‘Rata da barriga preta’ Juliana Alves sofre novo ataque racista e toma atitude dura

A atriz Juliana Alves foi vítima de outro ataque racista nesta quarta-feira, 31. O assunto ganhou grande destaque nas redes sociais. A profissional da dramaturgia sofreu ofensas criminosas depois que publicou uma fotografia em que aparece exibindo uma blusa, na qual diversos nomes de mulheres influentes e famosas estavam escritos. A publicação foi elogiada pela maioria dos seguidores da atriz, mas um “engraçadinho” decidiu insultar a moça, que ficou conhecida em todo o Brasil por conta do reality show ‘Big Brother Brasil’.

no Blasting News

juliana-alves-sofre-racismo-nas-redes-sociais_848647

O seguidor não gostou de nada que Alves publicou. Irritado, ele partiu para as ofensas pessoais e exagerou, já que a constituição federal estabelece que ofensas contra a cor da pele ou origem da pessoa configuram o #Crime de racismo. “Por que nas últimas imagens do Insta você não deu opção de opinião, cabelo de vassoura? Você também tá mamando na teta do PT? Estrume, rata da barriga preta”, publicou o seguidor, que acusou a profissional da dramaturgia de receber algum benefício do governo deposto nesta quarta, cuja figura máxima era a da ex-presidente Dilma Rousseff.

jualves

O internauta que fez as ameaças contra a atriz foi identificado pelo jornal carioca Extra como Rogerio Marcio Oliveira. A atriz não leu calada a mensagem racista e decidiu se pronunciar. Ele acabou revelando qual era o perfil de Rogerio e mobilizou os seguidores no Instagram para que o denunciassem. Ela pediu para que os seguidores clicassem na opção “comentário inadequado”. Geralmente, um grande número de denúncias faz os perfis em redes sociais serem suspensos.

Ao Extra, a assessoria da atriz disse que ela irá denunciar o autor das mensagens. Uma finte ligada à jovem famosa disse que ela deve ir ainda nesta quinta-feira, 1, à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, a DRCI, no Rio de Janeiro. Juliana não é a única famosa que foi vítima de ataques por conta da cor da sua pele. Nos últimos meses, nomes como Thais Araújo, Sheron Menezes e de Maria Julia Coutinho sofreram ações parecidas.

+ sobre o tema

Iza faz show em live para anunciar gravidez: ‘Parece que o mundo já mudou de cor’

A cantora Iza está grávida de seu primeiro filho....

Foi a mobilização intensa da sociedade que manteve Brazão na prisão

Poucos episódios escancararam tanto a política fluminense quanto a...

Selo Sesc lança Relicário: Dona Ivone Lara (ao vivo no Sesc 1999)

No quinto lançamento de Relicário, projeto que resgata áudios...

para lembrar

Mortalidade materna de mulheres negras é o dobro da de brancas, mostra estudo da Saúde

Assim como outros indicadores de saúde, a mortalidade materna é...

Bloco retira confiança a candidatura em Elvas

Acusações de racismo em blogue, entretanto removido, valeram...

Presidenta Dilma Rousseff recebe lideranças do Movimento Negro

Educação, saúde, democratização da comunicação e enfrentamento à violência...
spot_imgspot_img

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações. Filósofa e ativista do movimento negro — tendo cofundado o Geledés – Instituto da Mulher Negra,...

Comida mofada e banana de presente: diretora de escola denuncia caso de racismo após colegas pedirem saída dela sem justificativa em MG

Gladys Roberta Silva Evangelista alega ter sido vítima de racismo na escola municipal onde atua como diretora, em Uberaba. Segundo a servidora, ela está...

Uma mulher negra pode desistir?

Quando recebi o convite para escrever esta coluna em alusão ao Dia Internacional da Mulher, me veio à mente a série de reportagens "Eu Desisto",...
-+=