‘Os negros já não se calam mais’

Segundo a ministra Luiza Bairros, é sabido que a população já reconhece a existência do racismo. “Hoje, uma parcela muito grande da população repudia completamente os crimes de racismo. As pessoas negras também não aceitam mais serem discriminadas e ficarem caladas, pessoas que se valem, inclusive, da existência de uma legislação antirracista bastante significativa que temos no país e que muitas instituições ainda se recusam a aceitar este novo Brasil que clama por igualdade, que clama para que o racismo seja criminalizado”, disse Luiza Bairros, chamando a responsabilidade do sistema de justiça para valer os direitos da pessoa negra.

O presidente em exercício do TJ/AL, desembargador Tutmés Airan, reconheceu que o Estado precisa de um curso que atualize e avalie o direito dos negros. “É preciso reconhecer que o racismo existe, consciente ou inconscientemente. E que ficou na sociedade em razão da prática da escravidão. A escravidão, nós vencemos, mas o preconceito e a discriminação, não. Precisamos evoluir”, disse o desembargador.

Fonte: Gazeta de Alagoas 

+ sobre o tema

Eventos promovem feminismo negro com rodas de samba e de conversa

"Empoderadas do Samba" ocupa espaço ainda prioritariamente masculino e...

Dandara: ficção ou realidade?

Vira e mexe, reacende a polêmica sobre a existência...

Michelle Obama está farta de ser chamada “mulher revoltada de raça negra”

“Uma mulher revoltada de raça negra”. Michelle Obama está...

A banalização da vida diante da cultura do abandono e da morte

O ano de 2017 expondo as vísceras da cultura...

para lembrar

Mortalidade materna de mulheres negras é o dobro da de brancas, mostra estudo da Saúde

Assim como outros indicadores de saúde, a mortalidade materna é...

Racismo institucional e ensino da cultura africana são debatidos entre governo e movimento negro

 A presidenta Dilma Rousseff recebeu nesta sexta-feira (19),...

Comissão do Senado aprova cotas para negros em concursos

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=