domingo, julho 3, 2022
InícioQuestões de GêneroMulher NegraSerena estrela campanha que defende mulheres contra abuso financeiro de companheiros

Serena estrela campanha que defende mulheres contra abuso financeiro de companheiros

Mais uma vez, ex-número 1 do tênis se posiciona em favor das mulheres: “É mais uma razão para levantar minha voz”

Do Globo

Foto: Geoff Burke / Reuters

Ao longo dos últimos anos, Serena Williams tem sido porta-voz de diversas causas femininas. Em setembro, criticou duramente o sexismo após polêmica na final do US Open envolvendo o árbitro Carlos Ramos. Desta vez, a tenista estrela uma campanha contra o abuso financeiro doméstico.

A campanha da Allstate Foundation Purple Purse lembra que a violência doméstica não se restringe a danos físicos, mas também aos atos psicológicos, como o abuso financeiro. No caso, mulheres têm o acesso restrito ao dinheiro pelo parceiro, chegando a casos em que são proibidas de terem a própria conta bancária ou mesmo conseguirem um emprego (veja a campanha abaixo).

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Financial abuse is an invisible weapon. Join me and @AllstatePurplePurse to end the cycle of abuse at PurplePurse.com.

Uma publicação compartilhada por Serena Williams (@serenawilliams) em

Em entrevista ao jornal americano USA Today, Williams explicou que em 99% dos casos de violência doméstica, há indícios também de abuso financeiro. A tenista afirma ainda que conheceu pessoas que passaram por esse tipo de situação.

– É um número incrivelmente alto. Então, eu estou pensando em pessoas que eu conheci no passado, que provavelmente estavam passando por isso. Então, essa é mais uma razão para levantar a minha voz. A fundação ajuda as mulheres a encontrar uma maneira de sair do abuso através da educação financeira. Isso é algo que afeta tantas mulheres e tantas pessoas e é importante aumentar a conscientização – disse Serena.

A tenista participa pelo segundo ano consecutivo como embaixadora da Purple Purse. Serena também está trabalhando no projeto contra a violência doméstica da fundação, que termina no final de outubro. O objetivo é levar as pessoas a falar sobre violência doméstica nas mídias sociais e aumentar o conhecimento sobre a causa.

 

Artigos Relacionados
-+=