‘Não consigo respirar’: Homem negro morre após ser detido e algemado pela polícia nos EUA

Enviado por / FonteDo G1

Caso aconteceu na cidade de Canton, em Ohio, e lembra os assassinatos de outros dois homens negros, Eric Garner e George Floyd, ocorridos em 2014 e 2020. Frase foi usada pelo movimento Black Lives Matter para protestar contra abusos policiais.

Um homem negro morreu na cidade de Canton, Ohio, nos EUA, quando estava algemado sob custódia da polícia. É possível ouvir Frank Tyson, de 53 anos, dizer várias vezes “Eu não consigo respirar” enquanto um agente apoia o joelho sobre seu pescoço.

O caso aconteceu no último dia 18, mas só veio a público na última quinta-feira (25), quando foram divulgadas as imagens da câmera corporal de um dos policiais envolvidos na ação.

Não é a primeira vez que um caso semelhante acontece nos EUA. Em 2014, outro homem negro, Eric Garner, também morreu após ser detido por agentes em Nova York e reclamar que não conseguia respirar.

Um caso semelhante que motivou uma nova onda de protestos ocorreu com George Floyd, em Minneapolis, imobilizado pelo policial Derek Chauvin.

A frase em inglês, “I can’t breathe”, se tornou slogan de movimentos que protestam contra abusos policiais contra a população negra, como o Black Lives Matter.

Na filmagem, é possível ver Tyson dizendo “Eles estão tentando me matar”, mais de uma vez, assim que os policiais entram no recinto.

Ele começa a dizer “Eu não consigo respirar” assim que é imobilizado e colocado contra o chão, enquanto um policial coloca as algemas em seu pulso e outro pressiona o joelho contra a sua coluna.

De acordo com o canal de TV CBS, após imobilizar Tyson, os policiais conversam, em tom de brincadeira, com outras pessoas no local. Cinco minutos depois, um policial pergunta a outro se o detido “se acalmou”. Este responde: “Ele deve ter desmaiado”.

Mais alguns minutos se passaram até que os agentes se dão conta de que Tyson não está respondendo. Finalmente, um deles diz que é preciso chamar uma equipe médica porque ele não está sentindo seu pulso.

Segundo a CBS, os policiais chegaram a fazer massagem cardíaca e Tyson foi levado ao hospital, mas não resistiu e foi declarado morto menos de uma hora após dar entrada na emergência.

O Departamento de Polícia de Canton disse em nota, no dia 19, que, “pouco após a detenção”, os agentes “perceberam que Tyson ficou irresponsivo”, e que os policiais também administraram doses de naxolona, um medicamento para depressão respiratória, antes da chegada das equipes médicas.

Casos Eric Garner e George Floyd

Em 2014, um outro homem negro morreu em circuntâncias semelhantes, após dizer a mesma frase.

Eric Garner, suspeito de venda ilegal de cigarros, foi abordado e detido por policiais brancos em Nova York. Mesmo gritando “Eu não consigo respirar” diversas vezes, ele foi mantido imobilizado e acabou morrendo. O policial que aplicou a manobra de asfixia não foi indiciado.

O termo “I can’t breathe” foi usado em diversos protestos do movimento que acabou conhecido como Black Lives Matter, ou Vidas Negras Importam.

Outro caso que ganhou relevância e motivou protestos foi o de George Floyd, de 46 anos, em 2020. Floyd, negro, foi imobilizado pelo policial branco Derek Chauvin com uma manobra semelhante à aplicada em Tyson — o joelho do agente sobre a sua nuca.

Chauvin foi condenado e 22 anos de prisão.

+ sobre o tema

O fantasma do racismo percorre novamente a Europa

  LUCÍA ABELLÁN, MIGUEL MORA   Judeus confessam que voltam a sentir medo;...

Promotoria deve pedir júri popular para PMs por 9 mortes em Paraisópolis, em SP

Para evitar que fiquem impunes as nove mortes ocorridas em...

Blogueiro é condenado por mensagens racistas e machistas

A Justiça Federal de Goiás condenou nesta sexta-feira Rubens...

para lembrar

Infâncias, Intersecção e Educação Infantil: Quem tem direito ao afeto?

por Flávio Santiago para o Portal Geledés O debate acerca...

O que faziam dois negros no meio dos torcedores racistas do Grêmio?

 Marcos Sacramento Um detalhe chamou a atenção nas filmagens das...

Turista racista disse o Brasil era ‘terra de macaco’ e começou a imitar o animal

Um turista racista europeu, natural da Suécia, está sendo...

Racialismo e Racismo

Ariana Mara da Silva É plausível, e talvez não correto,...
spot_imgspot_img

Educação escolar de negros com deficiência é marcada por capacitismo e racismo

Apesar da acessibilidade ser um direito garantido por lei para as pessoas com deficiência, a falta de ambientes acessíveis foi um dos principais problemas...

Em ‘Sitiado em Lagos’, Abdias Nascimento faz a defesa do quilombismo

Acabo de ler "Sitiado em Lagos", obra do ativista negro brasileiro Abdias Nascimento, morto em 2011, no Rio de Janeiro. A obra, publicada agora pela...

Registros de casos de racismo aumentam 50% entre 2022 e 2023 no estado de SP

Números obtidos via Lei de Acesso à Informação pela TV Globo, mostram que o número de ocorrências registradas por racismo e injúria racial tiveram alta...
-+=