SPFW: Grifes silenciam sobre negros

Fonte: Zero Hora

Foto: Daniel Teixeira/Estadão

O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que recomenda uma cota para modelos negros e indígenas no São Paulo Fashion Week foi recebido com silêncio por boa parte das grifes participantes do evento.

Dez marcas procuradas pelo Segundo Caderno informaram, por meio de suas assessorias, que não se pronunciarão sobre o assunto. O São Paulo Fashion Week (SPFW), maior evento de moda da América Latina, começa no próximo dia 15.

Após um ano de investigações pelo Ministério Público paulista sobre supostas práticas de racismo na semana de moda, o TAC foi assinado na quarta-feira. A organização do evento se comprometeu, junto ao MP, a sugerir às grifes participantes uma cota mínima – 10% do total de modelos – para negros e indígenas.

Na edição de janeiro de 2008, havia apenas oito negros entre os 344 modelos (2,3%). O assunto rendeu declaração incendiária da estilista Gloria Coelho – ao jornal Folha de S. Paulo, disse que “já tem muito negro costurando, fazendo modelagem”. Gloria foi uma das estilistas que, procurada para falar se adaptará seu casting, não quis dar entrevista.

Também não quiseram se pronunciar as grifes Maria Bonita (de Danielle Jensen), Huis Clos (de Clô Orozco), Do Estilista (de Marcelo Sommer), FH (de Fause Haten), Água de Coco (de Liana Thomaz), Neon (de Dudu Bertholini e Rita Comparato), Raquel Davidowicz, Erika Ikezili e Simone Nunes. Já o estilista Oskar Metsavaht, da Osklen, afirmou que a variedade étnica não é novidade no seu trabalho:

– Sempre usei negros em meus desfiles. Na última edição, abri a apresentação com a Gracie (modelo Gracie Carvalho).

Matéria original: Grifes silenciam sobre negros

 

+ sobre o tema

Vereadora do PMDB denunciada

Parlamentar teria insultado colega do PT chamando-o de 'macaco',...

para lembrar

18 expressões racistas que você usa sem saber

Quando expressões como “mulata” ou “a coisa tá preta”...

Anitta e a deseducação política brasileira

Acantora Anitta respondeu publicamente, em suas redes sociais, às...

Três ex-policiais de Mineápolis são julgados por morte de George Floyd

ST. PAUL, Mineápolis (Reuters) - Um júri ouviu nesta segunda-feira...
spot_imgspot_img

Nem a tragédia está imune ao racismo

Uma das marcas do Brasil já foi cantada de diferentes formas, mas ficou muito conhecida pelo verso de Jorge Ben: "um país tropical, abençoado...

Futuro está em construção no Rio Grande do Sul

Não é demais repetir nem insistir. A tragédia socioclimática que colapsou o Rio Grande do Sul é inédita em intensidade, tamanho, duração. Nunca, de...

Kelly Rowland abre motivo de discussão com segurança em Cannes: ‘Tenho limites’

Kelly Rowland falou à imprensa sobre a discussão que teve com uma segurança no tapete vermelho do Festival de Cannes durante essa semana. A cantora compartilhou seu...
-+=