Sexismo na moda: apenas 41% das grandes marcas são comandadas por mulheres

Pesquisa “The Glass Runway” revela a desigualdade de gêneros no mundo da moda

Do Claudia

Para muitos, a indústria fashion é focada no público feminino. No entanto, os bastidores desse universo são mais sexistas do que parecem. Um estudo do Conselho de Designers da América (CFDA) mostrou a desigualdade de gêneropresente no mercado da moda.

Na pesquisa “The Glass Runway” (a passarela de vidro) ficou clara a diferenciação dos cargos que os sexos desempenham. Enquanto as mulheres são a maioria entre costureiros, designers, alunos nas faculdades de moda e, além de tudo, entre consumidores, a maioria dos cargos de chefes no setor é dominada por homens.

O estudo mostrou que, por mais que as mulheres não encontrem barreiras para se destacar no início de sua carreira no universo da moda, elas acabam não seguindo em frente, já que o sexismo é recorrente. Um dos fatores que agrava essa desmotivação é a falta de exemplos femininos para serem seguidos por mulheres que estão apenas começando.

Além dos poucos modelos, segundo o Universa, a obrigação de cuidar dos filhos e da família e a menor confiança depositada nas mulheres – entre outros motivos – são as principais obstáculos encontradas pelas entrevistadas. Ainda segundo a pesquisa, 50% das vice-presidentes na área relatam que ter filhos é o principal fator determinante em suas carreiras.

As primeiras mulheres a serem contratadas como diretoras de estilo por grifes importantes, como Dior e Givenchy, tiveram essa chance somente em 2016 e 2017, respectivamente. Nesse contexto, apenas 41% das grandes marcas do mundo da moda são comandadas por mulheres.

+ sobre o tema

6 brasileiras que cantam contra o machismo

No ano em que a Lei Maria da Penha...

Jovem é agredido e diz ser vítima de homofobia durante show sertanejo: ‘Medo de morrer’

Organização diz que seguranças agiram após o jovem exibir...

A BH possível, a dos nossos sonhos: amiga das mulheres

O eixo dos debates de uma eleição municipal é...

Reflexões sobre as mulheres negras dão início à Campanha pelo fim da violência contra a mulher

A programação da campanha tem o propósito de mobilizar...

para lembrar

Qual o melhor lugar para ser mulher no mundo?

Um estudo anual divulgado nesta sexta-feira pelo Fórum Econômico...

Dia Internacional da Mulher: Não há raiva que cale nossa voz

Embora transformado em data comemorativa para vender coisas, o...

Mulher negra com renda mensal de R$ 285 é perfil de maioria no Cadastro Único

Ter inscrição no CadÚnico é uma das condições para...
spot_imgspot_img

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Moraes libera denúncia do caso Marielle para julgamento no STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou nesta terça-feira (11) para julgamento a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra...
-+=