domingo, junho 26, 2022

Tão linda e tão pequena

Vivia em mundinho , onde só ela cabia,

Ia para escola em busca de conhecimento

Mais as vezes voltava com um descontentamento.

Na hora do intervalo não entendia as rodinhas de conversa,

Pois ela? Ela era excluída,

Talvez por sua cor? Por seu cabelo diferente, ou por sua religião?

Questionamentos pairavam naquela mente tão grande pelo seu tamanho

Uma escola onde ela era umas das poucas negras

A menina pequena , se destacou em um dia de evento na escola,

Quando decidiu usar um turbante que havida ganhado de presente da sua mãe,

Que ate então tinha um certo receio em usa lo

Com isso chamou à atenção dos demais colegas

Fazendo com que se aproximasse dela, pelo estilo que tinha adotado

Pelas cores forte e bonita daquele tecido.

Com isso se tornou “igual”

A partir de quando se posicionou com sua identidade real.

Daiane leal collares6º psicologia

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE. 
Artigos Relacionados
-+=