Seppir e Mp de Minas Gerais firmam parceria pela promoção da igualdade racial

Assinatura de cooperação será nesta segunda (03/06), na sede do Ministério Público em Belo Horizonte, e é parte de extensa agenda da ministra Luiza Bairros (Igualdade Racial) na capital mineira. Programação inclui reuniões com o movimento negro local, com o vice-governador de Minas, Alberto Pinto Coelho, e com o prefeito de BH, Márcio Araújo de Lacerda.

A Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR-PR) e o Ministério Público de Minas Gerais firmam um Termo de Cooperação Técnica nesta segunda-feira (03/06), às 14h, visando à implementação de ações que assegurem a adesão do MPMG à campanha Igualdade Racial é pra Valer. A parceria foca especialmente a implantação das Coordenadorias e dos Conselhos Municipais de Promoção da Igualdade Racial nos municípios mineiros com mais de 100 mil habitantes.

Destinado ao fortalecimento das políticas públicas voltadas para a promoção da igualdade racial em Minas, o termo inclui a interveniência do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que disponibilizará indicadores sociais e orçamentários resultantes de seus estudos. A cooperação será assinada pela ministra Luiza Bairros e pelo procurador-Geral de Justiça, Carlos André Mariani Bittencourt, respectivos titulares das instituições. A cerimônia começará às 14h do dia 03 de junho, na sede do Ministério Público, que fica na Avenida Álvares Cabral, 1690, Santo Agostinho, Belo Horizonte -MG.

Pela cooperação, cabe ao MPMG articular e propor ações no sentido de aumentar o nível de conscientização da sociedade sobre a temática, atuando, assim, no combate à discriminação étnico-racial; atuar no sentido de fomentar a realização de políticas públicas que contribuam para a inclusão sócioeconômica de grupos e pessoas vítimas de discriminação racial, conforme as deliberações dos conselhos e os indicadores sociais e orçamentários obtidos nos estudos elaborados pelo Ipea.

Agenda – Na capital mineira a ministra participa também do Ciclo de Debates Perspectivas e desafios para a promoção da igualdade étnico-racial no Brasil, promovido pelo MPMG após a assinatura do Termo de Cooperação. A atividade acontece no auditório Procuradora de Justiça Simone Montez Pinto Monteiro, localizado na Avenida Álvares Cabral, 1690, 1° andar, Santo Agostinho, Belo Horizonte.

Pela manhã, às 11h, a ministra Luiza Bairros terá audiência com o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Araújo de Lacerda. Às 18h30, na sede do MPMG, a titular da SEPPIR se reúne com o movimento negro para tratar de demandas locais do segmento e da III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, que acontece de 5 a 7 de novembro, em Brasília.

Na terça-feira (04/06), a ministra tem audiência com o vice-governador do estado, Alberto Pinto Coelho, às 11h30; com o reitor da Universidade Federal de Minas Gerais, professor Clélio Campolina Diniz, às 14h30; e com a secretária estadual de Educação, Ana Lúcia Gazola, às 16h. Fechando a agenda, às 17h, um diálogo com parlamentares mineiros.

 

Fonte: Seppir

+ sobre o tema

Ângela Guimarães, coordenadora do Plano Juventude Viva

O Plano Juventude Viva possui agora uma nova coordenadora:...

Sutiã com bojo, adultização da infância e por que nada muda

Esses dias recebemos uma imagem de um catálogo de...

para lembrar

Oito teses sobre a Revolução Feminista

A quinze dias do 8 de Março, uma proponente...

Em repúdio ao racismo, feministas farão ato neste sábado em SP

Feministas realizarão, neste sábado (23), um ato contra o...

Mulheres Negras em luta lançam Manifesto

Do Site da Uneafro-Brasil com fotos de João Novaes No Negro...

8 de março: Rosas, direitos e poder

Hoje, 8 de março de 2010, comemoramos o centenário...
spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=