Guest Post »
Professora escreve carta sobre o cabelo de aluna nos Estados Unidos

Professora escreve carta sobre o cabelo de aluna nos Estados Unidos

Uma professora da escola Raggedy Anne Learning Center, em Chicago, nos Estados Unidos, escreveu a pior carta possível para a mãe de uma de suas alunas. As palavras da professora são cheias de racismo disfarçado de “preocupação”.

DO 

Tionna Norris, mãe da jovem, ficou perplexa a ler a carta que falava sobre o cabelo natural de sua filha Amia. A professora pedia que a mãe da aluna usasse “menos óleo de coco” no cabelo da menina para prevenir que os outros alunos tirassem sarro dela sobre o quanto o cabelo dela fedia.

A carta diz: “querida Tionna, eu entendo a necessidade do óleo de coco no cabelo de Amia, mas por favor não use muita quantidade. As outras crianças estão reclamando que o cabelo dela ‘fede’. Se você precisa aplicar o óleo diariamente, por favor, aplique menos, porque as crianças parem de tirar sarro dela. Obrigada por entender. Carol”.

Após Tionna mandar uma resposta para o administrador da escola, ela foi notificada que nunca houve qualquer tipo de bullying contra sua filha por parte das crianças da sala de aula dela. A mãe de Amia acredita que a carta foi fruto do preconceito da própria professora, já que a filha é a única aluna negra daquela sala.

Em resposta à professora, Tionna Norris escreveu: “fico muito triste por receber essa carta. Minha filha é uma linda princesa negra. O cabelo dela desafia a gravidade e sua pele absorve o sol. Digo tudo isso todos os dias para que ela entenda porque sua pele é ‘mais escura’ que a de todo mundo e porque o cabelo dela não é ‘liso como o de todos os outros’”.

14724502_904192113047095_6862742640154247105_n

“É triste saber que ela não é apreciada pelas outras crianças. Só para que você saiba, o uso de óleo de coco não é usado no cabelo de Amia para esse propósito. Uso shampoo de bebê, espero secar no tempo certo e só passo um pouco de óleo de coco para dar um brilho. Aplico nas mãos. Por isso, sei que não é muito. Eu também uso óleo de coco como creme corporal, porque sei que é um bom ingrediente e não uma boa fragrância, até porque não tem cheiro”, afirmou. Para terminar, ela ainda manda um recado: “eu compraria óleo de coco para você. Faz mágicas para a pele e não tem cheiro, só dá brilho”.

A mãe contou que Carol se desculpou por tudo o que aconteceu. “Todos nós sabemos que ela não teria se dado ao trabalho se o post não tivesse viralizado. Ela não liga nem um pouco sobre como nos sentimos. Só liga para sua reputação e seu trabalho”, afirmou em um post no Facebook.

Tionna retirou a filha da escola e disse que está trabalhando em educar uma criança cheia se autoestima e autoconfiança. Continuem arrasando, Tionna e Amia!

Escreva um comentário e participe!

Related posts