sexta-feira, março 5, 2021

Tag: Ava Duvernay

Ava DuVernay (Foto: REUTERS/Danny Moloshok)

Naomi: Ava Duvernay, diretora de Novos Deuses, produzirá série da heroína da DC Comics

O universo compartilhado da DC produzido pelo canal americano CW, mais conhecido como Arrowverso, parece estar longe de chegar ao fim. De acordo com o site Variety, o canal irá produzir uma nova atração focada inteiramente em Naomi, uma das mais novas heroínas da editora. Naomi será produzida pela diretora Ava DuVernay, a diretora do aguardado filme dos Novos Deuses, também da DC Comics. Junto dela está Jill Blankenship, que já atuou como roteirista e produtora executiva em Arrow, a série que iniciou todo o universo televisivo da editora. Nos quadrinhos, Naomi é uma adolescente com habilidades sobrenaturais baseadas em manipulação de energia, que lhe conferem também a capacidade de tomar uma forma ainda mais poderosa, ampliando ainda mais seus dons. Naomi: uma das mais novas heroínas da DC Comics (Foto:DC Comics) Em duas histórias, ela sai em uma jornada para descobrir suas origens enquanto faz ...

Leia mais
Getty Images/Jason LaVeris

Ava DuVernay divulga primeira imagem oficial de sua nova série; Confira!

Em seu Twitter oficial, a produtora, diretora e roteirista Ava DuVernay compartilhou a primeira imagem de ‘DMZ’, nova série da HBO Max. Por Thiago Nolla, do Cine Pop Ava DuVernay (Foto: Getty Images/Jason LaVeris) A postagem, além de confirmar que as filmagens já se iniciaram, fornece algumas informações sobre a equipe técnica: Matthew Lloyd será um dos diretores de fotografia, enquanto Roberto Patino assina o roteiro. Confira: DMZ Shoot Day: 1 Writer: Roberto Patino Cinematographer: Matthew Lloyd Director: Ava DuVernay Production Company: ARRAY Studio: Warner Bros Television Network: HBO Max pic.twitter.com/NLBGeArRdT — Ava DuVernay (@ava) February 20, 2020 Rosario Dawson estrela como Alma Ortego. Benjamin Bratt também faz parte do elenco.

Leia mais
Divulgação OWN

‘Cherish the Day’: Nova série de Ava DuVernay ganha data de estreia

‘Cherish the Day’, nova série da OWN criada por Ava DuVernay (‘Selma’, ‘Olhos que Condenam’), ganhou data de estreia: o primeiro episódio será lançado no dia 11 de fevereiro. Por Thiago Nolla, do Cine Pop Divulgação OWN/Imagem retirada do site Cine Pop Confira o trailer oficial: O drama antológico gira em torno de um casal diferente e sua respectiva história de amor a cada temporada. O primeiro ciclo é estrelado por Xosha Roquemore e Alano Miller, que se cruzam e se apaixonam em Los Angeles. A narrativa se estende ao longo de cinco anos e oito episódios. Cicely Tyson tamém faz parte do elenco.

Leia mais
ATSUSHI NISHIJIMA/NETFLIX

Olhos Que Condenam vence como Melhor Série Limitada no Critics’ Choice: “Obrigada por finalmente nos deixar subir no palco”

A série da Netflix é baseada em fatos reais e Ava Duvernay fez um discurso emocionante No Exitoína A série é baseada em um caso real (Foto: Atsushi Nishijima/Netflix) Olhos Que Condenam supera Chernobyl e vence a categoria Melhor Série Limitada neste domingo (12), no Critic's Choice Awards. A produção foi considerada a esnobada no circuito de premiações, que ainda não havia levado nenhuma estatueta. A diretora agradeceu a Netflix por permitirem uma mulher contar essa história. “Obrigada a associação de criticos por finalmente nos deixar subir no palco”, disse a diretora Ava Duvernay. "A série começou com um tweet do Raymond Santana, e agora ele, Antron, Kevin, Yusef e o Korey Wise, representam algo maior do que eles jamais imaginaram. Eles brilham com um brilho incrível, que jamais vimos antes", ela contou. "Se vicês assistiram a história deles e sentiram alguma coisa, eu queria que ...

Leia mais
Todos os episódios da série 'Olhos que condenam' estão disponíveis na Netflix (foto: Netflix/Divulgação)

‘Olhos que condenam’ é a série mais vista da Netflix, desde a estreia

Netflix não revelou dados exatos de audiência da série Do  Correio Braziliense Todos os episódios da série 'Olhos que condenam' estão disponíveis na Netflix(foto: Netflix/Divulgação) A nova série da Netflix Olhos que condenam (When they see us) está há duas semanas no ar e é a série mais vista desde a estreia, no serviço de streaming estadunidense. Nas redes sociais, o streaming divulgou um marco da produção. “When they see us foi a série mais assistida na Netflix nos EUA todos os dias desde que estreou em 31 de maio”, publicou o perfil oficial. When They See Us has been the most-watched series on Netflix in the US every day since it premiered on May 31 pic.twitter.com/jS8IXIh03g — Netflix US (@netflix) 12 de junho de 2019 A diretora da produção Ava Duvernay, que dirigiu o filme Selma: Uma luta pela igualdade e o documentário A 13ª emenda, agradeceu a audiência via Twitter. ...

Leia mais
Cinco jovens foram presos e passaram mais de uma década na cadeia | Foto: Divulgação / CP

Série sobre jovens negros presos injustamente em NY estreia na Netflix

"Olhos que Condenam" é dirigido pela indicada ao Oscar, Ava DuVernay Do Correio do Povo Cinco jovens foram presos e passaram mais de uma década na cadeia | Foto: Reprodução/Netflix  A minissérie "Olhos que Condenam" estreou nessa sexta-feira na Netflix. Dirigida pela indicada ao Oscar Ava DuVernay, a série de quatro episódios é baseada no caso real dos "Cinco do Central Park", no qual jovens negros foram vítimas de discriminação racial. A trama gira em torno de um grupo de meninos negros adolescentes que foram acusados de agredir e estuprar uma mulher branca que praticava corrida no Central Park, o parque mais famoso de Nova Iorque, nos Estados Unidos. Os cinco jovens foram presos e passaram mais de uma década na cadeia. Donald Trump, que na época era uma celebridade por seus negócios milionários, se manifestou a favor da prisão dos jovens. O atual presidente dos ...

Leia mais
David Bebber/The Times/News Syndication/Redux

Ava DuVernay critica Game of Thrones por morte da única personagem negra

Cuidado! Contém SPOILERS da oitava e última temporada de Game of Thrones! POR LUCAS NASCIMENTO, do OBSERVATÓRIO DO CINEMA Foto: David Bebber/The Times/News Syndication/Redux A quarto episódio da oitava temporada de Game of Thrones traz uma cena extremamente desastrosa (para dizer o mínimo), em que Sansa Stark diz que só se tornou quem é hoje em dia graças ao que sofreu nas mãos de pessoas como Ramsay Bolton e Littlefinger – em outras palavras, dizendo que ser estuprada foi bom para ela. Além de Jessica Chastain ter reclamado da didática extremamente problemática da cena, a diretora Ava DuVernay também apontou outro demérito pessoal do episódio: a morte de Missandei, a única mulher negra da série. Confira abaixo. “Então… a única irmã nessa série épica de vários anos? Você quer mesmo fazer isso? Tudo bem”, escreveu DuVernay., “Estupro não é uma ferramenta para fazer uma personagem mais forte. Uma mulher ...

Leia mais
blank

Como Ava DuVernay está abrindo porta para outras mulheres negras

A primeira diretora negra a sair vitoriosa de várias premiações do cinema explica como seu trabalho ajuda o movimento negro. Por Elaine Guerini, da Elle (Dia Dipasupil/Getty Images) Como garota negra, Ava DuVernay nunca se sentiu representada na indústria do entretenimento nos anos 1980, quando ela crescia em Compton, área de baixa renda de Los Angeles. “Eu simplesmente não me via. Nem nas animações de princesas da Disney nem nas séries de TV”, conta à ELLE a diretora, roteirista e produtora de 45 anos. “Tudo o que faço hoje é para garantir que as meninas da nova geração se sintam incluídas”, diz a californiana, a primeira mulher negra a gritar “ação!” numa superprodução hollywoodiana: o filme Uma Dobra no Tempo, orçado em mais de 100 milhões de dólares. Inspirado no livro homônimo de ficção científica da escritora norte-americanaMadeleine L’Engle, se não fosse pela diretora o longa provavelmente traria uma maioria de atores brancos – como é ...

Leia mais
Getty Images/Jason LaVeris

Star Wars: Fãs pedem que Ava DuVernay assuma a direção de um filme da franquia

Tem abaixo-assinado e tudo Por Laysa Zanetti, do Adoro Cinema  Getty Images/Jason LaVeris Star Wars é uma das franquias mais rentáveis de Hollywood, e apesar de defender a diversidade em frente às câmeras, a história é diferente nos bastidores. Por isso, um abaixo-assinado pede que Ava DuVernay seja contratada como diretora de um dos filmes da franquia. O movimento surgiu após uma pesquisa feita pela Variety apurar que 96% das pessoas envolvidas em Star Wars em termos de criação são homens — seja nos filmes ou nas séries animadas. O levantamento foi feito depois que a Disney anunciou David Benioff e D.B. Weiss, criadores de Game of Thrones, no comando de uma nova trilogia. A autora da petição é Sarah Rose, ativista das causas femininas e LGBT. Vale lembrar que Ava DuVernay foi indicada ao Oscar em 2017 pelo documentário A 13ª Emenda, tendo levado diversos prêmios em 2014 pelo drama Selma - Uma Luta Pela Igualdade. No início deste ano, ...

Leia mais
Getty Images/Jason LaVeris

Ava DuVernay revela a sua personagem preferida dos quadrinhos: Grande Barda

Se um dia fizerem um filme sobre a heroína, já sabem quem chamar. Por Bruno Carmelo , do Adoro Cinema  Em 2018, Ava DuVernay vai se tornar a primeira diretora negra a comandar uma produção de mais de US$100 milhões em Hollywood, e uma das cinco primeiras mulheres a atingir o marco, com a estreia da fantasia Uma Dobra no Tempo. A diretora aclamada por Selma - Uma Luta Pela Igualdade tem chamado atenção da indústria e foi convidada inicialmente para dirigir Pantera Negra, até abandonar o projeto devido a "divergências criativas" com os produtores da Disney/Marvel. Mesmo assim, o interesse pelo universo dos quadrinhos permanece. Divulgação/Uma Dobra no Tempo. Quando questionada por um fã no Twitter sobre seu personagem preferido nos quadrinhos, DuVernay respondeu com uma figura pouco conhecida da DC: a Grande Barda, cuja força excepcional supera a do próprio marido, o Sr. Milagre. Ela já travou grandes batalhas com o Lobo e a Mulher-Maravilha. ...

Leia mais
blank

Veja o trailer de “Uma Dobra no Tempo”, de Ava DuVernay

Saiu o aguardadíssimo primeiro trailer de Uma Dobra no Tempo, filme dos estúdios Walt Disney dirigido por Ava DuVernay, conhecida principalmente por Selma – Uma Luta Pela Igualdade (2014) e A 13ª Emenda (2016). por Luísa Pécora, do  Mulher no Cinema Foto: Entertainment Weekly Com estreia prevista para 2018, Uma Dobra no Tempo é o primeiro filme com orçamento de US$ 100 milhões (cerca de R$ 319 milhões) a ser dirigido por uma mulher negra. Aliás, antes dela só outras duas mulheres dirigiram longas com esse orçamento: Kathryn Bigelow (K-19: The Widowmaker, 2002) e Patty Jenkins (Mulher-Maravilha, que estreou em junho). Uma Dobra no Tempo é a versão para o cinema do best-seller de Madeleine L’Engle. O roteiro de Jennifer Lee (Frozen) conta a história de uma menina (Storm Reid) que sai em busca do pai, um cientista que desaparece em meio a um projeto misterioso. O elenco conta com Oprah Winfrey, Mindy Kaling, Reese Witherspoon e Chris Pine. Veja o trailer:

Leia mais
blank

‘Selma’ gabarita estudo sobre veracidade de filmes históricos

Filmes inspirados em histórias e personagens reais costumam causar controvérsia ao alterar fatos por liberdade narrativa, ferramente que tenta tornar a trama mais interessante, ou ajuda a condensá-la no período de duas horas de um longa-metragem. O site especializado em infográficos Information is Beautiful analisou 14 filmes baseados em fatos e que foram indicados a grandes prêmios do cinema, como o Oscar, nesta década. No HUFFPOST BRASIL  Os eventos retratados foram analisados, cena a cena, em comparação com o que realmente aconteceu, e divididos em cinco categorias: verdade, próximo da verdade, liberdade narrativa, falso e desconhecido. Selma – Uma Luta pela Igualdade, da diretora Ava DuVernay, foi considerado o mais historicamente correto dentro do grupo, com 100% dos fatos verificados. A trama acompanha a caminhada feita por Martin Luther King Jr. na cidade de Selma, nos Estados Unidos, em um ato pelos direitos civis dos negros. Já O Jogo da ...

Leia mais
Foto: Wally Skalij / Los Angeles Times

Ava DuVernay será 1ª negra a dirigir filme de US$ 100 milhões

Ava DuVernay fará história com seu novo projeto, Uma Dobra no Tempo: será a primeira mulher negra a dirigir um filme com orçamento de US$ 100 milhões (cerca de R$ 324 milhões). Do Mulher no cinema  Só outras duas mulheres dirigiram longas com esse orçamento: Kathryn Bigelow (K-19: The Widowmaker, lançado em 2002) e Patty Jenkins (Mulher-Maravilha, que chegará aos cinemas em 2017). Uma Dobra no Tempo é a versão para o cinema do best-seller de Madeleine L’Engle. O de Jennifer Lee (Frozen) conta a história de uma menina que sai em busca do pai, um cientista que desaparece em meio a um projeto misterioso. A produção é da Disney. Wally Skalij / Los Angeles Times

Leia mais
Foto: Wally Skalij / Los Angeles Times

Distribuidora de Ava DuVernay focará em mulheres e minorias

Importante voz no debate sobre diversidade em Hollywood, a diretora Ava DuVernay (“Selma”) está pondo a mão na massa para mudar as coisas na indústria cinematográfica. Há cinco anos, DuVernay criou um coletivo de distribuição, o African American Film Festival Releasing Movement, com o objetivo de colocar filmes independentes nos cinemas. Agora, a empresa mudou: passou a se chamar Array e a ter como principal foco distribuir trabalhos de cineastas mulheres, diretoras e diretores negros e de outras minorias, incentivando a diversidade. Em entrevista ao LA Times, ela explicou: “Há uma geração de cineastas mulheres e de minorias cuja principal preocupação é que ninguém vai ver seu trabalho. E essa é uma enorme barreira. Eles estão se perguntando: ‘Por que fazer algo que ninguém vai assistir?’. Há um desrespeito inerente à distribuição. Há uma segregação cinematográfica em como os filmes são ou não são vistos. O que estamos dizendo é que não vamos mais depender dessas ...

Leia mais
Getty Images/Jason LaVeris

Marvel quer diretora de ‘Selma’ em ‘Pantera Negra’ ou ‘Capitã Marvel’

Ava DuVernay, diretora do indicado ao Oscar ‘Selma’, está sendo cortejada pela Marvel para assumir um dos seus próximos filmes de super-heróis. Por Renato Marafon, do Cinepop O chefe da Marvel Studios, Kevin Feige, confirmou em entrevista ao Hollywood Reporter que se reuniu com a diretora para conversar sobre o projeto. “Me encontrei com ela, definitivamente. Mas também me encontrei com diversas pessoas para falar de muitos filmes. Ela foi uma delas. Precisamos encontrar o melhor diretor para cada um dos filmes, sempre começamos a partir deste princípio. Se durante esse processo tivermos a diversidade, então ótimo. É importante”, afirmou. Segundo ele, não vai demorar até que o Universo Cinematográfico Marvel contrate sua primeira diretora. “Vai acontecer mais cedo que o esperado”, revelou. DuVernay é cotada para comandar ‘Pantera Negra’ ou ‘Capitã Marvel’, ambos programados para 2018. A Marvel no momento também sonda outros diretores para os filmes em questão, mas de ...

Leia mais
Ava DuVernay (Foto: REUTERS/Danny Moloshok)

Pantera Negra ou Captain Marvel pode ter diretora de Selma – Uma Luta pela Igualdade

Depois de receber muitas cobranças para trazer maior variedade de super-heróis ao cinema, a Marvel está finalmente preparando o seu primeiro filme estrelado por um ator negro (Pantera Negra) e o primeiro filme estrelado por uma mulher (Captain Marvel). Os produtores tomaram cuidado para escolher roteiristas mulheres para a história de Carol Danvers, mas ainda falta o principal: um(a) diretor(a) para os dois projetos. A Marvel está oficialmente fazendo propostas para uma das poucas diretoras negras que tiveram a oportunidade de crescer em Hollywood: Ava DuVernay, de Selma - Uma Luta Pela Igualdade, indicado ao Oscar de melhor filme. Ela poderia dirigir tanto Pantera Negra quanto Captain Marvel, mas o contrato ainda precisa ser assinado... Os estúdios já tentaram contratar uma mulher antes: Patty Jenkins foi convidada para Thor: O Mundo Sombrio, mas se desentendeu com os produtores e foi substituída por Alan Taylor. Pantera Negra chega aos cinemas apenas em ...

Leia mais
Foto: Wally Skalij / Los Angeles Times

Diretora de Selma fará série de TV

A cineasta Ava DuVernay (“Selma – Uma Luta Pela Igualdade”) vai escrever, produzir e dirigir uma série de TV baseada no livro “Queen Sugar”, escrito por Natalie Baszile. A informação é do site Variety. A trama do livro acompanha uma mulher negra que é mãe solteira e luta para criar uma nova vida no sul dos EUA. O projeto está sendo desenvolvido para o canal americano OWN, da apresentadora Oprah Winfrey. Repetindo a parceria feita em “Selma”, Winfrey produzirá a nova série, além de ter um papel de destaque na atração. A série ainda não tem cronograma de gravação e nem data de estreia definidos. Ava DuVernay atualmente está envolvida na pré-produção do filme “Middle of Nowhere”, sua nova parceria com o ator David Oyelowo (também de “Selma – Uma Luta Pela Igualdade”).

Leia mais
Foto: REUTERS/Danny Moloshok

Ava DuVernay, diretora de ‘Selma’, vai fazer filme sobre o furacão Katrina

Ava DuVernay, diretora de "Selma", cinebiografia de Martin Luther King Jr. indicada ao Oscar de melhor filme, vai escrever, produzir e dirigir um longa metragem encenado durante a passagem do furacão Katrina, disse a empresa responsável pelo filme nesta segunda-feira (26). David Oyelowo, que interpreta King em "Selma", encontra-se em negociações para coproduzir e estrelar o filme, descrito pela Participant Media como "uma arrebatadora história de amor e complexo mistério de assassinato" encenado em 2005, quando o furacão atingiu a costa norte-americana do Golfo do México e inundou a cidade de Nova Orleans após o rompimento de seus diques. DuVernay, a primeira norte-americana negra a ser indicada ao Globo de Ouro na categoria melhor direção, foi contratada pela Participant Media, empresa fundada em 2004 pelo bilionário e ex-presidente do site eBay Jeff Skoll com objetivo de criar produtos de entretenimento que inspirem a mudança social. O anúncio ocorreu menos de ...

Leia mais
Ava Duvernay é a 1ª diretora negra a ser indicada ao Globo de Ouro

Ava Duvernay é a 1ª diretora negra a ser indicada ao Globo de Ouro

Segundo a 'Hollywood Reporter', ela esperava indicação apenas para ator. Diretora de 'Selma' disputa com David Fincher, Richard Linklater, e outros. Ava Duvernay, diretora do filme "Selma", é a primeira mulher negra a ser indicada ao Globo de Ouro de melhor direção. As informações são do site da revista "The Hollywood Reporter". Após o anúncio dos indicados ao prêmio, Duvernay, de 42 anos, declarou à revista que ela estava focada em apenas uma coisa: que o ator David Oyelowo fosse indicado por protagonizar "Selma". "Este homem colocou cada grama de seu coração e espírito e mente, cada pedaço de seu DNA neste filme. Isso é tudo o que eu queria", disse. Apenas dois afro-americanos foram indicados à categoria de melhor diretor do Globo de Ouro: Spike Lee, em 1990, por "Faça a coisa certa", e Steve McQueen, no ano passado, por "12 anos de escravidão". Duvernay concorre com os diretores ...

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist