sábado, agosto 13, 2022
InícioQuestão RacialCasos de RacismoMulher que fez gesto racista no Espanhol é demitida de museu do...

Mulher que fez gesto racista no Espanhol é demitida de museu do Barcelona

A mulher que imitou um macaco nas arquibancadas de um jogo da terceira divisão do Campeonato Espanhol, no domingo, era funcionária do Barcelona. Ela foi demitida nesta segunda-feira, depois da repercussão mundial do ato.

Por Thiago Arantes

A senhora fez o gesto racista durante uma partida em Llagostera, entre o clube local e o Racing Santander. O alvo era o jogador marfinense Mamadou Koné, do Racing.

Mamadou Koné
Mamadou Koné

A identidade da mulher ainda não foi confirmada. Sabe-se que ela trabalhava nas bilheterias do museu do Barcelona, o mais visitado da Catalunha e um dos mais populares de toda a Espanha.

A rádio Cadena SER noticia na tarde desta segunda que ela foi demitida. O Barcelona, por ora, não comenta o caso.

Na imagem que correu o mundo, a mulher imita um macaco de forma solitária, mas está cercada por crianças.

Nos últimos meses, o racismo tem sido um dos principais assuntos extracampo no país ibérico. O episódio mais emblemático e famoso aconteceu há três semanas, quando um torcedor do Villarreal atirou uma banana em direção ao brasileiro Daniel Alves; o lateral comeu a fruta, em um gesto que também teve grande repercussão.

Além de ter sido demitida, foi banida do estádio pelo Llagostera. A prefeitura da cidade divulgou uma nova de repúdio ao comportamento da torcedora.

Vítima do ato racista, Koné preferiu não entrar em polêmica. Ontem, pelo Twitter, ele limitou-se a publicar a foto da mulher imitando macaco, seguida de duas frases. “A respeito desta senhora, melhor não falar nada… Já se retrata por si só.”

Fonte: ESPN

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench