Rosa Reis chega ao Rio para abalar a Lapa

A cantora maranhense Rosa Reis desembarca no Rio de Janeiro e inicia uma nova temporada musical na Lapa. Exposição fotográfica do livro Tambor de Crioula.


Inara Rodrigues

Uma carreira de 20 anos consolidada e reconhecida em palcos maranhenses, tendo como foco principal a valorização da cultura popular do Maranhão. Assim pode-se definir a trajetória musical da cantora Rosa Reis, que agora resolveu trilhar outros caminhos e mostrar seu trabalho fora do estado. O local escolhido para essa nova empreitada não poderia ser melhor: o Rio de Janeiro. 

Com o tema Tambores e Flores – Noite Maranhense, a cantora dividirá o palco com outros maranhenses que adotaram a cidade maravilhosa como nova moradia e espaço para mostrar o que de bom é produzido no Maranhão. E o pontapé inicial dessa nova fase da cantora começará nesta quinta-feira, dia 16, em um show na famosa Fundição Progresso, localizada no bairro boêmio da Lapa.

O público que comparecer à Fundição Progresso terá a oportunidade de ver o samba da maranhense Yeda Nascimento, Roda de Tambor de Crioula e a exposição fotográfica do livro Tambor de Crioula, de Gabriel Jauregui e Micaela Vermelho. Toda essa festa será no Espaço Atmosfera, grupo teatral que também acolheu alguns maranhenses, como a atriz Claudiana Cotrim, e que está localizado dentro da Fundição Progresso.

Rosa Reis conta que já teve chance de fazer uma carreira fora do estado. Vários amigos seus, como Zeca Baleiro, Rita Ribeiro e outros artistas com quem trabalhou, seguiram este caminho, mas ela optou por ficar no Maranhão, pois já tinha família estruturada e um trabalho reconhecido. Apesar de saber que quem opta por ficar em São Luís acaba ficando com seu trabalho bastante limitado, a cantora afirma que isso nunca a impediu de procurar outras frentes para ter seu talento reconhecido, já que participou de projetos paralelos com o qual viajou o país representando o Maranhão

 

+ sobre o tema

Morre Tereza Santos (1930 – 2012) Guerreira da Cultura Negra

Tereza Santos é uma mulher negra, nascida no Rio...

Beyoncé participará de show tributo a Michael Jackson

Beyoncé Knowles foi confirmada como uma das atrações...

Conflitos em alguns países africanos é um «retrocesso» no processo de democratização – PR

  O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, classificou em...

para lembrar

No orun: Aretha Franklin, rainha do soul, morre aos 76 anos

Aretha Franklin morreu aos 76 anos, informou o empresário...

Carta do Movimento Negro Unificado à Hebraica

Os que bateram palmas e riram na Hebraica, apoiaram...

Núcleo Ajeum estreia espetáculo de dança “PADÊ” com temporada no Sesc 24 de Maio

Núcleo Ajeum celebra a existência de corpos pretos a partir...
spot_imgspot_img

SP: mostra de cinema Léa Garcia – 90 Anos celebra obra da artista

A mostra inédita Léa Garcia - 90 anos, que começa neste sábado (25), celebra a obra da renomada artista do cinema nacional, que morreu em...

Brasileiro dirige único teatro negro da Alemanha

"Ainda tenho um milhão de coisas para fazer", diz Wagner Carvalho, diretor artístico do teatro Ballhaus Naunynstrasse em Berlim, poucas horas antes da estreia da noite. Wagner não...

Spcine marca presença no Festival de Cinema de Cannes 2024 com ações especiais

A Spcine participa Marché du Film, evento de mercado do Festival de Cinema de Cannes  2024 e um dos mais renomados e influentes da...
-+=