Guest Post »
Serena Williams deixou uma mensagem a todas as mães. “Se eu consegui, elas também conseguem”

Serena Williams deixou uma mensagem a todas as mães. “Se eu consegui, elas também conseguem”

Depois de ter perdido contra Angelique Kerber no torneio de Wimbledon, Serena Williams disse a todas as mulheres que foram mães que, se quiserem, conseguem voltar às suas carreiras profissionais.

Por Catarina Gonçalves Pereira Do Observador

Serena Williams perdeu frente à alemã Angelique Kerber no torneio de Wimbledon. AFP/Getty Images

“Só queria dizer a todas as mães que tive de lutar muito para voltar e foi algo realmente difícil e, honestamente, sinto que se eu consegui, elas também conseguem”. Foi esta a mensagem que Serena Williams deixou a todas as mães depois de ter perdido a partida contra a alemã Angelique Kerber, no torneio de Wimbledon, no sábado.

Em conferência de imprensa depois do jogo, a tenista norte-americana falou a todas as mulheres que foram mães e que tiveram dificuldades em regressar às suas carreiras profissionais, explicando a influência que a maternidade teve na forma como encara a vida desportiva.

A minha prioridade é o meu bebé. Sabem, estar com ela, fazer coisas com ela e passar tempo com ela é a minha maior prioridade. Mas é estranho, eu defino o meu horário para conseguir fazê-lo. Por exemplo, treino de manhã e passo o resto do dia com ela. Não consigo ficar com ela o dia todo, mas consigo ficar boa parte do dia”, contou Williams.

Isto tudo para dizer que as mulheres que queiram continuar a sua carreira depois de terem sido mães podem e vão conseguir fazê-lo. “Consegues ser aquilo que quiseres se voltares ao trabalho”, prosseguiu a tenista, que explicou ainda como se sente livre a jogar depois de ter sido mãe.

Para mim, depois de me ter tornado mãe, sinto que não há pressão para voltar a jogar porque ter um filho é um trabalho a tempo integral, mas àquelas que querem voltar, vocês sabem, vocês podem simplesmente fazê-lo”, rematou Serena Williams, que foi mãe de Alexis Olympia em setembro.

Logo depois da partida, Williams disse que a derrota “foi obviamente dececionante”, mas que não pode ficar desapontada porque “ainda está muito para vir”. “Estou apenas a começar, literalmente, por isso estou ansiosa”, acrescentou. Questionada sobre se era uma Super Mãe, não teve papas na língua: “Super Mulher, Super Mãe? Não, sou só eu…Para todas as mães aqui, eu tentei mas ela jogou muito bem e não foi possível”. Williams afirmou ainda estar ansiosa por voltar aos courtspara fazer aquilo que de melhor faz.

O marido da tenista, Alexis Ohanian, disse que “não poderia estar mais orgulhoso” e que este foi apenas o início do seu regresso. “Dias depois de a nossa bebé nascer, eu beijei a minha mulher antes da cirurgia e nenhum de nós sabia se ela ia voltar. Nós só queríamos que ela sobrevivesse — 10 meses depois, ela está na #Wimbledonfinal”, escreveu Ohanian.

Serena Williams foi mãe em setembro e chegou a correr risco de vida devido às complicações pós-parto de que sofreu. Em janeiro, a tenista voltou a jogar a um nível que a própria admitiu estar muito longe daquilo que queria. “Ser mãe é fantástico mas tive um parto complicado. Não é segredo para ninguém que tive uma recuperação muito dura e perdi conta às operações que tive de fazer“, reconheceu antes da final.

 

Artigos relacionados