O filósofo Cortella fala sobre racismo na Justiça

A Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania promove palestra do filosofo Mário Sérgio Cortella denominada “Racismo? E eu com Isso” para policiais civis e militares. O encontro acontece (27/05), por meio de videoconferência na Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap), e contará com a presença da secretária da Justiça, Eloisa Arruda, na abertura do evento.

O filosofo Cortella é mestre e doutor em Educação e professor titular do Departamento de Teologia e Ciência da Religião da Pontíficia Universidade Católica. É autor das obras: “A Escola e o Conhecimento”, “No Labirinto da Moral”, “O que a Vida me Ensinou- Viver em Paz e Morrer em Paz “ e “ Não Nascemos Prontos”.

Segundo Elisa Lucas, coordenadora de Políticas para a População Negra e Indígena, o objetivo do encontro é sensibilizar servidores da segurança pública sobre as abordagens da população negra. ”O preconceito existe desde o tempo a abolição da escravidão quando foi criada a lei da vadiagem e os negros, sem trabalho, eram agredidos e presos. Ainda hoje essas situações acontecem. Não podemos mais tolerar isso”, diz Elisa.

A palestra será retransmitida para profissionais de segurança de todo o Estado de São Paulo.

De julho de 2010 até abril de 2013, a Secretaria da Justiça recebeu 223 denúncias de discriminação racial. Desse total, foram instaurados 81 processos, com base na lei 14.187, que pune administrativamente a prática de discriminação por raça e cor.

Serviço:

Videoconferência – “Racismo? e eu com isso”

Onde: Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap)

Quando: 27 de maio

Local: Rua Alves Guimarães, 429 – Cerqueira César

Horário: 11hs.

 

Enviado por: Marta Barros 
Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania

+ sobre o tema

Agredida a socos pelo marido, mulher desiste de denúncia: ‘dependo dele’

Homem foi imobilizado e liberado pela polícia. Caso foi flagrado...

Envelhecer é para poucos

O Rio de Janeiro deu a largada na (mais...

Vítima de espancamento em West Chicago diz que raça foi um fator

Familiares de um homem severamente espancado numa festa em...

Referendo na Suíça dá Vitória à Intolerância Religiosa

Fonte: SOS Racismo Porto -   Contra todas as sondagens, a...

para lembrar

Joe Beasley, ativista: ‘Em Salvador, acontece um Ferguson por semana’

Militante dos direitos dos negros, o americano de 79...

Desconstituição da política de cotas raciais em concursos

Nos últimos meses, universidades públicas estaduais da Bahia lançaram...

A hora da reação nacional contra um Estado genocida

As conclusões do jurista Luiz Flávio Gomes são da...
spot_imgspot_img

Mortes pela polícia têm pouca transparência, diz representante da ONU

A falta de transparência e investigação nas mortes causadas pela polícia no Brasil foi criticada pelo representante regional para o Escritório do Alto Comissariado...

Presos por racismo

A dúvida emergiu da condenação, pela Justiça espanhola, de três torcedores do Valencia por insultos racistas contra Vini Jr., craque do Real Madrid e da seleção brasileira. O trio...

Formação territorial do Brasil continua sendo configurada por desigualdades, diz geógrafo

Ao olhar uma cidade brasileira é possível ver a divisão provocada pela segregação espacial no território, seja urbano, seja rural. A avaliação é fruto...
-+=