Por cerca de 300 dólares é possível saber de qual país da África você veio

Um banco de DNA com 30 mil amostras de etnias africanas. A empresa americana African Ancestry tem suas ações voltadas às pessoas do mundo inteiro que queiram saber mais sobre sua ancestralidade.  Ela torna possível algo que parecia ser distante para milhões de descendentes de escravos espalhados pelo mundo: saber qual sua origem dos seus antepassados.

Por Silvia Nascimento Do Mundo Negro

O documentário “Brasil DNA África” mostra a história de cinco brasileiros que usaram os serviços do African Ancestry para descobrir de qual parte do continente africano vieram seus descendentes. Depois de revelada a origem, eles foram ao país dos seus ancestrais ter um contato direto com sua cultura.

Negros brasileiros podem saber mais sobre sua origem

No Brasil estima-se que cerca de 5 milhões de africanos foram trazidos para serem escravizados. 2 milhões só no estado do Rio de Janeiro. O país foi o último do mundo a abolir a escravidão, o que explica o fato da maioria dos brasileiros ser negro ou pardo.

Quem quiser e puder pagar 300 dólares, obterá em casa, em até 2 meses, o resultado do exame de DNA do African Ancestry que mostra qual o país de origem do antepassado do cliente que terá que escolher, antes de enviar as amostras, se quer saber a resposta do lado materno ou paterno.

O processo consiste em comprar o kit para coleta de material para estudo, que chega por volta de 10 dias e reenviar para o laboratório que fica em Washington DC. A previsão do envio do resultado é de 60 dias.

Mais sobre

Documentário Brasil DNA África
O filme está sendo exibido no espaço Itaú de cinema nas cidades de São Paulo, Salvador e Rio de Janeiro. Em breve também será exibido pela Globonews.

African Ancentry
http://www.africanancestry.com/home/

Dados sobre escravidão no Brasil
http://slavevoyages.org/

+ sobre o tema

Polícia dispersa protesto contra a Vale em Moçambique

Policiais dispersaram nesta quarta-feira um protesto de moradores...

Novos rumos na África

Presa na herança estrutural terrível do passado, fragmentada por...

Argélia anula dívida de 12 países africanos

A medida do governo argelino beneficia o Benin,...

para lembrar

Igreja evangélica nos Estados Unidos cultua deusa pagã Ísis

Uma igreja luterana da Califórnia está sendo duramente...

Africanos e europeus apresentam suas experiências com centros dedicados a pesquisas sobre a África

  As experiências de Gana, Moçambique, Guiné Bissau, Inglaterra, Portugal...
spot_imgspot_img

Um Silva do Brasil e das Áfricas: Alberto da Costa e Silva

Durante muito tempo o continente africano foi visto como um vasto território sem história, aquela com H maiúsculo. Ninguém menos do que Hegel afirmou, ainda no...

Artista afro-cubana recria arte Renascentista com negros como figuras principais

Consideremos as famosas pinturas “A Criação de Adão” de Michelangelo, “O Nascimento de Vênus” de Sandro Botticelli ou “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci. Quando...

Exame de DNA inocenta americano quase 50 anos após acusação de estupro

Um americano de 72 anos, que ficou sete anos preso por um estupro que não cometeu, foi inocentado quase cinco décadas depois graças a...
-+=