Posicionamento do Projeto SETA sobre o episódio de racismo vivido em sala de aula por professora no Distrito Federal

Enviado por / FonteProjeto SETA

Após tomar ciência de mais um episódio de violência racial, dessa vez vivido por uma professora do Centro de Ensino Médio (CEM) 09, Ceilândia/DF, o Projeto SETA – Sistema de Educação por uma Transformação Antirracista reforça a urgência do enfrentamento do racismo estrutural através de um ecossistema escolar verdadeiramente antirracista.

O caso em que o aluno, dentro de sala de aula, dá uma palha de aço a professora negra, não é isolado. Violências raciais são persistentes nas escolas, e demonstram que um ambiente escolar que não adota o ensino e práticas antirracistas está suscetível as constantes violências entre alunos, professores e demais integrantes da comunidade educacional.

O projeto SETA se solidariza com a professora agredida em seu ambiente de trabalho, e esperamos que o caso seja conduzido e apurado com a seriedade necessária pelos responsáveis. O fato de ter ocorrido no Dia da Mulher reforça o atravessamento também misógino que precisa ser combatido na mesma proporção.

Por fim, destacamos que no ano em que se celebra os 20 anos da lei 10.639, que estabelece a obrigatoriedade do ensino da história e cultura afro-brasileira nos ensinos fundamental e médio, fica claro que muito ainda precisa ser feito para sua efetiva implementação. O SETA acredita que a educação é sobre a formação de indivíduos e também sobre a construção de uma nação.

Sobre o SETA

O Projeto Seta é uma aliança inovadora, com sete organizações das sociedades civil nacional e internacional: ActionAid, Ação Educativa, Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Coordenação Nacional de Articulação de Quilombos (CONAQ), Geledés – Instituto da Mulher Negra, Makira-E’ta e a Uneafro Brasil. Fundado em 2021, o objetivo central é transformar a rede pública escolar brasileira em um ecossistema de qualidade social antirracista. O projeto foi selecionado pela Fundação W. K. Kellog no Desafio de Equidade Racial 2030, sendo o único brasileiro e latino-americano entre os cinco premiados.

+ sobre o tema

Miss é eliminada por ser mãe. Em que ano estamos?

Elas precisam ser lindas, altas e magras. Além disso,...

MinC seleciona projetos de hip-hop inscritos no Prêmio Cultura Viva

A Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério...

Perfeição do racismo brasileiro transforma algoz em vítima

O racismo é um crime perfeito. É com essa frase...

para lembrar

Nem tudo era italiano …

Este brilhante trabalho foi apresentado originalmente em 1995 como...

Além de odiar as mulheres, atirador de Santa Bárbara era racista, diz jornal americano

"Como pode garoto negro conquistar uma menina e não...

Coisas que uma sociedade racista faz por você

Você, um belo dia, está na faculdade e vem...

Denúncias de racismo na internet crescem 81% em 2014, aponta levantamento de ONG

Aumento foi observado na comparação entre os primeiros semestres...
spot_imgspot_img

Perfeição do racismo brasileiro transforma algoz em vítima

O racismo é um crime perfeito. É com essa frase que o antropólogo Kabanguele Munanga, uma das maiores autoridades do Brasil em estudos raciais, define...

Jornalista é vítima de injúria racial dentro de supermercado da Baixada Fluminense

O colunista Daniel Nascimento, do jornal O Dia, foi vítima de injúria racial em um supermercado de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na última...

Após vítima de agressão ser detida, motoboys fazem ato contra o racismo no RS

Após um homem negro ser ferido com uma faca e preso por policiais, o Sindicato dos Motoboys de Porto Alegre, no Rio Grande do...
-+=