Guest Post »

Saúde da mulher negra recebe atenção especial no Outubro Rosa

Toda sexta-feira deste mês será de ações para as mulheres negras na cidade

Por: Camila Costa

As políticas nacionais e estaduais de atenção à saúde da população negra estão inseridas na programação do Outubro Rosa em Rio Grande. Aproveitando a oportunidade de divulgar e esclarecer informações importantes, toda sexta-feira deste mês será voltada à parcela de mulheres com mais mortalidade no país. Na semana que vem o câncer de mama será o assunto do dia.

Apesar da presença ainda tímida do público, na tarde desta sexta-feira (3) aconteceu a primeira das ações programadas para promover a saúde da mulher negra durante este mês. Na Geribanda, localizada no interior da praça Tamandaré, o assunto do dia na roda de conversa eram principalmente as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). A coordenadora do programa Saúde da População Negra em Rio Grande, Luana Giacomini, acredita que, por ser um dos primeiros dias de atividades do Outubro Rosa, o público ainda não está inteirado do que está sendo promovido. Apesar de o mês ser dedicado ao câncer de mama, ela e a enfermeira do programa Saúde da Mulher destacam que a visibilidade que o Outubro Rosa ganhou nos últimos anos é uma chance ideal para divulgar outros problemas importantes com os quais as mulheres devem ter atenção.

c88176deabf6c3481bd6c71c16d3070bApesar da presença ainda tímida do público, na tarde desta sexta-feira (3) aconteceu a primeira das ações programadas para promover a saúde da mulher negra durante este mês (Foto: Marcus Maciel – DP)

Luana salientou que atualmente o país não possui dados muito concretos a respeito da saúde da população negra, mas que a política nacional vem ajudando a mudar esse quadro. “Queremos tratar todos iguais, mas foi percebido que isso não é efetivo na saúde”, explicou. Segundo ela, as mulheres negras precisam estar atentas a diabetes e hipertensão, já que a segunda é uma das doenças que mais atingem essa parcela da população. Luana e Vanessa reforçam que, apesar de ser voltado à mulher negra, o espaço das sextas-feiras está aberto a todas as mulheres.

Na próxima semana o assunto na roda de conversa da Geribanda será o câncer de mama, debatendo sobre a prevenção, os exames e tratamentos da doença que motivou a criação do Outubro Rosa. A atividade inicia a partir das 14h.

Fonte: Diário Popular

Related posts