Movimento de Mulheres Negras Capixabas – MNC, realiza Roda de Conversa com Mulheres do Terreiro para combater a Intolerância Religiosa

Data: 20 de Junho de 2015 – Hora: 14:00 às 18:00
Local: Barracão Yle Ase Oya Guere Azan, em Viana – ES

Enviado por Mirt’s Sants via Guest Post para o Portal Geledés

O próximo encontro do Grupo de Mulheres Negras Capixabas – MNC será em parceria com o Barração Yle Ase Oya Guere Azan, em Viana – ES. Tendo como objetivo o reconhecimento da importância da história dos nossos ancestrais, povos e comunidades tradicionais afro-brasileiras cujos registros em sua maior parte se encontra na memória, na história oral, vivida e repassada pelas gerações de comunidades negras. Estas estão presentes nos territórios habitados por Povos e Comunidades Tradicionais Afro-brasileiros, Quilombolas e de Terreiros. “A proposta é realizarmos vivencias com diálogo entre mulheres no intuito de colaborar para a desconstrução dos “pré-conceitos” que levam ao racismo e a intolerância religiosa com as religiões de matriz afro, e ao mesmo tempo preservar estes territórios além de dá maior visibilidade aos saberes tradicionais que subsistem na memória das comunidades”. Saberes vividos e vivo, nas narrativas que transitam por gerações, e na maior parte das vezes ignoradas pelos registros históricos. Com isso, esperamos também contribuir para a implementação da Lei 10.639/03, que determina a inclusão desses conteúdos nos currículos escolares para o combate aos preconceitos e a promoção de um pluralismo cultural compatível com a diversidade étnico-racial do nosso país.

Aguardamos sua preciosa presença!

Informações podem ser obtidas pelo e-mail: [email protected]ou pela página do Facebook: https://www.facebook.com/pages/Mulheres-Negras-Capixabas/509355052508109?sk=timeline

+ sobre o tema

“Vegana Sem Grana”, ela faz sucesso ensinando receitas acessíveis

Duzentos e cinquenta quilômetros distante da capital, Salvador, Itacaré...

Programa Nacional de Direitos Humanos e as mulheres

  O governo brasileiro almeja uma liderança política no cenário...

Ser mãe e lésbica é ser invisível duas vezes

Dia 29 de Agosto, celebra-se o Dia Nacional da Visibilidade...

para lembrar

Meu voto para as mulheres

A autoridade masculina, imposta institucionalmente, é uma das estruturas...

O funk é feminista – Por: Carla Rodriguez

Quando cantam suas letras consideradas obscenas, as funkeiras reivindicam...

Metade dos brasileiros não sabem o que significa ser trans, diz pesquisa

Metade dos brasileiros não sabem o que significa ser...
spot_imgspot_img

Julho das Pretas: ‘Temos ainda como horizonte sermos livres das amarras históricas’, diz ativista

No dia 25 de julho será celebrado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. E em alusão a data, o Julho das Pretas é realizado...

Meninas negras de até 13 anos são maiores vítimas de estupro no Brasil; crime cresceu 91,5% em 13 anos

O número de estupros no Brasil cresceu e atingiu mais um recorde. Em 2023, foram 83.988 casos registrados, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior....

Eugênio Bucci, Marilena Chaui e Sueli Carneiro são finalistas do Prêmio Jabuti Acadêmico; confira a lista completa

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) anunciou, nesta quinta-feira (18), os finalistas do Prêmio Jabuti Acadêmico, que contempla obras científicas em 29 categorias, como Artes,...
-+=