Guest Post »

Roberto Osuna é suspenso por 75 jogos por violar política de violência doméstica

O comissário Rob Manfred anunciou, nesta sexta-feira, que o arremessador Roberto Osuna aceitou suspensão sem pagamento até 4 de agosto de 2018 por violar a Política de Violência Doméstica, Agressão Sexual e Abuso de Criança da liga. A decisão é retroativa ao dia 8 de maio, quando o reliever começou a cumprir gancho preventivo, e cobre um total de 75 jogos.

Por André Garda, do Quinto Quarto 

Foto: RICHARD LAUTENS / TORONTO STAR FILE PHOTO

O jogador do Toronto Blue Jays concordou em não apelar da decisão. Seguindo as premissas da política, Osuna irá participar de forma confidencial e compreensiva de avaliação e tratamento supervisionado por uma junta da MLB.

O arremessador de bullpen foi acusado de agredir uma mulher no dia 8 de maio e, logo em seguida, foi colocado em licença administrativa, o que gerou uma investigação da liga.

“Meu escritório completou a investigação em relação a alegação que Roberto Osuna violou a Política de Violência Doméstica, Agressão Sexual e Abuso de Criança da MLB no dia 8 de maio de 2018. Tendo revisto toda a evidência disponível, conclui que o Senhor Osuna violou a política e deveria estar sujeito a disciplina em forma de suspensão sem pagamento que irá expirar no dia 4 de agosto”, declarou Manfred em comunicado.

Em comunicado, a franquia canadense disse apoiar a decisão de suspender Osuna e que não fará comentários adicionais, alegando o lago legal envolvido no assunto. “Os Blue Jays apoiam a decisão do escritório do comissário de suspender Roberto Osuna. Enquanto isso segue como um caso legal, a equipe não irá fazer comentários adicionais neste momento”.

O jogador de 23 anos irá comparecer ao tribunal no dia 9 de julho e irá se declarar não culpado das acusações, segundo seu advogado.

Roberto Osuna estava com ERA de 2,93, nove saves e 13 strikeouts em 15 partidas e 15,1 entradas nesta temporada. Em sua carreira, o jogador mexicano tem ERA de 2,87 e 104 saves.

Artigos relacionados