Projeto de assistência psicológica a mulheres negras pede doações

A Associação de Mulheres de Ação e Reação (A.M.A.R) pede colaboração financeira para continuar a prestar tratamento psicológico a mulheres negras. As doações podem ser feitas até o dia 12 de Fevereiro.

Texto e Edição de Imagem: Pedro Borges, do Alma Preta 

Foto: Divulgação

A campanha, idealizada por Thiago da Silva, estudante de Ciências Sociais da UFRJ, pelo Coletivo Negro Carolina de Jesus, e pela AMAR, tem o objetivo de arcar com os custos do local de atendimento do projeto Psicopretas, que envolve tratamento psicológico de mulheres negras através de terapias holísticas, pelo preço que as pacientes podem pagar.

Thiago enfatiza a importância de sustentar projetos como esse, por conta da sistemática violação da saúde da população negra. “Saúde é questão de sobrevivência. Para lutar por viver, é necessário sobreviver. É emergencial: precisamos ter nossa saúde cuidada. E projetos como o Psicopretas preocupam-se em cuidar da nossa saúde”.

O espaço de atendimento da AMAR, local do Projeto Psicopretas, fica na Avenida Presidente Vargas, 1147, Sala 407, no Centro. O espaço funciona de segunda a sexta, das 09:00 às 17:00.

+ sobre o tema

Campanha marca Dia Mundial de Conscientização dos Transtornos Alimentares

Criadores de conteúdo e especialistas de saúde brasileiros unem-se...

13 De Maio: Festival pretas potências revela inventividade negra apagada da História oficial 

Criatividade e resistência negra ganham visibilidade em festival gratuito...

Conceição Evaristo, a intelectual do ano

Quando Conceição Evaristo me vem à memória fico feliz,...

Papanicolau não precisa ser feito todo ano; saiba mais sobre o exame

O papanicolau é o exame utilizado para avaliar precocemente alterações pré-malignas...

para lembrar

Mortes por coronavírus crescem quase 150% em uma semana, na Paraíba

Casos confirmados aumentaram 120% no mesmo período. João Pessoa...

Oprah Winfrey faz justiça para Henrietta Lacks

HBO estreia filme que presta homenagem à mulher que...

Caneladas do Vitão: Uma vez Anielle, sempre Marielle 2

Brasil, meu nego, deixa eu te contar, a história...

Projetos de lei querem impedir que marido tenha que consentir em colocação de DIU

Deputados federais e estaduais propuseram projetos de lei para proibir...
spot_imgspot_img

Ela me largou

Dia de feira. Feita a pesquisa simbólica de preços, compraria nas bancas costumeiras. Escolhi as raríssimas que tinham mulheres negras trabalhando, depois as de...

Seminário promove debate sobre questões estruturais da população de rua em São Paulo, como moradia, trabalho e saúde

A Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos D. Paulo Evaristo Arns – Comissão Arns...

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações. Filósofa e ativista do movimento negro — tendo cofundado o Geledés – Instituto da Mulher Negra,...
-+=