“O Mordomo” examina questão racial ao longo das décadas nos EUA

Filme de Lee Daniels é inspirado na história de Eugene Allen, que trabalhou na Casa Branca durante o mandato de oito presidentes

O filme “O Mordomo” começou como uma história de pai e filho em meio ao movimento dos direitos civis nos Estados Unidos, mas acabou se tornando um drama histórico sobre amor, família e igualdade racial.

 


 

O diretor Lee Daniels se inspirou na vida do mordomo negro Eugene Allen, que trabalhou na Casa Branca durante os mandatos de oito presidentes norte-americanos.

O filme narra as mudanças no cenário político e nas relações raciais entre a década de 1920 e a eleição de Barack Obama, primeiro presidente negro do país, em 2008.

“Foi uma homenagem para o meu filho, para mim e para o meu pai, e então ganhou vida própria, porque comecei a perceber que agora há outras coisas”, disse Daniels, indicado ao Oscar em 2009 pelo drama racial “Preciosa – Uma História de Esperança”.

O filme traz Forest Whitaker no papel principal e a apresentadora de TV Oprah Winfrey como Gloria, a mulher do mordomo.

 

{gallery}2013/agosto/mordomo{/gallery} 

Fonte: Geledés

+ sobre o tema

Edson Cardoso, o Jacaré do É o Tchan, se firma como ator dramático

O baiano, que integra o programa 'Aventuras do Didi',...

Rapper angolano Malef ganha prémio em Festival Internacional de Hip Hop

O rapper Malef ganhou o prémio de melhor artista...

Olímpiadas 2012: Serena Williams na final após vitória arrasadora

A norte-americana Serena Williams está classificada para a final...

Mostra divulga produções artísticas da periferia de São Paulo

Por: Camila Maciel São Paulo – Cantar, recitar,...

para lembrar

Bolt visita projeto social no Rio e “perde” corrida para criança

Mais bem humorado do que durante a entrevista coletiva...

Letras e vozes femininas

O programa ABCD em Revista, da TVT, foi...

A imortal baiana do candomblé

Mãe Stella é a primeira ialorixá na Academia de...
spot_imgspot_img

Morre Ykenga Mattos, que denunciou o racismo em seus cartuns, aos 71 anos

Morreu na manhã desta segunda-feira aos 71 anos o professor, sociólogo e cartunista carioca Bonifácio Rodrigues de Mattos, mais conhecido como Ykenga Mattos. Vítima...

Com 10 exibições que abordam a luta antirracista, Mostra do Cinema Negro tem sessões a partir de 4 de abril em Presidente Prudente

O Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) promove, entre os dias 4 de abril e 23 de maio, uma programação com dez filmes que celebram o cinema...

A Sombra do Sonho de Clarice

O longa-metragem convidado para ser exibido no Lanterna Mágica no dia 21 de março foi O Sonho de Clarice, de Fernando Gutierrez e Guto...
-+=