terça-feira, janeiro 19, 2021

Tag: poema

Revista Cotidiana

Oi, tudo bem? Deixa eu me apresentar Sou Carolina e minha mãe foi trabalhar Só eu e ela, tive que faltar Todo esse tempo, com irmão doente e outro a nanar Não fiz a lição de casa, sem tempo pra estudar E o meu pai eu nunca nem ouvi falar Um dia ouvi que sou sem futuro e na matéria vou bombar Preta, pobre e sem espaço, tudo bem, já entendi o meu lugar Eu sou a escola! E aí? Eu sou Dandara, tá ligado? E o papo já foi passado Se eu não tirar a queixa, será encontrado Dentro de casa o meu corpo estirado Falei com os de farda e foi debochado Será que não fiz nada pra tá com o rosto marcado? Tenho dezesseis e moro com o meu namorado Estou com vergonha do que está sendo falado Não acreditam que ele é culpado Deveria agradecer que ...

Leia mais
@MAUROYANGE/Nappy

Poema NEGRO

NEGRO Sou negro Sou forte! Sou Bravo Guerreiro. Meu jeito ligeiro, Ativo e viril Fez de mim Um homem serviçal no Brasil. Maltratado, acorrentado… De tudo já sofri. Fui tirado de minha pátria E só a ti eu servi. Meu povo! Ai que saudade De banto quase morri…. Sou negro Sou forte Zumbi dos Palmares Sob todos os olhares Traçou meu destino; E como um bravo menino A liberdade eu segui. No quilombo, pra onde fugia Era a Terra de alforria. Sonhei com esta alegria E só ali te senti! Sou negro Fui Forte Lutei até a morte! E hoje com muita sorte Sou de valor…. tenho porte! Igualo-me a qualquer raça. Pois para tudo tenho garra, força e determinação! Por isso eu posso gritar: Sou negro Sou forte Um Bravo de coração. Samara C. Alcantara de Andrade ** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL ...

Leia mais

Tão linda e tão pequena

Vivia em mundinho , onde só ela cabia, Ia para escola em busca de conhecimento Mais as vezes voltava com um descontentamento. Na hora do intervalo não entendia as rodinhas de conversa, Pois ela? Ela era excluída, Talvez por sua cor? Por seu cabelo diferente, ou por sua religião? Questionamentos pairavam naquela mente tão grande pelo seu tamanho Uma escola onde ela era umas das poucas negras A menina pequena , se destacou em um dia de evento na escola, Quando decidiu usar um turbante que havida ganhado de presente da sua mãe, Que ate então tinha um certo receio em usa lo Com isso chamou à atenção dos demais colegas Fazendo com que se aproximasse dela, pelo estilo que tinha adotado Pelas cores forte e bonita daquele tecido. Com isso se tornou “igual” A partir de quando se posicionou com sua identidade real. Daiane leal collares6º psicologia ** ESTE ...

Leia mais
shutterstock

Amálgama – por Adriana Graciano

por Adriana Graciano para o Portal Geledés shutterstock Para Wallace Nosso amor é uma força atemporal Que desafia o espaço Que redesenha a fé Que transporta religiões para seu princípio original Que une o Islã e o Candomblé Nas nossas formas Etéreas e terrestres Água e água O gênio e Iansã Profanos e sagrados Cavalgando os céus Transgredindo os infernos No instante do olhar

Leia mais

O sangue negro de Noémia de Sousa, poeta da revolução

Mia Couto, Marcelino Freire e Emicida são alguns dos fãs de sua poesia crua e poderosa Por  Clarissa Wolff , do Carta Capital  O vaso chinês quebrou. Noémia de Souza, finalmente editada no Brasil Muito se fala sobre qual seria (e qual deve ser) a função da literatura, mas arrisco dizer que o vaso chinês realmente quebrou: a arte não vive mais só pela arte e o parnasianismo já era. Em cima de seu caixão recheado de descrições longas em versos com o mesmo número de sílabas e estrofes de rimas regulares, Noémia de Sousa dança. Seus poemas são assim, corporais, dinâmicos. Dá até pra fantasiar que ela criava como Jackson Pollock, com impulsos do próprio corpo, jogando palavras no lugar de tinta no papel e criando coisa atrás de coisa de tirar o fôlego. Claro que não era assim, mas sobretudo a mensagem poderosa e assustadora, que te seduz entre imagens fortes ...

Leia mais

Poetas negras da literatura brasileira

Fui convidada pelas queridas da Mulheres que Escrevem para fazer uma espécie de curadoria de poetas negras brasileiras que leio, admiro e indico. Como escritora, cordelista e, claro, poeta, sou profundamente influenciada por todas elas. Na verdade, algumas dessas mulheres foram as primeiras escritoras negras que li na vida, quando eu ainda buscava por referências e exemplos de mulheres negras na literatura, já que não conseguia encontrá-las nas aulas da escola, na única livraria e nos poucos sebos que existiam no Cariri, interior do Ceará, e nem na mídia. Por Jarid Arraes Do Medium Porque tive que pesquisar sozinha, sei da importância de recomendações como estas. Não porque listas assim são definitivas e completas, mas porque podemos abrir uma porta que desperta curiosidade em quem lê, para que vá além, busque mais. Elas são, também, espelhos e referência para mulheres negras que escrevem ou querem começar a escrever. Para que saibamos que não estamos sozinhas. Nessa ...

Leia mais

Sangue

por Adriana Graciano para o Portal Geledes Seu sexo no meu sexo Meu sexo no seu sexo Arrebatados pelo paradoxo dessa transcendência física dessa nova familiaridade desse olhar sem véu dessa nova nudez Meu sexo no seu sexo Seu sexo no meu sexo Redefinindo o espaço que ocupávamos em nós

Leia mais

Me respeita – poema

Foto: Arquivo Pessoal Me respeita pq não sou tua! Chega de brincadeira, De dizer que me ama, só pra me ter na cama. Por Cassia Quezia para o Portal Geledés  Meu corpo não é objeto nem lata de lixo pra depósito de bicho! Não me toca, não te dei permissão, aceita o meu NÃO. Eu como mulher, Tenho que saber me defender, pra não ser estuprada por caras como você. Menina de 11 anos mãe, o pai é o pai, pai da mãe avó da criança. A mina sofre sendo julgada, pq não fechou as pernas, quando na verdade, você não tinha que ter tocado nela! Ela é inocente, diferente de você que não tem consciência e estupra uma criança sem ao menos ter chegado na adolescência! Que sociedade nojenta, que defende quem estupra e culpa quem lutou para não ser mais uma vítima dessa cultura! Cultura machista, que acha que ...

Leia mais

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist