Tag: desenho

    Cena da animação "Out", da Pixar Foto: Reprodução/Disney

    Novo curta da Pixar conta a história de um homem gay em busca de aceitação

    Entre os novos lançamentos do Disney + (plataforma de streaming da Disney que, infelizmente, ainda não está disponível no Brasil), uma das maiores surpresas foi o teaser de Out, um curta-metragem da Pixar com um protagonista gay. Dirigido pelo estreante Steven Clay Hunter, Out conta a história de Greg, um homem que recebe uma visita inesperada dos pais quando está prestes a se mudar com seu namorado, Manuel. O problema é que Greg nunca disse a seus pais que é gay. Quando sua mãe e seu pai aparecem - exatamente no dia da mudança -, Greg acaba por trocar de corpo com o seu cachorro e, ao fazer isso, aprende uma lição valiosa sobre como é possível viver com liberdade e ser quem se é. Out abre novos caminhos como o primeiro projeto da Pixar a apresentar um personagem LGBTQ em um papel central. Ele também possui uma equipe criativa ...

    Leia mais
    blank

    Conheça Waris Kareem, o artista de 11 anos que é sensação em Lagos, na Nigéria

    Com 11 anos de idade, Waris Kareem Olamilekan, ou apenas Waspa, já é um artista profissional. Mas, ao contrário de outros prodígios, o menino não vem de um ambiente privilegiado. Do Hypeness Reprodução/ Instagram Waris vive em Lagos, na Nigéria, e começou a desenhar na escola, quando tinha seis anos. Suas criações seguem um estilo hiperrealista e, segundo contou em entrevista à BBC África, suas principais inspirações são os artistas Michelangelo e Arinze Stanley Egbengwu. Sua técnica começou a ser aprimorada aos oito anos, quando passou a frequentar a Academia de Arte Ayowole, uma escola simples localizada no bairro em que vive. Part of the portraiture I did in year 2017 @wizkidayo I am waspa. Uma publicação compartilhada por kareem waris (@waspa_art) em 18 de Abr, 2018 às 5:43 PDT Os desenhos de Waspa são compartilhados com o público através de sua conta no Instagram, onde já possui mais de 38 mil seguidores. O garoto se descreve ...

    Leia mais
    blank

    Diversus consultoria dará 5 bolsas de estudo em desenho para pessoas trans

    A Diversus, criada em 2016, é uma empresa de consultoria que presta serviços para auxiliar a compreensão das diversidades. Ela fez parceria com a Quanta Academia de Artes, uma escola de artes gráficas e digitais na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. A Quanta é uma escola comprometida a promover o respeito aos direitos de todos e incentiva a diversidade. por Isabela Faggiani no Ondda As duas empresas estão oferecendo cinco bolsas de estudo para transsexuais e travestis que querem fazer aula de desenho. A Diversus anunciou as bolsas em sua página no Facebook: As inscrições para o curso de aprimoramento em desenho abriram hoje, 31 de janeiro, e irão até o dia primeiro de março. O resultado com as cinco pessoas que receberam a bolsa sairá no dia 6 de março. A seleção dos vencedores da bolsa será feita por um sorteio. Para se inscrever, é preciso ser uma pessoa trans, ...

    Leia mais
    blank

    Os negros nas histórias em quadrinhos – parte 2

    A Era de Prata (1956 – 1969) Ebulição Social No final dos anos cinqüenta e início dos sessenta o Movimento Negro começava a tomar as ruas dos Estados Unidos, reivindicando a melhoria da condição de vida dos afro-americanos. por Claudio Roberto Basilio no HQ Maniacs O Movimento Negro se dividia em diversas vertentes, desde a mais pacifista, que era representada pelo Movimento dos Direitos Civis do Reverendo Martin Luther King até as mais radicais, que podíamos ver na Nação do Islã de Malcom X e no Partido dos Panteras Negras. Tal ebulição social acabou se refletindo nos quadrinhos e é sobre o surgimento de alguns personagens negros nos comics nesse período que esse artigo vai tratar. Nesse período, o mercado americano de quadrinhos foi tomado de assalto pela ascensão da Marvel Comics, ascensão essa capitaneada por Stan Lee e por um rol de personagens que, pela criatividade com que foram elaborados revolucionaram ...

    Leia mais
    Exposição oba: entre deuses e homens

    Mucane recebe exposição de desenhos em carvão e papel sobre religiões africanas em Vitória

    Juliana sempre teve a fotografia como aliada para a construção do seu trabalho. A mostra reúne cerca de 50 desenhos, feitos, em sua maioria, com carvão e giz sobre papel, Do Folha Vitória As religiões de matriz africana despertam curiosidade e fascínio na maior parte das pessoas por unir em um mesmo espaço fé, festa e devoção. Essas manifestações religiosas serão tema da exposição "oba: entre deuses e homens", da artista Juliana Pessoa, que abre para o público na próxima quinta-feira (13), a partir das 19 horas, no Museu Capixaba do Negro “Veronica da Pas” (Mucane). Juliana sempre teve a fotografia como aliada para a construção do seu trabalho. A mostra reúne cerca de 50 desenhos, feitos, em sua maioria, com carvão e giz sobre papel, recriando imagens do trabalho do fotógrafo Pierre Verger, que registrou em boa parte da sua obra a cultura afrobrasileira. Exposição oba: ...

    Leia mais
    blank

    Desenhos infantis que reforçam a cultura machista

    As estatísticas estão aí, esfregando dados catastróficos em nossas caras sobre violência contra mulher. O Mapa da Violência 2012 – Atualização: Homicídio de Mulheres no Brasil, da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO), apresenta o dado que entre 1980 e 2010 foram assassinadas no país mais de 92 mil mulheres. Sabemos que isso se deve a uma cultura machista, a postura patriarcal arraigada nas famílias brasileiras, a um processo histórico social onde o homem impera e se considera um ser superior ao sexo feminino.  A jornada não é fácil, a violência contra a mulher vem crescendo, enquanto parcela da sociedade vem lutando com unhas e dentes para mudar esta realidade, um verdadeiro cabo de guerra. A banalização da violência já tomou conta da maioria da sociedade, a culpabilização da vítima, nem se fala. Enviado por Bruna M. Borges via Guest Post para o Portal Geledés São mulheres, mães, estudantes, profissionais, chefes ...

    Leia mais
    blank

    Desenho animado nigeriano é destaque internacional

    Apesar da existência de milhares de crianças africanas e afrodescendente pelo mundo, o mercado do entretenimento, especialmente infantil, ainda é baseado na estética européia ou estadunidense com seus contos, fadas e  medievais. Essa ausência da imagem negra é bastante nociva pois, em geral, as crianças negras crescem sem referencial e muitas crescem com problemas de autoestima. Do Correio Nagô Mas, apesar dessa falta de diversidade, existem algumas experiências no mundo que vem mudando esse cenário. Uma delas é Bino e Fino,  que é uma série de desenhos animados sobre irmãos africanos  que vivem com seus avós ‘Mama’ e ‘Papa’ em uma cidade moderna em África. O desenho tem muitas aventuras onde com a ajuda de seu amigo Zeena a borboleta mágica, eles descobrem e aprendem coisas sobre o mundo. Bino e Fino foi criado para fornecer um entretenimento infantil mais etnicamente diverso. Criado especialmente para crianças africanas e afrodescendentes do mundo, com idades de ...

    Leia mais
    blank

    Shock no sistema

    Muito se fala sobre ser mãe de princesas. Eu sou mãe de uma heroína. Uma das minhas filhas tem 3 anos, ama heróis e também gosta de se vestir como eles. por Renata Morais, no Meninas Black Power Recentemente a escola da Elis marcou uma festa à fantasia. Perguntei a ela como ela queria ir e ela disse que queria vestir-se como o Super Shock. A nossa família é fã de HQ, a cultura pop é bastante influente aqui em casa, e por conta disso sabemos bem que não temos muita, quase que nenhuma, representação preta. Observar que ela se identifica com o Virgil, protagonista negro, adolescente, que usa dreads, que cresceu sem a mãe e que sofre com o racismo na escola, é incrível pra mim. Vejo que, apesar de tão pequena, ela já consegue se ver, já acha os seus. Pois bem, fizemos a fantasia em um dia ...

    Leia mais
    kevin-arts

    Kelvin Okafor artista britânico ganha prêmios e fama com desenhos ‘fotorealistas’

    O artista plástico britânico Kelvin Okafor, de 27 anos, vem ganhando fama e prêmios com seus desenhos feitos a lápis que reproduzem com fidelidade quase fotográfica os personagens que retrata. O artista gasta entre 80 a 100 horas criando cada um de seus trabalhos. O trabalho de Kelvin Okafor impressiona pela fidelidade quase fotográfica aos personagens O gênero no qual ele se especializou é conhecido como 'fotorealismo'. Okafor cria seus desenhos estudando detalhadamente fotografias ou reproduzindo seus modelos de memória. Ele já reproduziu com detalhes personalidades como Nelson Mandela, a Madre Teresa de Calcutá ou o rei Hussein da Jordânia - um retrato tão fiel que ele será exibido para a rainha Nour, viúva do monarca. Atualmente, algumas das obras do artista chegam a ser vendidas por 10 mil libras (cerca de R$ 30,1 mil). Uma mostra dedicada ao trabalho do artista está sendo inaugurada nesta quinta-feira, em Londres, no ...

    Leia mais
    A disputa pela criacao

    Lançamento de HQ reforça registro da tradição africana

    Por Lorena Morais Em um bate-papo descontraído durante o seminário "Mitologia e Cultura Africana através da História em Quadrinhos (HQ)", que aconteceu neste sábado (3) em Cachoeira e lançou a HQ "A disputa pela criação", os autores Tangre Paranhos – jornalista e mestre em Direito – e Franco Santos – ilustrador e diretor de arte – relataram o processo de criação da revista e chamaram atenção para a importância desse registro da cultura africana. Da direita para a esquerda: Os autores Franco e Tangre convidaram o antropólogo Renato da Silveira para dialogar sobre mitologia africana.Foto: Lorena MoraisO seminário e lançamento da revista aconteceram no Ponto de Cultural Muleki é Tu e contou com a presença dos autores e do antropólogo Renato da Silveira, que falou da mitologia africana a partir da tradição oral. Para ele, esse tipo de registro é importante para a banalização da tradição africana, que ainda é muito ...

    Leia mais
    Nama cover SuperBlack

    Super Black: cultura pop americana e super-heróis negros

    Escrito por Adilifu NamaSuper Black coloca o surgimento de super-heróis negros ao lado de ampla e abrangente tendências culturais na política americana e cultura pop, que revela como os super-heróis negros não são produtos pop descartáveis, mas sim um fenômeno fascinante racial através do qual expressões futuristas e visões fantásticas de identidade racial negra e significado político simbólico são apresentados. Adilifu Nama vê o valor e encontra novos caminhos para explorar identidade racial em super-heróis negros que muitas vezes são desprezadas como companheiros, imitadores de estabelecidos os heróis brancos, ou são acusados de não ter nenhum papel fora de contextos de filmes blaxploitation.Nama examina seminais negros super-heróis de histórias em quadrinhos, como Pantera Negra, Lightning Black, Storm, Luke Cage, Blade, o Falcon, Núbia, e outros, alguns dos quais também aparecem nas telas grandes e pequenas, bem como a forma de super-heróis do imaginário negro chegou à vida na imagem do presidente ...

    Leia mais
    daniel lima0038

    Daniel Lima: Um artista digital

    Nascido em São Paulo Daniel Lima é um excelente artista que se considera conectado com a arte do mundo. Daniel é um artista que faz trabalhos variados como designer, arte digital, pintura digital, fotografia, trabalhos em 2D e 3D, e que além de tudo isto, também é musico e está sempre em constante busca de caminhos diferentes usando diferentes tecnologias e muita criatividade. Como é louco por jogos eletrônicos nada mais natural do que acabar trabalhando na indústria de games, tanto como designer como com efeitos sonoros. Conheça alguns trabalhos de Daniel Lima {gallery}daniel{/gallery} contato: [email protected]

    Leia mais
    mma conga

    Cartazes – Moçambique Music Awards

      A vida sem música seria menos barulhenta, menos poluída e menos interessante. Moçambique Music Awards. É a nossa música. É a nossa cultura. Algumas músicas ficam na cabeça, enquanto outros estão presos no sangue. Moçambique Music Awards. É a nossa música.É a nossa cultura. Se a arte fosse um ser humano, a música seria o orgasmo. Moçambique Music Awards. É a nossa música. É a nossa cultura.       cred: DDB Mozambique, Maputo, Mozambique Creative Director: Lenilson Lima Art Director: Giuseppe Lira Copywriter: Zeca de Oliveira Illustrator: Otávio Rodrigues, Giuseppe Lira e Maísa Chaves

    Leia mais
    homeme aranha negro

    HQ – O novo Homem Aranha chama-se Miles Morales e sim, é negro

    Capa de Ultimate Spider-Man #1, Hoje em dia vivemos numa sociedade foleira, onde não se pode dar um passo sem ouvir uma chuva de críticas irracionais e desprovidas de sentido. Somos atacados mesmo sem termos mostrado aquilo que realmente valemos e somos crucificados por erros que qualquer um poderia cometer num dia mau. Somos criticados por aquilo que somos num mundo onde não se respeitam as individualidades e se menosprezam as identidades únicas de cada um de nós. Imaginem o que é sentir isto pertencendo a uma minoria. Basta multiplicarem o sentimento por um número na casa das centenas. Ao longo da sua existência, a Banda Desenhada tem servido para que o comum dos cidadãos se pudesse identificar com personagens que tanto apresentavam invencibilidade e poderes sobre-humanos nas suas batalhas como também apresentavam fraquezas na suas vidas sociais. A Banda Desenhada serviu para que miúdos lessem o Homem Aranha e ...

    Leia mais
    luke-cage-movie-marvel 1

    ‘Rampage’ Jackson pode interpretar Luke Cage no filme dos Vingadores

    Ídolo do MMA e ator nas horas vagas revela negociações com editora para atuar em adaptação cinematográfica de famosa série dos quadrinhos O popular lutador americano Quinton "Rampage" Jackson pode retornar às telas de cinema como um personagem de histórias em quadrinhos. O astro do MMA revelou nesta semana que está em negociação para interpretar o herói Luke Cage, da Marvel Comics, na adaptação da série "Vingadores". Jackson participou do podcast americano "Down The Road Show" nesta semana e, ao responder uma pergunta se estaria disposto a interpretar Cage no cinema, deixou escapar que estava em negociação com a editora americana. - Eu tive uma reunião com a Marvel... Não sei se posso falar disso! Mas adoraria interpretar o Luke Cage, acho que seria perfeito. Seria um Luke Cage muito crível, ninguém seria mais crível do que eu - disse Rampage, que considera o Super-Homem, da rival DC Comics, como ...

    Leia mais
    blank

    Os negros nas histórias em quadrinhos – parte 1

    A Era de Ouro (1934 – 1955) Anseio, Conceito e Preconceito Antes de começarmos a analisar o surgimento de personagens negros nos comics books americanos, precisamos entender uma coisa que talvez muitos fãs desse tipo de arte nunca tenham percebido: os quadrinhos, tal qual a literatura, cinema, música e outras expressões artísticas, são reflexos dos anseios, conceitos e até mesmo dos preconceitos da sociedade que os produziram. por Cláudio Roberto Basílio no HQ Maniacs Dito tudo isso, vamos dar uma boa olhada nesse período da história das histórias em quadrinhos conhecido como “Era de Ouro” e ver como surgiram os primeiros “negões” nas páginas coloridas dos gibis. Em meados dos anos trinta, os quadrinhos já eram bastante populares, inclusive sendo fator decisivo para a maior ou menor venda da maioria dos jornais da América. Com o surgimento dos comic books, a produção de quadrinhos atingiu níveis industriais e sua popularidade junto à criançada ...

    Leia mais
    dwayne-mcduffie

    Morre o quadrinista Dwayne McDuffie, conhecido pelo ativismo contra os estereótipos negros na cultura pop

    Dwayne McDuffie, criador do Super Choque e escritor do desenho All-Star Superman, é conhecido pelo ativismo contra os estereótipos negros na cultura pop   O site Comic Book Resources informou esta tarde que faleceu Dwayne McDuffie, roteirista e editor de quadrinhos, produtor de desenhos animados e ativista contra os estereótipos negros e a favor da variedade de etnias. Não há ainda informações sobre a causa da morte, que acontece justamente no dia do lançamento de seu último trabalho, a adaptação de All-Star Superman como desenho animado. O criador faleceu aos 49 anos em decorrência de complicações após uma cirurgia cardíaca de emergência no Providence St. Joseph Medical Center em Burbank, Califórnia McDuffie nasceu em Detroit, Michigan, nos anos 60. Fez carreira escrevendo roteiros para vários títulos da Archie, Marvel Comics e DC Comics, onde fez em 1992 um especial em quadrinhos do cantor Prince. No ano seguinte, Dwayne McDuffie fundou o Milestone Media, seu próprio selo, ...

    Leia mais
    FOTO_hudson_rodrigues

    D´SALETE PINTA O 7

    Veja mais sobre: Marcelo d´Salete   Dono de um traço sombrio e poético apinhado de subjetividades e mistérios, ora flertando com o Expressionismo Alemão, ora com o Realismo Francês, Marcelo D´Salete, literalmente, pinta o sete. Professor, pesquisador, designer gráfico, ilustrador, desenhista e roteirista de HQ´s, já teve suas histórias em quadrinhos publicadas em expressivas revistas do gênero, como a universitária Quadreca, a eslovaca Stripburger, a argentina Suda Mery k! e as brazucas Front, Graffiti, Contos Bizarros e +Soma..Além do cinema, passando por nomes como Shari Springer Berman, Robert Pulcini e Takashi Miike, os desenhistas Miguelanxo Prado, Neil Gaiman, Sam Keith, Katsuhiro Otomo e Lourenço Mutarelli são algumas das referências utilizadas pelo artista para produzir trabalhos como a aclamada publicação Noite Luz. O livro, lançado em 2008, foi indicado como um dos 100 melhores quadrinhos da década pelo site argentino Comiqueando (www.comiqueando.com.ar)..A produção multifacetada do artista inclui desde parcerias com o ...

    Leia mais
    rodrigo-eller

    Rodrigo Eller vencedor do Concurso Eu Negro além da pele

    O cartaz vencedor     O selecionados O CONCURSO O Concurso Casulo convida estudantes de todo o país a se transportarem para o universo da cultura negra. Eu Negro é o tema que deve inspirar os participantes em suas criações. O Casulo é um concurso de arte pública aberto a todos os estudantes brasileiros de cursos superiores e técnicoprofissionalizantes, artistas ou não. Os trabalhos poderão ser figurativos, abstratos, fotográficos, gráficos ou tipográficos ou qualquer outro tipo de representação visual. O PROJETO O principal objetivo do projeto é revelar e dar espaço a jovens talentos, reproduzindo o trabalho vencedor em um painel de 324m2 fixado na fachada do NAVE, no Rio de Janeiro. Por ali passam, todos os dias, cerca de 40 mil pessoas. O PRÊMIO O autor da obra vencedora ganhará um iPad. Uma chance e tanto! Trata-se de uma iniciativa do Oi Futuro em parceria com a Jair de ...

    Leia mais
    Página 1 de 2 1 2

    Últimas Postagens

    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist