Mulheres serão 17% da bancada de Minas na Câmara Federal

Foram eleitas nove deputadas federais para representar o Estado em Brasília. Número aumentou duas vezes em comparação a 2018

Plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília — Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Com o final da apuração, o número de mulheres eleitas deputada federal por Minas Gerais neste ano cresceu em relação a 2018, mas segue bem abaixo em comparação aos homens. 

O Estado terá nove mulheres na Câmara Federal, sendo que apenas uma, Greyce Elias (Avante), foi reeleita. O número é duas vezes maior do que o registrado há quatro anos, quando apenas quatro deputadas tinham sido eleitas. 

Em relação ao total de vagadas da bancada mineira, as mulheres representam 17% das 53 cadeiras a que Minas tem direito em Brasília

Foram eleitas deputadas federais neste ano:

Duda Salabert (PDT), Greyce Elias (Avante), Célia Xakriabá (PSOL), Dandara (PT), Ana Paula Junqueira Leão (PP), Ana Pimentel (PT), Nely Aquino (PODE), Delegada Ione Barbosa (Avante) e Rosângela Reis (PL). 

Em 2018, tinham sido eleitas Áurea Carolina (PSOL), Margarida Salomão (PT), Alê Silva (PSL) e Greyce Elias (Avante).

Na Assembleia Legislativa, a bancada feminina também conquistou mais espaço neste ano, com a eleição de 15 deputadas estaduais. 

-+=