Prefeitura do Rio lança programa contra assédio em transportes públicos

Enviado por / FonteUniversa

A Prefeitura do Rio de Janeiro lançou hoje o Programa Permanente de Prevenção e Enfrentamento ao Assédio no Transporte Público. A partir de agora, denúncias poderão ser feitas em diferentes canais.

Com este serviço, vítimas de assédio em transportes públicos poderão notificar a Prefeitura sobre o ocorrido, e a denúncia será encaminhada à Secretaria de Políticas e Promoção da Mulher.

Esse serviço estará disponível por telefone, portal, whatsApp e facebook Messenger. Veja os canais de atendimento:

  • Telefone: 1746
  • Portal: https://www.1746.rio/
  • WhatsApp: chatbot pelo telefone (21) 3460-1746. Basta salvar este número e enviar uma mensagem.
  • Facebook Messenger: chatbot pelo Facebook.com/Central1746. É necessário acessar a página do 1746 na rede social e clicar no botão “Enviar mensagem”.

A identificação não é obrigatória, mas para abrir o chamado é necessário informar os seguintes dados: dia e horário do assédio sexual, local, meio de transporte, idade, raça, gênero, orientação sexual e se possui alguma deficiência.

O Programa disponibilizará informações sobre assédio nos transportes e endereços de Delegacias de Polícia Civil e Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAM), separadas por região.

A partir dos dados coletados com os registros, a SMTR (Secretaria Municipal de Transportes) promete realizar fiscalizações melhores e, junto à SPM-Rio, formular políticas mais eficazes no enfrentamento ao assédio sexual nos transportes.

Outras iniciativas também estão previstas para coibir o assédio nos transportes, como a formação de agentes, campanhas de comunicação e conscientização, além do aprimoramento do serviço de notificação contra o assédio no transporte público, com novas funcionalidades ainda em fase de desenvolvimento.

 

Fonte: Universa

+ sobre o tema

Eu Empregada Doméstica Preta Rara – TEDxSaoPaulo

Joyce, a Preta Rara, fala do que aprendeu com...

Dia Internacional da Mulher: a luta continua

No dia 8 de março de 1857, em uma fábrica...

Jovem estuprado diz que sofre com comentários após denúncia: ‘Só eu sei minha dor’

Há um mês, quando sofreu um ataque homofóbico perto...

Biblioteca em NY homenageia mulheres brasileiras

A próxima Quarta Literária prestará tributo às mulheres extraordinárias...

para lembrar

Vivendo de Amor

O amor cura. Nossa recuperação está no ato e...

Maria Montessori: médica italiana fascinada pela educação

Das aulas de pedagogia do curso normal, antigo curso...

Mirians e Thamiris – o massacre de mulheres negras e a lei de araque

“No Brasil, o racista pode se lambuzar em piadas...

Como a Igreja arruinou a vida sexual das Américas com pecado, culpa e preconceito

“Não existe pecado do lado de baixo do Equador”,...
spot_imgspot_img

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Novas pesquisas mostram que meninas nos EUA estão tendo sua primeira menstruação mais cedo. A exposição ao ar tóxico é parcialmente responsável. Há várias décadas, cientistas ao redor do...

Leci Brandão recebe justa homenagem

A deputada estadual pelo PC do B, cantora e compositora Leci Brandão recebe nesta quarta (5) o Colar de Honra ao Mérito Legislativo do...
-+=