Movimentos denunciam revista íntima vexatória em mulheres

Em protesto pelo Passe Livre, em 25 de outubro, manifestantes foram obrigadas a tirar a roupa em delegacia e realizar agachamentos nuas

Por Redação

Vídeo divulgado na última semana mostra “um flagrante abuso das forças policiais do Estado de São Paulo contra mulheres”. No dia 25 de outubro, após o ato organizado pelo Movimento Passe Livre reivindicando Tarifa Zero na capital paulista, diversos manifestantes foram detidos pela Polícia Militar, em mais uma ação truculenta contra o direito de livre manifestação, como tem acontecido na maior parte das cidades, desde junho de 2013.

Todos os detidos naquele dia foram encaminhados a diferentes delegacias da cidade, em um orquestrado show de irregularidades por parte da Polícia. Nesse dia, no entanto, somente as mulheres passaram por revista íntima vexatória ainda na delegacia.

Conforme explica a Marcha Mundial das Mulheres, a revista vexatória é usada amplamente para controlar a entrada de visitantes mulheres em unidades prisionais sob o argumento da preservação da segurança dos presídios, mas constitui dispositivo que fere princípios fundamentais da nossa Constituição.

 

Diferente da revista manual, feita pelo funcionário(a) com as mãos e por cima da roupa, a íntima vexatória é “aquela na qual a pessoa visitante de um presídio ou sob custódia da polícia é constrangida a tirar a roupa, realizar agachamentos nuas e/ou expor as partes íntimas. É realizada por policiais ou por agentes penitenciários com suposto objetivo preventivo”.

“Essa é uma denúncia pública dos abusos cometidos pela polícia do Estado de São Paulo, abusos esses que são cotidianamente cometidos, especialmente contra aqueles que moram na periferia. É também uma reivindicação contra a criminalização como um todo, seja da pobreza, dos movimentos sociais ou das mulheres. Criminalização essa que é tida atualmente como solução de qualquer problema social, apesar de não passar de um mero instrumento de controle, seja do corpo das mulheres ou da parcela mais pobre da sociedade que é colocada atrás das grades”, denunciam os movimentos.

O vídeo foi feito pela Marcha Mundial das Mulheres, Movimento Passe Livre – São Paulo e Fanfarra do M.A.L. – Movimento Autônomo Libertário.

Assista ao vídeo produzido coletivamente com base em vários depoimentos de mulheres que sofreram revista vexatória no dia 25 de outubro de 2013, em São Paulo:

Fonte: Revista Fórum

+ sobre o tema

Gritaram: negra! E elas responderam com narrativas ofuscantes

“De repente umas vozes na rua me gritaram negra!”...

Embranquecimento e Colorismo: estratégias históricas e institucionais do racismo brasileiro

(na foto abaixo, 4 dos diversos personagens negros históricos...

Boxe: ex-campeão mundial apoia ídolo que “se tornou mulher”

Pupilo de Frank Maloney, Lennox Lewis postou mensagem defendendo...

para lembrar

Polícia indicia 14 em inquérito sobre morte de mulher durante tentativa de aborto

Dez pessoas foram indiciadas pelos crimes de aborto, homicídio...

Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero tem inscrições prorrogadas

A premiação consiste em um concurso de redações, artigos...

6 mulheres que fizeram história no combate a epidemias no país e no mundo

Com a pandemia de covid-19, causada pelo novo coronvaírus,...
spot_imgspot_img

Mãe de Simone Biles ofereceu apoio crucial quando ela decidiu não competir em Tóquio: “Eu te amo e saiba que estamos rezando por você”

A Netflix lançou recentemente "Simone Biles Rising", uma série documental que oferece uma visão íntima da vida pessoal e profissional da ginasta Simone Biles...

Zezé Motta recebe Preta Gil, Sheron Menezzes e Aline Wirley no ‘Especial mulher negra’

Artista que acabou de completar 80 anos, Zezé Motta recebe Aline Wirley, Preta Gil e Sheron Menezzes no “Especial mulher negra”, que será exibido...

Julho das Pretas: ‘Temos ainda como horizonte sermos livres das amarras históricas’, diz ativista

No dia 25 de julho será celebrado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. E em alusão a data, o Julho das Pretas é realizado...
-+=