sexta-feira, janeiro 22, 2021

Tag: Leno F. Silva

Leno F. Silva

Dezembro: Manifestações livres sobre qualquer assunto Ano IV – número 188- Por: Leno F. Silva

Acabamos de entrar no mês mais esperado do ano pelo comércio. Todas as apostas do mundo do consumo estarão concentradas nas próximas semanas para garantir os resultados de vendas planejados. A lógica dos negócios gira em torno das metas de crescimento que serão alcançadas e, melhor, superadas, em relação ao exercício anterior. Não podia ser diferente. Essa é a lógica capitalista, o sistema que movimenta praticamente todos os mercados. Até a China, do velho Mao, sem qualquer "mea culpa", se rendeu a esse modelo e se transformou numa das mais poderosas economias da atualidade, com grandes chances de, brevemente, ocupar o topo. Graças à eficiência da propaganda e das ações promocionais cotidianas, não há um só dia que não sejamos estimulados a consumir, principalmente produtos e serviços de maior valor agregado, os quais possibilitam uma margem de lucro mais expressiva. Diante das tentadoras promessas das peças de comunicação, às vezes ...

Leia mais
Leno F. Silva

Manifestações livres sobre qualquer assunto Ano IV – número 186 – Por Leno F. Silva

Na semana passada vi uma pequena aranha tranquila, tecendo suas teias na parede lateral do banheiro do meu habitat. Meu primeiro impulso foi matá-la, mas pensei, por que fazê-lo se ela não é venenosa e veio me visitar? Nos dias seguintes estabeleci certa empatia pelo animal que parecia estar flutuando no ar, sem se mexer, sem nada manifestar, sem me causar qualquer incômodo. Eis que no feriado de 15 de novembro o pintor deu duas demãos de tinta do teto e depois que ele saiu constatei o desaparecimento da minha visitante. Confesso que fiquei um pouco triste, mas me convenci que a qualquer momento isso iria ocorrer. Para a minha surpresa, no final daquele mesmo dia ela reapareceu, no mesmo lugar. Fiquei aliviado, pois havia deduzido que o Celso, zeloso que é por limpeza, tinha matado a aranha. Nada disso, com o intuito de proteção, ao perceber uma movimentação diferente ...

Leia mais
leno-f-silva

Frio: Manifestações livres sobre qualquer assunto – Por: Leno F. Silva

Na semana passada tivemos, em São Paulo, os dias mais frios dos últimos 50 anos. Como não é comum convivermos com temperaturas tão baixas, o jeito foi improvisar com a sobreposição de peças para minimizar os efeitos da friagem e das sensações gélidas. Um conjunto possível foi exagerar nos componentes: três meias e um minhocão. Uma camiseta, uma camisa de manga longa, uma blusa de lã, um casaco e, de quebra, um cachecol para esquentar o pescoço e quiçá um boné de feltro com proteção para as orelhas, parte do corpo muito afetada nessas situações. Como as condições eram adversas, provavelmente algumas pessoas privilegiaram combinações nada convencionais para garantir a proteção dos ventos úmidos que pareciam gelar mais do que indicavam os termômetros oficiais. Devido ao desconserto das estações do ano e dos efeitos das mudanças climáticas, estamos habituados a não ter inverno. Por isso, não sabemos lidar com a ...

Leia mais
leno-f-silva

Manifestações livres sobre qualquer assunto Ano IV – número 168 – Por: Leno F. Silva

Esta manhã nasceu fria em Sampa, cidade que permanece relativamente calma graças às férias escolares. Menos trânsito, menos gente se movimentando nos horários mais apertados e aquela atmosfera cinza de um inverno ainda pouco presente. Depois de um mês de junho muito aquecido pelas manifestações lideradas por jovens, o segundo semestre começou atípico, em função das dezenas de reinvindicações que vieram da população brasileira. Considerando que 2014 será um ano agitado com os três grandes eventos que mobilizarão o país, Carnaval, Copa do Mundo de Futebol da FIFA e eleições majoritárias, com destaque para a de presidente e de governadores, ainda não é possível perceber como estaremos em 31 de dezembro e o que celebraremos no Réveillon. Teremos pela frente um período de negociações políticas, econômicas e sociais, as quais, certamente, poderão colocar o Brasil em outro patamar de desenvolvimento e de democracia. Não obstante a responsabilidade de nós todos está nas mãos da presidenta Dilma puxar a superação desses desafios. Sabemos que ela ...

Leia mais
leno-f-silva

MPL: Manifestações livres sobre qualquer assunto – Por: Leno F. Silva

Depois da decisão histórica do município e do governo do estado de São Paulo que, após das manifestações populares da semana passada, revogaram os aumentos das passagens do transporte coletivo, o poder de mobilização da sociedade ganhou uma nova configuração. Convém ressaltar também que o crescimento das passeatas por todo o país, o aumento das insatisfações, a violência exacerbada em alguns casos e até a ameaça da FIFA em cancelar a Copa das Confederações, levaram a presidente Dilma a convocar uma reunião de emergência e a fazer um pronunciamento em rede nacional no dia 21 de junho. Antes de redigir esta crônica revi o primeiro bloco do Programa Roda Viva, da TV Cultura, que entrevistou dois líderes do Movimento Passe Livre (MPL): Nina Cappello e Lucas Monteiro de Oliveira. Com clareza, objetividade, conhecimento do tema, espírito público e sem qualquer vaidade, os dois jovens deram um baile na equipe de entrevistadores. E a partir do que assisti compreendi melhor porque essa iniciativa ...

Leia mais
leno-f-silva

Manifestações livres sobre qualquer assunto Ano IV – número 162 – Por Leno F. Silva

No último sábado, no curso de Mediação de conflito que estou fazendo na Associação Palas Athena,tive a chance de, por duas vezes, compartilhar as razões que me estimularam ainiciar este exercício literário. Numa manhã de inverno de 2001, caminhandopela Rua Cônego Eugênio Leite, em Pinheiros, passei por uma mulher sentada nacalçada, que aparentava mais de 60 anos. Decidi comprar uma média e um pão comqueijo quente, e quando retornei para lhe oferecer ela, com toda delicadeza,agradeceu e rejeitou a minha oferta. Por duas vezes repeti o gesto e a respostafoi a mesma. Frustrado, caminhei em direção à próxima esquina e lá deixei ocafé da manhã para os jovens que também dormiam ao relento. Durante todo aquele dia a cena da senhora sentada edizendo para mim "Filho, muito obrigado, mas eu não preciso disso", permaneceuem mim e me fez perceber o quanto fui invasivo ao não perguntar se ela queria oque ...

Leia mais
leno-f-silva

RAÇA: Manifestações livres sobre qualquer assunto – Por: Leno F. Silva

Nas últimas semanas estive envolvido com o lançamento de Raça – um filme sobre a igualdade, que estreará em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, na próxima sexta-feira, 17 de maio. Nesse período participei de dois debates, um promovido pela Folha de S. Paulo e outro, com professores, organizado pela Afroeducação. Em ambos os encontros a recepção do público foi muito boa e as manifestações demonstraram que as histórias de Dona Miúda dos Santos, que luta com o seu povo para legalizar o Quilombo Linharinho, no Espírito Santo; de Netinho de Paula, à frente da criação da TV da Gente, a primeira emissora televisiva dirigida por um negro e que pretendia dar visibilidade à maioria da população brasileira que pouquíssimo espaço ocupa nos meios de comunicação; e Paulo Paim, o único senador negro que batalhou por mais de dez anos para a aprovação do Estatuto da Igualdade Racial. Com sensibilidade, uma bela fotografia e uma edição precisa, o documentário se constitui como ...

Leia mais
leno-f-silva

Barbárie: Manifestações livres sobre qualquer assunto – Por Leno F. Silva

A covarde morte da dentista de São Bernardo do Campo provocou revolta, indignação e tristeza. O fato, condenável, teve destaque nos principais veículos de comunicação. Por acaso vi um trecho de uma matéria em que a repórter falava, ao vivo, da delegacia que acabara de distribuir retratos falados dos suspeitos. Em seguida, a apresentadora do programa vespertino retornou do estúdio e, sem qualquer reflexão, deu sequência ao bate-papo agradável sobre relacionamento amoroso entre casais com grande diferença de idade, que vinha trocando com três felizes convidados. Simples assim, o episódio criminoso perverso foi tratado como um mero acontecimento do cotidiano, apenas mais um fatocorriqueiro que emerge de uma sociedade que escolheu aplicar nas pessoas as regras do mercado consumidor. Os bandidos deste caso utilizaram essa mesma lógica para atear fogo na vítima por ela ter apenas R$ 30,00 de saldo bancário.Para esses profissionais do crime, ela foi morta porque era um "produto" de baixíssimo valor agregado em um mundo em que ...

Leia mais
leno-f-silva

Um belo show: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por Leno F. Silva Duas vozes aparentemente dissonantes embalaram um belo show marcado pela cumplicidade na vida e na carreira artística de Ná Ozetti e Zé Miguel Wisnik. Ele poeta e estudioso das filosofias, que exercita nas letras o seu jeito próprio de combinar palavras, passando longe daobviedade. Ela uma intérprete talentosa, de voz afinadíssima e apurada com o passar dos anos, desde os tempos em que participou do Grupo Rumo. No espetáculo-presente que assisti no sábado passado, no SESC Consolação, ambos estavam à vontade no palco, e muito bem acompanhados por uma banda de feras e multi-instrumentistas. Foram quase duas horas de canções belas. Cada uma tinha a sua história, às vezes densas; outras alegres e românticas, mas sempre valorizadas com arranjos certeiros. Ótimo letrista e tocador de piano, Zé Miguel sabe que o seu cantar é modesto e, nesse caso, serviu de convite para as deliciosas interpretações da Ná Ozetti, um passarinho encantado que atiçou o nosso coração. Mesmo ...

Leia mais
leno-f-silva

A Descida do Monte Morgan: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por Leno F. Silva Quando a minha querida amiga e inspiradora Ju Colombo me convidou para assistir ao espetáculo em que ela está atuando em São Paulo, aceitei de imediato, sem saber qual era o nome da peça. Para facilitar, o teatro era o Nair Bello que fica a cinco minutos de casa, a pé, no Shopping Frei Caneca. Cauteloso, fui às 19 horas retirar os ingressos, mas a lista de convidados não estava disponível na bilheteria, e o funcionário garantiu a não necessidade de chegar com tanta antecedência porque os nomes passados pela produção teriam entrada garantida até às 21 horas do sábado. Ao sair do Frei Caneca avistei outra amiga atriz, Lavínia Pannunzio, descendo a escada rolante em direção ao supermercado Master,lugar que tem recebido minhas visitas quase diárias. Pensei comigo, tomara que a Ju e Lavínia estejam trabalhando juntas. Reterei os ingressos e somente neste momento li o nome da peça: "A Descida do Monte Morgan", de ...

Leia mais
leno-f-silva

Camaro amarelo: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por Leno F. Silva "Ora, ora, ora o que é a vida?". Essa frase ficou para a história e quase toda vez que reencontro os amigos da FAAP, ela nos vem à tona, numa lembrança da profunda declaração que o George fez para o lustre da casa do Zé, naquela cena antológica na sala de visita do apartamento da família, digna de Pier Paolo Pasolini. Passados mais de 30 anos da primeira grande festa da turma de comunicação social, esse enigma permanece vivo e inquietante. Nuncamais tive notícias no nosso filósofo de voz anasalada e muito charmoso. Torço que ele esteja bem e que tenha encontrado respostas para a sua indagação. Ou, se não as encontrou, que persista procurando, porque esse é um exercício que não tem fim. Na era do Facebook e da comunicação instantânea recebemos, a cada segundo, centenas de reflexões, inspirações, respostas,conselhos, provocações e tantos outros pitacos. Talvez até já tenhamos conseguido resolver alguns dos problemas existências, ...

Leia mais
leno-f-silva

Mentira: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por Leno F. Silva Desde criança ouço que mentira tem perna curta. Fui educado a falar a verdade, pois essa é a atitude que mais nos tranquiliza e nos faz ficar em paz com a nossa consciência. Com o passar dos anos algumas mentiras passaram a ser "socialmente" aceitas, como aquelas pegadinhas usadas em certos programas de entretenimento. Inventa-se uma situação absurda, monta-se uma cena e escolhe-se um "coitado" para cair no conto que está sendo gravado com câmera oculta. No final, tudo é desmascarado e pode até rolar um cachê para a pessoa que foi "usada" sem saber. Normalmente essas situações são exageradas e colocam o personagem desavisado em condições ridículas ou, no mínimo, desrespeitosas. Mas como aquele conteúdo será veiculado em emissoras de TV de grande visibilidade e provocará o riso fácil de milhões de pessoas, tudo bem. Vale aquela mentirinha "ingênua" que renderá também alguns pontos na audiência. Mas esse tipo de estratégia vai além da ficção e dos programas ...

Leia mais
leno-f-silva

Ruas da cidade: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por Leno F. Silva Percorrer a pé as ruas da cidade é umhábito saudável em vários sentidos. Permite ver a metrópole sob outrosaspectos, mais próximos da realidade e, principalmente, de conhecer alguns dospersonagens que fazem dela o que é. Mesmo circulando por um perímetroreduzido, delimitado pelo centro antigo e os bairros de Santa Cecília,Higienópolis e Consolação, esses mais de seis meses de andanças cotidianas mepermitiram estabelecer novas percepções dessa região. No horário comercial o volume depessoas que circula pelas ruas e avenidas centrais é impressionante. Gente quese movimenta com pressa para todos os lados, que lota a centena de restaurantescom preços para os distintos bolsos e que se constitui como uma amostra viva dasnossas diversidades. Como a cidade se desenvolveu a partirdo centro é nele que os trabalhadores de todos os bairros se encontram. Após otérmino do expediente essa mesma região se transforma e fica quase abandonada.Os prédios são ocupados ...

Leia mais
leno-f-silva

Largo do Machado: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por Leno F. Silva Sábado à noite,Largo do Machado, um dos pontos de encontro da boemia carioca. Enquanto desciado ônibus, ouvia uma canção popular que se mantém viva em minha memória, masnão prestei muita atenção. A pressa em fazer o check-in no hotel era maior, e odespencar de algumas gotas de chuva me fizeram quase desistir de comer na rua.Mas como seria a única chance de andar pelas redondezas daquele pedaço dacidade maravilhosa, visto que no domingo voltaria para Sampa logo depois doalmoço, resolvi arriscar uma caminhada. Ao me aproximar dolargo, avistei uma multidão cantarolando "O mestre-sala dos mares", com a inconfundívelvoz e a divina interpretação de João Bosco. Sim, ele e a sua banda estavam ali,pertinho de mim, cantando as músicas que a maioria sabia de cor. Descontraída, a plateiadiversa e misturada, aplaudia calorosamente ao final de cada acorde. Ouvi asquatro últimas apresentações e não esperei pelo bis. A ...

Leia mais
leno-f-silva

O Tempo – Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por Leno F. Silva Não temos todo o tempo do mundo. O dia dura 24 horas. Uma partida de futebol termina em 90 minutos.  Um filme de longa metragem usa, em média, uma hora e trinta para entreter os espectadores.     Já que o tempo é finito, o que devemos aprimorar, sempre, é a qualidade das decisões e das escolhas. Diante de qualquer situação é possível pensar e agir para que a utilização do tempo seja a melhor, traga satisfação, proporcione aprendizado e nada arrependimento.     Às vezes não temos condições de colocar em prática essa determinação, mas o mais apropriado é buscar, a cada segundo, a decisão mais autêntica, mais equilibrada e a que nos dará a percepção de que aquele tempo precioso, que não voltará nunca mais, foi bem aproveitado.   Talvez valha a pena investir diariamente alguns minutos para planejar a utilização do seu tempo, lembrando que na ...

Leia mais
leno-f-silva

Dualidades – Manifestações livres sobre qualquer assunto

por Leno F. Silva Norte e Sul; Leste e Oeste. Água e fogo; Ar e terra. Sol e lua;alegria e tristeza; saúde e doença; Yin e Yang; cara e coroa; verso e reverso;homem e mulher; branco e preto; vida e morte; amor e ódio. A vida se constituide dezenas de características, sentimentos, sensações, dualidades;contradições, opostos e milhares de possíveis arranjos. Viver é descobrir, comsabedoria e equilíbrio, as melhores maneiras de lidar, a cada instante, com asdistintas situações. Somos interdependentes: uns dos outros e, juntos, fazemos o nossoestar; o nosso lar, o nosso bairro, a nossa cidade, o nosso estado, o nossopaís e o nosso mundo. Esse conjunto de vivências, interconectadas e diferentesrevela a riqueza da nossa existência. Ninguém é igual ao outro, e todos somosúnicos nesse planeta pequeno diante da imensidão da galáxia. Viver nessa existência é um presente que merece ser descoberto ecultivado por cada um. As diversidades regionais, ...

Leia mais
leno-f-silva

Terça-feira gorda – Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por Leno F. Silva   Neste último dia do feriadão, nada vi de Carnaval. Dos desfiles das Escolas de Samba de São Paulo e do Rio de Janeiro, mais as manifestações de Salvador e Olinda, observei apenas as manchetes dos jornais com as mesmas fotos de sempre: mulheres seminuas, multidões aglomeradas e as celebridades que “espontaneamente” circularam pelos camarotes das empresas que patrocinam essa farra brasileira. Gosto dessa celebração nacional, mas estou mais para blocos de rua, pela alegria sincera e pela descontração, do que para os produtos que se transformaram as festividades pelo país afora. Na minha adolescência o grande barato era frequentar as matinês e, mais crescido, os bailes noturnos do Clube Atlético Ypiranga. Eu ficava contando os meses do ano para aproveitar, com a turma de amigos, as quatro noites de folia. A cada edição o roteiro era mais ou menos o mesmo: ficávamos andando em círculo ...

Leia mais
leno-f-silva

Quando o carnaval passar… Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por Leno F. Silva Quando o Carnaval passar, praticamente já estaremos na segundaquinzena de Fevereiro, um mês mais enxuto que nos prepara para a chegada do outono,e para as águas de Março. No Brasil, para muitos setores da economia, a despedida de Momo será,de fato, o sinal para começar a trabalhar, embora essa festa mobilize milhões depessoas e se configure como um produto "tipo exportação" muito lucrativo paraos mais distintos segmentos do mercado. Por outro lado, existe um contingente significativo que labuta oano inteiro para festejar em apenas uma noite, como é o caso daqueles quedesfilam nas passarelas do samba. No meio de tanta diversão há espaço,inclusive, para quem opta por nada fazer ou que prefere tudo, menos cair nastentações das "folias" pagãs. Afinal, são quatro dias e meio que podem seraproveitados com o que der na telha. Nesse cenário de alegorias, sambas, enredos, frevos, afoxés ecentenas de outras formas ...

Leia mais
leno-f-silva

Santa Maria: Manifestações livres sobre qualquer assunto

No domingo passado o Brasil acordou muito triste com a tragédia deSanta Maria. Mais de 200 jovens morreram em função de um incêndio que ocorreuna boate “Kiss”. Segundo notícias veiculadas a casa de espetáculo estava sem alvarádesde agosto passado, mas isso é apenas um dos ingredientes deste tristeacontecimento que tirou, precocemente, a vida de tanta gente e deixou osfamiliares desolados. Nesta situação de dores e perdas o mais importante é confortar osentes queridos, prestar solidariedade aos hospitalizados e investigar com rigoras causas deste terrível incidente, para que situações semelhantes não serepitam. Cabe ao poder público averiguar falhas, aprimorar as exigências efiscalizar incansavelmente. Os donos do local devem auxiliar no que for necessárioe assumir as suas responsabilidades. Que esse dramático episódio sirva de alerta e de aprendizado paratodos nós. Que os empresários que decidirem investir neste segmento tenham odever de seguir todas as normas de segurança, tanto no que diz respeito ...

Leia mais
leno-f-silva

Redes sociais: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por: Leno F. Silva   Nesses tempos em que as redes sociais invadem a vida de todos nós é impossível não reconhecer que esse instrumento de comunicação e de "relacionamentos" mais ajuda do que atrapalha. No último mês de 2012 acompanhei centenas de mensagens publicadas democraticamente dos mais diversos cantos do Brasil e do mundo. Teve de tudo e isso é muito bom, porque um "post" expõe, para a rede de amigos, opiniões,posicionamentos, visões, ou simplesmente simpatia ou discordância por inúmeros assuntos os quais nos deparamos no dia a dia. E os três verbos milagrosos "curtir", "comentar" e "compartilhar", podem transformar um singelo conjunto de palavras em sucesso de audiência, tema de debate ou até instigar o seu aprofundamento em outros lugares mais apropriados. Por meio do facebook aquela timidez em se manifestar publicamente fica atenuada e apenas um clique permiteromper barreiras que, às vezes, são intransponíveis pelos caminhos mais tradicionais, como a busca de um apoio psicológico, por exemplo, para ...

Leia mais
Página 1 de 3 1 2 3

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist