Quartas de final terá combate ao racismo

Capitães lerão mensagens da Fifa contra a discriminação antes do início das partidas

Por:Marcos Paulo Lima

A campanha foi apresentada nesta quinta-feira, no Maracanã, pelo chefe da força-tarefa contra o racismo, Jeffrey Webb

Rio de Janeiro – Pela quarta Copa do Mundo consecutiva, as quartas de final serão usadas pela Fifa para uma campanha contra a discriminação. Antes das partidas, os capitães de cada uma das oito seleções lerão ao microfone textos da ação “Say no to racism” (Diga não ao racismo).

A campanha foi apresentada nesta quinta-feira, no Maracanã, pelo chefe da força-tarefa contra o racismo, Jeffrey Webb, e o pelo presidente do Comitê Disciplinar da Fifa, Claudio Sulcer. “A propósito, eu quero aqui elogiar o Daniel Alves pela atitude tomada no Campeonato Espanhol quando uma banana foi atirada em direção a ele. A reação dele foi uma das mais incríveis e inteligentes que eu já vi”, disse Sulcer.

Convidado para o evento, o capitão da Seleção Brasileira na conquista do penta, em 2002, pediu publicamente à Fifa um castigo exemplar contra a discriminação. “Isso é uma questão de berço, de educação, e nós precisamos apresentar punições mais severas contra os coros racistas ou qualquer ato discriminatório”, cobrou.

Ex-atacante do Manchester United e da seleção de Trinidad e Tobago. Dwight Yorke acrescentou. “Estamos tentando erradicar isso das nossas sociedades e o futebol é um esporte que pode ser usado para dar esse recado claro. Como jogadores, nós temos de dar esse aviso para evitar que isso aconteça em qualquer setor da sociedade”, disse.

Fonte:Super Esportes

 

+ sobre o tema

Escravidão pode custar R$ 6,2 bi à Igreja Anglicana

O órgão supervisor independente Oversight Group aconselha a Igreja...

França se torna primeiro país do mundo a proteger aborto na Constituição

A França se tornou nesta segunda-feira (4) o primeiro país do...

Por que as altas desigualdades persistem?

Com o fim da escravidão, nutria-se a esperança de que...

para lembrar

Técnicos negros sofrem para quebrar preconceito e ganhar espaço no futebol

Desde que saiu do Flamengo campeão em 2009, Andrade...

Independiente cria cartilha para que torcedores não cometam racismo no Brasil

Santistas registraram manifestações do tipo no jogo realizado na...
spot_imgspot_img

Fundo Brasil seleciona projetos de combate ao racismo no país

O Fundo Brasil de Direitos Humanos vai doar R$ 1,25 milhão para 25 organizações que atuam no combate ao racismo em todo o país. A...

Seleção brasileira recebe prêmio Fair Play da Fifa por luta contra o racismo após ataques a Vinicius Jr.

O prêmio fair play no Fifa The Best vai para o Brasil. A seleção brasileira masculina profissional recebeu a honraria por conta de sua campanha contra...

Racismo contra Rodrygo: MP abre investigação após relatório apontar perfis

Um relatório realizado pelo grupo Observatório da Discriminação Racial no Futebol, em parceria com Rodrygo, identificou 107 perfis que cometeram racismo contra o atacante...
-+=