Nota de Repúdio do Conselho Nacional de Juventude sobre o ato de racismo estatal ocorrido no Shopping Vitória (ES)

Na ocasião, jovens, negros e pobres, enfileirados e sem camisa foram constrangidos pela força policial em público

O Conselho Nacional de Juventude, órgão responsável pela formulação e controle social das políticas públicas para juventude no Brasil, instituído pela Lei nº 11.129/2005, vem por meio desta repudiar o ato de racismo protagonizado pela Polícia Militar do Estado do Espírito Santo, ocorrido no dia 30 de novembro na cidade de Vitória.

Na ocasião, jovens, negros e pobres, enfileirados e sem camisa foram constrangidos pela força policial em público, dentro do Shopping Vitória, com o consentimento de lojistas e proprietários do local, em uma cena que expressa fidedignamente a doença que ainda macula a saúde política e social do Brasil chamada racismo.

Fugindo da violência policial que, injustificadamente, fechou à força um baile funk que ocorria ao lado, dezenas de jovens se refugiaram no Shopping. Lojistas chamaram a Polícia e o que se viu então lembra períodos sombrios da história do Brasil. Para além do ato de preconceito representado pelo fechamento arbitrário de um baile funk, a humilhação pública sofrida por esses jovens precisa ser denunciada. Trata-se de um ato incompatível com os princípios da democracia e do respeito aos direitos humanos.

O Conselho Nacional de Juventude reafirma o seu repúdio a toda e qualquer forma de discriminação e violência e exorta o Governo do Estado do Espírito Santo a dar explicações satisfatórias à sociedade, acompanhadas da identificação e punição dos autores e responsáveis por esse ato ilegal.

Funkeiros protestam contra o racismo com duelo de passinho e MCs neste sábado, em Vitória

Shopping Vitória: corpos negros no lugar errado

 

Fonte: Surgiu

+ sobre o tema

América-RN deve indenizar policial

Durante partida do Campeonato Potiguar, o volante Ivo chamou...

O Ladrão de Bicicleta e a nossa sociedade racista

Uma experiência didática sobre o privilégio de se nascer...

para lembrar

Intolerância religiosa representa um terço dos processos de racismo

A intolerância religiosa representa um terço (33%) dos processos...

Preconceito: Mito da democracia racial só fez mal ao negro no Brasil

O Brasil é um país racista. Casos como os...

Está tudo sob controle?

por: Edson Lopes Cardoso Ainda restam algumas questões a serem...

Dove pede desculpas e retira anúncio considerado racista

A marca de higiene pessoal e beleza Dove pediu...
spot_imgspot_img

O papel de uma líder branca na luta antirracista nas organizações 

Há algum tempo, tenho trazido o termo “antirracista” para o meu vocabulário e também para o meu dia a dia: fora e dentro do...

Mortes pela polícia têm pouca transparência, diz representante da ONU

A falta de transparência e investigação nas mortes causadas pela polícia no Brasil foi criticada pelo representante regional para o Escritório do Alto Comissariado...

Presos por racismo

A dúvida emergiu da condenação, pela Justiça espanhola, de três torcedores do Valencia por insultos racistas contra Vini Jr., craque do Real Madrid e da seleção brasileira. O trio...
-+=