Relembrando Palmares: do quilombo histórico à memória do povo negro

Com muita alegria, anunciamos a abertura de quarta sala da Exposição “20 de Novembro – Dia Nacional da Consciência Negra” no Google Arts & Culture!

Esta sala é especialmente dedicada às experiências de rememoração do Quilombo de Palmares estabelecidas pelo povo negro entre o século XIX e a primeira metade do século XX. Para isso, criamos uma proposta de imaginação histórica a partir das ilustrações de Marcelo D’Salete, de fotografias do acervo do Museu Theo Brandão e de coleções particulares, bem como de jornais da imprensa negra. As aproximações com as histórias sobre Palmares são também embaladas pelas chamadas da Rádio Palmarina, uma novidade deste painel! Acompanhado de faixas do álbum “Malungos”, do trompetista Allan Abadia, o poeta Carlos de Assumpção revisita suas memórias a partir de seus poemas nos quais incorpora as imagens do quilombo e sua gente guerreira. Isso incluiu até mesmo o reencontro com o poema “Diálogo do Passado e Presente”, de 1948, que ele mesmo havia perdido! Ouça o trecho e corre lá para visitar a sala completa e outras partes da exposição!

O material pode ser acessado em português e inglês e é mais um resultado da parceria entre a Rede de HistoriadorXs NegrXs, o Geledés e o Acervo Cultne!

Ao longo de todo 2021, muitas outras “Nossas Histórias” sobre vidas, lutas e saberes da gente negra serão contadas em salas de exposições virtuais!

 

Leia Também: 

1960-1970: Grupo Palmares de Porto Alegre e a afirmação do Dia da Consciência Negra

1990-2000: Palmares revive em Brasília

1970-1980: Nacionalização do Dia da Consciência Negra no Brasil

 

 

+ sobre o tema

O vírus chegou mas a água do morro ainda NÃO

Os desafios que as comunidades periféricas vêm passando nos...

Precisamos conversar sobre a ignorância

Começamos este texto prestando reverência e respeito às famílias...

Sambas, quintais e Arranha-Céus: as micro-áfricas em São Paulo

O livro “Sambas, quintais e Arranha-Céus: as micro-áfricas em...

Retrospectiva 2021 da coluna NOSSAS HISTÓRIAS – Aqui a gente conta!

Vamos começar este novo ano lembrando do que fomos...

para lembrar

Não seja tão dura com você! Um texto de amor em tempos tão difíceis

Nós não estamos vivendo tempos fáceis e normais e,...

Uma reflexão sobre empregadas domésticas na pandemia

A medida mais eficaz contra o Covid-19 é ficar...

Precisamos conversar sobre a ignorância

Começamos este texto prestando reverência e respeito às famílias...

Queria tanto ser amada…

Cresci ouvindo aqui e ali que isso não é...

Sobre ilustrações e negros: a importância de ser representado

Passeando pela internet me deparei com este um instrucional, publicado pelo site do Instituto Geledés, sobre como ilustrar pessoas negras. por Ariane Couto Costa Enviado...

Nós, Negras e Negros somos livres?

Quando paro para pensar em todas as denúncias de racismo que acorreram nos últimos anos, e, a dimensão que as práticas racistas tomaram nas...

O racismo na política externa do governo militar

Durante o regime ditatorial vigente no Brasil entre 1964 e 1985, havia por parte dos militares uma grande preocupação com o que chamavam de...
-+=