Guest Post »

‘Só fiz uma vez’, diz suspeito de estuprar e filmar filha de 6 anos em MS

Segundo a polícia, servente de pedreiro teria confessado abuso. Menina de 6 anos vai passar por exame de corpo de delito no IML.

Por Juliene Katayama Do G1

“Só fiz uma vez”, diz servente de pedreiro, de 33 anos, preso em flagrante, nesta quarta-feira (22), por manter fotos e vídeos do estupro da própria filha de 6 anos em Campo Grande. Segundo o delegado da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescente (Depca), Fábio Sampaio, ele teria confessado o crime de estupro de vulnerável.

O caso foi denunciado pela mãe da criança, ex-companheira do suspeito, no fim de terça-feira (21), depois de ver no aparelho celular as imagens da filha. De acordo com o delegado, as gravações mostram a mão e a voz do suspeito manipulando as partes íntimas da criança.

“Sinto muito. Foi um momento de loucura”, disse o suspeito sobre o estupro. O pai da garota disse estar muito arrependido. A polícia diz acreditar que os abusos ocorriam nos fins de semana quando o pai ficava com os filhos. Além da menina, o casal também tem um menino de 7 anos, que não sofria a violência.

Entenda o caso
O suspeito foi preso em flagrante por manter as imagens dos abusos no aparelho celular. A polícia já pediu a prisão preventiva – sem prazo para terminar – por causa do estupro de vulnerável.

A mãe teve acesso ao celular porque mantinha uma relação de amizade com o ex-marido. Ela ficou com o aparelho para ouvir música enquanto ele foi até o bar do pai. Neste momento ela viu as imagens da filha.

A mãe não desconfiava de nada e a criança não havia reclamado. A menina vai passar por exame de corpo de delito e já está em atendimento psicológico, conforme a polícia. Além da mãe, uma tia da criança foi ouvida como testemunha. De acordo com o delegado, antes de ser preso, o suspeito não tinha antecedente criminal.

Related posts