segunda-feira, julho 6, 2020

    Tag: menina

    Pesquisadora Jackeline Romio avalia como positiva participação da delegação brasileira em cúpula no Quênia Foto: Divulgação/

    ‘Perdemos cada vez mais meninas e jovens’, diz pesquisadora

    Jackeline Romio participou da Nairóbi Summit e aponta os principais desafios para mudar o cenário de violência no Brasil Por Roberta Salomone, do O Globo Pesquisadora Jackeline Romio avalia como positiva participação da delegação brasileira em cúpula no Quênia (Foto: Divulgação/Retirada do site O Globo) Doutora em Demografia pela Unicamp, Jackeline Romio desenvolveu uma metodologia para entender os casos crescentes de feminicídio e liderou pesquisas sobre violência doméstica e as questões das mulheres negras no Brasil. Convidada do Nairóbi Summit, ela aponta os principais desafios para mudar o cenário de violência no país. Como avalia a participação do Brasil em Nairóbi e como o país pode se aproximar dos compromissos firmados? Acho que a participação foi muito positiva. Houve a elaboração de um posicionamento da sociedade civil que denunciou o governo e sua omissão à pauta da legalização do aborto, assim como do desmonte dos mecanismos ...

    Leia mais
    Foto: @ANDREMELCHER/Nappy

    Machismo desde cedo: meninas têm mais medo de serem julgadas do que garotos

    Hoje é Dia Internacional da Menina. Ao redor do mundo, a questão que se discute é: como é ser menina em 2019? Afinal, passar pela infância pertencendo a uma geração tão conectada quanto a dos tempos atuais tem suas particularidades. Na opinião de Déborah de Mari, pesquisadora nas áreas de gênero e liderança, há pontos positivos e negativos. "Existe uma abertura maior para discutir assuntos importantes, como o feminismo, em comparação com as demais gerações", aponta. Por Ana Bardella, da Universa Por falta de estimulo à liderança, elas são mais insegurasImagem: iStock Ao mesmo tempo, surgem novos desafios relacionados à saúde mental. "A hiperconexão aumenta o engajamento por causas, mas também ajuda na criação de padrões de imagem. Desde cedo se fala na construção de uma marca pessoal -- característica muito enfatizada pelos influenciadores digitais. Esse fator aumenta a pressão pela montagem de uma persona digital. ...

    Leia mais
    blank

    Meninas negras são vistas como ‘menos inocentes’ do que brancas, diz estudo

    Adultos tendem a achar meninas negras menos inocentes –mais entendedoras de “assuntos adultos” como sexo– do que as brancas. A conclusão foi publicada em um estudo da Georgetown Law, uma universidade da cidade de Washington, nos Estados Unidos. Para a jornalista e socióloga Fabiana Moraes, se realizada no Brasil, a pesquisa mostraria a menina negra ainda mais hipersexualizada. Adriana Nogueira, no Estilo UOL “Aqui vendemos durante décadas as mulheres negras das mais variadas idades como ‘produto de exportação’”, diz Fabiana, que é professora da Universidade Federal de Pernambuco e autora dos livros “No País do Racismo Institucional” e “Nabuco em Pretos e Brancos” (Editora Massangana), entre outros. Para produzir o relatório “Girlhood Interrupted: The Erasure of Black Girls’ Childhood” (Infância Interrompida: O Apagamento da Infância de Crianças Negras, em tradução do inglês), os pesquisadores da Georgetown entrevistaram 325 adultos de diferentes etnias, níveis de formação e de regiões diferentes dos ...

    Leia mais
    blank

    Justiça não acatou provas e obrigou filha a morar com pai estuprador, diz conselho

    Para conselheira, nem sempre palavra da criança é levada em conta na justiça Por Geisy Garnes e Thatiana Melo Do Midiamax A menina de 14 anos abusada sexualmente pelo próprio pai teria sido entregue a ele por falta de prova da violência. Com a família materna desestruturada, a guarda da jovem, como manda a justiça brasileira, passou ao parente mais próximo, nesse caso o autor de séries de agressões e estupros, que chagaram a ser filmados por ele. A história da adolescente e de seus outros irmãos, cruzaram o caminho da justiça bem cedo. Quando criança, a mãe da menina foi presa por tráfico de drogas e chegou a cumprir seis anos de prisão pelo crime. Por conta disso, e de acusações de maus-tratos por parte da avó materna das crianças, a vítima e os seis irmãos foram afastados da mãe, por determinação da Justiça, e entregues aos diferentes pais. Por ...

    Leia mais
    blank

    Pai vê mensagens que pedófilo mandava para menina de 9 anos e vai a encontro com a polícia

    Homem foi preso nesta terça-feira em local que tinha marcado para se encontrar com a vítima. Ele entrou em contato com a vítima pelo Facebook e pegou o telefone dela para continuar conversa. Por Bruna Barbosa Do G1 Mensagens de assédio encaminhadas por um homem de 47 anos a uma menina de 9 foram descobertas pelo pai dela, que avisou a polícia e compareceu, junto com os policiais, a um encontro que o suspeito havia marcado com a vítima nesta terça-feira (23) em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá (MT). O homem foi preso em flagrante. Segundo o delegado Cláudio Alvarez, da Polícia Civil, o suspeito confessou que sabia que a vítima era uma criança e assumiu a autoria das mensagens enviadas à menina pelo WhatsApp. "O pai procurou a delegacia sem saber o que fazer, afirmando que a filha iria se encontrar com um homem mais velho, que a levaria ...

    Leia mais
    blank

    O que sabemos sobre a investigação do estupro coletivo de uma menina de 12 anos no Rio de Janeiro

    Um ano depois, a mesma violência. Por Andréa Martinelli Do Huffpostbrasil "Cala a boca. Vão ficar ouvindo a sua voz e vão saber que é tu". "Tapa o rosto da novinha". Um ano depois, o mesmo crime. Na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, uma menina de 12 anos foi vítima de um estupro coletivo. A investigação ainda não tem detalhes sobre quais eram as circunstâncias do crime que, assim como o caso da jovem de 16 anos que foi estuprada coletivamente no ano passado, foi registrado em um vídeo e divulgado na internet. Segundo a polícia, pelo menos cinco rapazes aparecem nus nas imagens. A vítima tenta se esconder atrás de uma almofada e grita pedindo para que o estupro pare, mas os homens continuam com as agressões. As frases acima compõe o vídeo. A denúncia foi feita na última sexta-feira (5) por uma tia da menina e está sendo ...

    Leia mais
    blank

    Morte de menina após briga em sala de aula expõe rotina de violência e exclusão nas escolas públicas

    Marta Avelhaneda Gonçalves, de 14 anos, morreu na quarta no Rio Grande do Sul; a suspeita é de que ela tenha sido estrangulada. Marta morreu dentro da sala de aula em Cachoeirinha (Foto: Reprodução/RBS TV) No G1 Marta Avelhaneda Gonçalves faria 15 anos em junho, e a família já começava a planejar a festa. Mas o aniversário, o sonho de cursar medicina, a vida inteira de Marta ficou pelo caminho: ela morreu na última quarta-feira após uma briga com colegas da Escola Estadual Luiz de Camões, em Cachoeirinha, na Grande Porto Alegre. Segundo a Polícia Civil, o laudo do Instituto Médico Legal indica que a jovem sofreu estrangulamento por asfixia mecânica. Mesmo assim, ainda não estão completamente esclarecidas as circunstâncias do caso e a forma como uma briga na escola, na primeira semana de aula, se transformou em morte. Violência, preconceito, agressão e exclusão fazem parte ...

    Leia mais
    blank

    “Pai, me ajude: nasci menina” – veja o vídeo que está comovendo a internet

    Uma organização sem fins lucrativos produziu um vídeo belíssimo a fim de conscientizar sobre a violência contra a mulher. Impactante, ele traz a voz de uma garotinha fazendo pedidos ao seu pai antes mesmo de nascer. Entre eles estão atitudes que podem sim diminuir a desigualdade de gêneros. Do Bem Mais Mulher O vídeo começa com a garotinha agradecendo seu pai por ter cuidado dela, mesmo antes de ter nascido. No entanto, ela diz que precisa pedir-lhe um favor, um aviso: sobre garotos. “Porque eu vou nascer uma garota. O que significa que aos 14 anos, os garotos da minha sala vão me chamar de puta, vadia, vaca, e um monte de outras coisas só por diversão, é claro. Coisas que homens fazem. Então você não vai se preocupar. E eu entendo isso, pois talvez você também tenha feito isso quando jovem, tentando impressionar outros meninos.” Depois disso, a garota continua ...

    Leia mais
    blank

    ‘Só fiz uma vez’, diz suspeito de estuprar e filmar filha de 6 anos em MS

    Segundo a polícia, servente de pedreiro teria confessado abuso. Menina de 6 anos vai passar por exame de corpo de delito no IML. Por Juliene Katayama Do G1 “Só fiz uma vez”, diz servente de pedreiro, de 33 anos, preso em flagrante, nesta quarta-feira (22), por manter fotos e vídeos do estupro da própria filha de 6 anos em Campo Grande. Segundo o delegado da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescente (Depca), Fábio Sampaio, ele teria confessado o crime de estupro de vulnerável. O caso foi denunciado pela mãe da criança, ex-companheira do suspeito, no fim de terça-feira (21), depois de ver no aparelho celular as imagens da filha. De acordo com o delegado, as gravações mostram a mão e a voz do suspeito manipulando as partes íntimas da criança. “Sinto muito. Foi um momento de loucura”, disse o suspeito sobre o estupro. O pai da garota disse estar muito ...

    Leia mais
    blank

    A menina linda

    por Cidinha da Silva* Era daquelas meninas bonitas até no berçário de recém-nascidos. À medida em que foi crescendo tornou-se uma bebê linda, menina linda, mulher linda. Todo mundo pasmava, reconhecia e elogiava. Pode-se dizer que ela se acostumara a ser bonita desde pequena e acolhia os elogios com naturalidade e simpatia. Um dia formou-se professora de artes e foi estagiar em escola pública. No primeiro dia de aulas não cabia em si de alegria. Teria uma professora negra muito boa de diálogo como orientadora e um montão de crianças negras e mestiças, mais umas tantas crianças brancas, sorriam para as atividades desenvolvidas pela nova professora nova. Ao final do turno, as mais afetivas foram beijá-la e ela retribuía o carinho pensando consigo que se empenharia para que todos os dias fossem únicos e mágicos como aquele. A última criança da fila, uma menina vivaz, penteada como bailarina russa, perguntou baixinho: ...

    Leia mais
    Homens armados sequestram mais meninas na Nigéria

    Homens armados sequestram mais meninas na Nigéria

    Oito adolescentes com idades entre 12 e 15 anos foram rendidas. Autores são suspeitos de serem do grupo extremista Boko Haram. Homens armados que seriam integrantes do grupo extremista Boko Haram sequestraram mais oito meninas com idades entre 12 e 15 anos em uma vila no nordeste da Nigéria na noite desta segunda-feira (5), informaram a polícia e residentes locais nesta terça-feira (6). “Eles eram muitos, e todos carregavam armas. Eles vieram em dois veículos pintados com cores do Exército. Eles começaram a atirar contra nossa vila”, disse Lazarus Musa, morador de Warabe, onde o ataque aconteceu. Uma fonte policial disse que as jovens foram levadas em caminhões, junto com animais e comida. Os rebeldes islamitas do Boko Haram são suspeitos de manter em cativeiro mais de 200 garotas sequestradas de uma escola secundária em 14 de abril. Eles ameaçaram vender as jovens como escravas.       Fonte: G1

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist