Shock no sistema

Muito se fala sobre ser mãe de princesas. Eu sou mãe de uma heroína. Uma das minhas filhas tem 3 anos, ama heróis e também gosta de se vestir como eles.

por Renata Morais, no Meninas Black Power

Recentemente a escola da Elis marcou uma festa à fantasia. Perguntei a ela como ela queria ir e ela disse que queria vestir-se como o Super Shock. A nossa família é fã de HQ, a cultura pop é bastante influente aqui em casa, e por conta disso sabemos bem que não temos muita, quase que nenhuma, representação preta. Observar que ela se identifica com o Virgil, protagonista negro, adolescente, que usa dreads, que cresceu sem a mãe e que sofre com o racismo na escola, é incrível pra mim. Vejo que, apesar de tão pequena, ela já consegue se ver, já acha os seus.

Pois bem, fizemos a fantasia em um dia apenas, com a ajuda da minha sogra (incrível sogra!). Usamos a criatividade e montamos a heroína. Ela acordou às 6h da manhã, se vestiu e foi. Andou pelas ruas do bairro como se tivesse super poderes, atraiu olhares curiosos, não se intimidou. Seguiu. Ao chegar na escola percebi que os pais estavam curiosos, principalmente os pais das meninas. Provavelmente estavam pensando: “Que roupa estranha é essa? Que princesa será essa que eu nunca vi?”. No meio de reproduções da Elsa, fadas, Minnie, ela permaneceu. Não se acanhou por ser diferente. Percebeu logo que só tinha uma heroína ali.

Passou o tempo, ela se distanciou e foi ficar com as amigas. Eu senti orgulho. Confesso que não teria essa coragem, não nessa idade. Confesso que com 3 anos eu queria ser a fada. Não por amar fadas, mas sim por não ter a segurança de ser diferente. Voltei pra casa altiva. Voltei com a certeza que sou mãe de uma heroína. Grandes poderes, grandes responsabilidades.

 

 

Leia Também:

Alternativas de mídias infantis para famílias feministas – Por: Carolina Pombo
Dicas de Livros Infantis: Protagonistas Negros – por Isabela Kanupp

O feminismo Frozen e a sororidade seletiva

 

+ sobre o tema

Eu tenho medo, por Sueli Carneiro

Eu tenho medo, por Sueli Carneiro. Estou com Regina Duarte....

Impulsionando Redes de Promotoras Legais Populares-PLP

Os vídeos Impulsionando Redes de Promotoras Legais Populares-SP e...

Nenhum dos 13 governadores eleitos no 1º turno é mulher

Apenas 51 deputadas federais foram eleitas, o que representa...

para lembrar

O tempo todo

Desde 2016, que abril passou a ser um mês...

Empresas devem tornar ambiente mais inclusivo para pessoas LGBTQIA+

Ainda existe discriminação muito forte contra pessoas LGBTQIA+ no...

Morre Cantora e ativista LGBT Vange Leonel, aos 51 anos

Ela não resistiu a um câncer de ovário Nesta segunda-feira...

TSE empossa Edilene Lobo, a primeira ministra negra da história da Corte

A advogada Edilene Lobo tomou posse nesta terça-feira, 8,...
spot_imgspot_img

‘Abuso sexual em abrigos no RS é o que ocorre dentro de casa’, diz ministra

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, considera que a violência sexual registrada contra mulheres nos abrigos que recebem desalojados pelas enchentes no Rio Grande...

ONU cobra Brasil por aborto legal após 12 mil meninas serem mães em 2023

Mais de 12,5 mil meninas entre 8 e 14 anos foram mães em 2023 no Brasil, num espelho da dimensão da violência contra meninas...

Após um ano e meio fechado, Museu da Diversidade Sexual anuncia reabertura para semana da Parada do Orgulho LGBT+ de SP

Depois de ser interditado para reformas por cerca de um ano e meio, o Museu da Diversidade Sexual, no Centro de São Paulo, vai reabrir...
-+=