar? Nos dias seguintes estabeleci certa empatia pelo animal que parecia estar flutuando no ar, sem se mexer, sem nada manifestar, sem me causar qualquer incômodo.

Eis que no feriado de 15 de novembro o pintor deu duas demãos de tinta do teto e depois que ele saiu constatei o desaparecimento da minha visitante. Confesso que fiquei um pouco triste, mas me convenci que a qualquer momento isso iria ocorrer. Para a minha surpresa, no final daquele mesmo dia ela reapareceu, no mesmo lugar. Fiquei aliviado, pois havia deduzido que o Celso, zeloso que é por limpeza, tinha matado a aranha.

Nada disso, com o intuito de proteção, ao perceber uma movimentação diferente no recinto, ela fugiu não sei para onde e só retornou quando a situação estava segura. Ao revê-la pendurada nos fios quase invisíveis, me tranquilizei. Entretanto, o retorno durou pouco. Dois dias depois ela decidiu sumir de vez, sem deixar qualquer sinal.

Vai ver que o seu período de experiência por aqui venceu e ela foi procurar outras paredes. Em uma das noites lembrei-me de um pequeno trecho do Rock das Aranhas, a famosa canção eternizada pelo nosso querido “Maluco Beleza” Raulzito, para sempre Seixas.

Nesta segunda-feira quase meia noite, esse legítimo exemplar de arachnida me fez atentar para um sentimento de que todos os seres vivos têm significado nessa existência. Se assim é com os animais, imagine a importância que cada um de nós, seres humanos, tem. E como disse um dia Caetano Veloso, “gente é pra brilhar, não pra morrer de fome”. Gente é para se respeitar, se valorizar, e para viver dignamente, respeitando as diferenças e valorizando as diversidades, sem racismos nem preconceitos. Por aqui, fico. Até a próxima.

+ sobre o tema

Lewandowski apresentará normas para uso de câmeras corporais por policiais

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Ricardo...

Defensoria Pública de SP recorre ao STF contra flexibilização nas câmeras corporais na PM

A Defensoria Pública do estado de São Paulo entrou...

Imposto de renda: como apoiar projetos sociais na sua declaração

Pouca gente sabe, mas parte do seu imposto de renda devido...

Brasil investe pouco em prevenção de desastres

Separada por duas ruas da margem do rio dos...

para lembrar

Reeditar-se é prazer incomensurável

Na esfera Gutenberg – cujo reinado soma mais de...

Cotas raciais: A injustiça é “democrática”

Por: Carlos Alberto Saraiva     Nos próximos dias 3, 4 e...

Pacto Histórico confirma chapa presidencial com Gustavo Petro e Francia Márquez na Colômbia

Nesta quarta-feira (23), na Colômbia, a coalizão Pacto Histórico...

As cervejas transgênicas e as incertezas da ciência – Por: Fátima Oliveira

Um alerta o artigo “Cerveja: o transgênico que você...

Ações para a cidadania

Testemunhamos casos de guerras, violências, feminicídios e racismo diariamente. Em quase todos eles, inúmeras vozes nas redes sociais prontamente assumem posicionamentos com verdades absolutas...

Entidades de segurança pública e direitos humanos dizem que novo edital precariza programa de câmeras da PM em SP

Entidades da sociedade civil ligadas à segurança pública manifestaram preocupação com o novo edital para contratação de 12 mil câmeras corporais para a Polícia...

Convenção da extrema direita espanhola é alerta para o Brasil

"Manter o ideal racial de um continente branco de famílias cristãs e heterossexuais" foi marca de destaque da convenção do Vox - Viva 24,...
-+=