Quando entro numa escola, tenho a sensação momentânea de ser uma “celebridade” !!!!

Quando entro numa escola, tenho a sensação momentânea de ser “celebridade”. Pode ser como professora de sociologia, professora substituta ou como visitante para dar alguma oficina/palestra/roda de conversa – o primeiro dia é sempre uma “festa”. As reações dos alunos são as mais diversas possíveis: expressões faciais de susto, estranhamento, admiração, curiosidade, um colega cutucando o outro, uns cochichando, outros correndo para chamar os outros “pra ver”, correm pra porta da sala, dão uma espiadinha na sala de professores, os menos tímidos me fazem pequenos interrogatórios e o assunto claro, além da minha idade (porque me acham muito nova) sempre chega no cabelo. Os comentários que chegam diretamente a mim são elogios: “muito linda!”, “pô que massa”, “mó estilo”, “como é que você faz?”, “adorei seu cabelo!”, “queria deixar o meu assim”, “maneiro” etc. Os cochichos entre eles só Deus pra saber hahaha.

Enviado por Eliane Quintiliano via Guest Post para o Portal Geledés

Eu acho antes de tudo muito interessante esse incomodo (tanto positivo quanto negativo) que causo nas pessoas ao deixar meu cabelo natural, mas a escola tem sempre um ‘ar’ especial. Hoje aconteceu uma situação muito engraçada, na escola onde fui participar de uma roda de conversa, certo momento estava caminhando sozinha pelo corredor em direção ao auditório, os alunos estavam em horário de aula. Apareceram dois meninos que provavelmente voltavam do banheiro, levaram um susto (literalmente) quando me viram e um deles apontou e falou rindo:

– Credo!Olha o cabelo da mulher véi! – O outro riu junto. Os dois meninos PARDOS de mais ou menos uns 11 anos, cabelo raspado máquina 2.

O primeiro entrou na sala. O segundo no entanto foi me seguindo, desviando quando eu olhava pra trás para “não ser visto”. De repente ele pega no meu cabelo, me pegando de surpresa e repreendi o menino falando pra ele parar e que se quisesse tocar, deveria pedir autorização.

– Credo! Por que seu cabelo é assim??!! – em tom de reprovação.
– Por que eu sou negra, ele é crespo. Se o seu cabelo crescer ele também vai ficar assim igual ao meu! (Falei isso porque além de pardo e feições negras, era possível ver um pouco da espessura e estrutura do fio de cabelo embora raspado. -sou quase especialista nisso rs)

Ele olhou com olho arregalado pra mim falou “até parece” e saiu correndo. Que cena cômica ( e triste ao mesmo tempo) cheguei em casa rindo contando o caso pra minha irmã e meus pais e fiquei mais pensativa ainda sobre como as pessoas realmente desconhecem as características do próprio corpo, a estrutura do cabelo crespo é estranha pra muita gente, até mesmo pra quem o tem!
O crespo deveria ser um “cabelo comum” já que pretos e pardos são mais da metade da população no entanto, nos ensinam a odiá-lo.O que é uma pena.

Quanto ao menino, espero que eu tenha ajudado a ficha dele cair de que mesmo raspado o cabelo dele é crespo e que tenha sido válida a experiência de ter tocado no meu blackPOWER macio e la-cra-dor hahaha.

** Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do PORTAL GELEDÉS e não representa ideias ou opiniões do veículo. Portal Geledés oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

+ sobre o tema

Qual a nota de corte para cursos no Sisu, Prouni e Fies no Enem?

Uma das grandes dúvidas dos participantes do Enem2016 é...

Empoderamento: Serve para quem?

O conceito de empoderamento, aparece pela primeira vez nos...

Computadores Para Mulheres Negras

Empreendedora lança projeto para dar condições de aprendizado a...

Curso: O que é Geração Tombamento?

A estética e a política do movimento são tema...

para lembrar

Explicando o uso do termo ‘bastante’ e do verbo ‘haver’ no sentido de ‘existir’

Professora de português do Colégio GGE, Ana Queiroz, exemplifica...

Mulheres Finíssimas: Amanda Balbino fala das vivências de uma modelo negra

A carreira de modelo é uma trajetória constantemente mal...

2013 já deu as caras: há desejos e sonhos pessoais e políticos

DE CERTEZA TEREI MAIS TEMPO PARA FICAR DE OLHO...

MEC abre sistema de renovação do Fies na próxima semana

Dessa vez, já no início de janeiro, as instituições...
spot_imgspot_img

Ser menina na escola: estamos atentos às violências de gênero?

Apesar de toda a luta feminista, leis de proteção às mulheres, divulgação de livros, sites, materiais sobre a valorização do feminino, ainda há muito...

Como a educação antirracista contribui para o entendimento do que é Racismo Ambiental

Nas duas cidades mais populosas do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo, o primeiro mês do ano ficou marcado pelas tragédias causadas pelas...

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...
-+=